Morre Jeff Hanneman, guitarrista e co-fundador do Slayer

Morreu hoje, aos 49 anos, de complicações hepáticas, o guitarrista e um dos fundadores do Slayer, Jeff Hanneman. Jeff faleceu em um hospital próximo a sua casa na Southern California as 11 da manhã (horário local).

O primeiro a divulgar a notícia foi o radialista Eddie Trunk através do seu Twitter, que logo em seguida foi confirmada no Facebook oficial da banda:

O músico, que encontrava-se afastado de suas atividades no Slayer há mais de 2 anos, levou uma mordida de uma aranha em janeiro de 2011 enquanto estava relaxando na banheira de sua casa. Após este episódio, seu braço direito passou por um agressivo estado de necrose e o guitarrista foi submetido a um doloroso processo de recuperação que envolveu, inclusive, enxerto de pele e risco de não poder mais exercer sua profissão.

Assim que a notícia de seu falecimento foi divulgada, diversos músicos expressaram seu estado de choque e prestaram condolências à familia e amigos de Hanneman.

Hanneman além de um dos fundadores do Slayer e guitarrista, era também o principal compositor da banda, responsável por clássicos como Angel Of Death, Raining Blood, South Of Heaven, War Ensemble e Seasons In The Abyss, sempre presentes em qualquer apresentação do grupo.

Desde o problema em seu braço, vinha sendo substituído nos shows do Slayer pelo guitarrista do Exodus, Gary Holt, inclusive no apresentação em São Paulo, em 2011.

Sua última apresentação com o Slayer foi no dia 23 de abril de 2011, em Indio, na California, durante a tour do Big4. Jeff subiu ao palco para tocar duas músicas com o grupo, South Of Heaven e Angel Of Death, e era possível ver as enormes cicatrizes em seu braço direito.

slayerhanneman

Ainda não se sabe se sua morte está exatamente relacionada ao seu processo de recuperação pela mordida da aranha. Vamos aguardar por mais notícias específicas, ainda que isso seja talvez o que menos importe neste difícil momento na história do thrash metal.

hanneman-dgh

R.I.P., Jeff.

Abraços,

Su



Categories: Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Entrevistas, Exodus, Músicas, Off-topic / Misc, Slayer

17 replies

  1. Su, parabéns por trazer, mesmo sendo fã e em um momento de emoção, este post por aqui, consolidando as mensagens de muitos e muitos músicos sobre a triste e inesperada morte deste membro de uma referência no metal.

    É ainda mais duro vermos isso acontecendo assim, de sopetão, ainda mais considerando que todos aguardavam pela recuperação dele e retorno à banda – que, por sinal, com a saída do Lombardo, está praticamente desfeita.

    Só nos resta lamentar mesmo, pois é o primeiro sinal mais claro e irreversível de que estamos infelizmente mais perto de ver o fim de um dos expoentes do thrash metal, um Big Four.

    Com certeza veremos alguma homenagem em setembro, no Rock in Rio, a Jeff, creio que de ambas as partes: fãs e banda. Nos resta prestigiar a banda enquanto é tempo e voltarmos a refletir sobre a importância de curtirmos nossos artistas prediletos sempre que possível.

    Jeff teve uma importância fundamental nos discos e músicas clássicas do Slayer e sempre será lembrando com muito respeito e saudade pelo legado.

    Que descanse em paz…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Eduardo, obrigada. A idéia foi somente reunir aqui um pouco da repercussão que a morte de Jeff teve assim que foi anunciada. O meu sentimento foi o mesmo compartilhado por todos: choque.

      Para o Slayer em si, nada muda. Hanneman não estava afastado somente das suas atividades como músico mas também do coleguismo de seus companheiros de banda. Kerry King declarou recentemente que não sabia ao certo sobre o estado de saúde de Jeff, que só tinha notícias dele através de seu empresário e que já estava compondo material para o novo disco sem contar com a ajuda do guitarrista, então não é como se o Slayer ainda contasse com ele efetivamente.

      E para finalizar, Dave Lombardo, numa entrevista a uma rádio israelense um dia antes da morte de Hanneman, questionou como seria o futuro do Slayer caso algum deles morresse, ao responder sobre o futuro da banda na atual circunstância apresentada no momento

      http://www.metalinsider.net/thats-unfortunate/lombardo-on-day-before-hannemans-passing-can-you-imagine-if-one-of-us-was-dead

      Uma triste coincidência…

      Like

      • Uma triste coincidência essa declaração de Lombardo, realmente. Só que agora a banda está totalmente “manca” sem os 2 e, infelizmente, apenas 1 deles poderá voltar ao posto.

        Em breve, teremos todos a oportunidade de conferirmos tanto em SP quanto no RiR o show da banda. Eu, que aprendi a apreciar a precisão quase matemática de Lombardo, sentirei e muito a ausência, caso o cenário continue igual.

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

  2. Realmente uma pena o que aconteceu com Jeff, apesar de não ser um fã da banda, torcia por sua recuperação e volta ao Slayer . Imagino como fãs mais assíduos como você , Suellen , devem estar se sentindo..
    E assino embaixo nos comentários do Eduardo, fazer esse post deve ter sido muito difícil.
    Os acontecimentos que envolvem os motivos da morte do guitarrista ainda não foram devidamente esclarecidos, e apesar da gravidade que se vê claramente do episódio da aranha, eu, diga-se de passagem um completo ignorante das ciências médicas , tenho uma suposição de leigo que a relação entre os dois fatos só tem conexão em uma eventual depressão que possa ter atingido o músico.
    Repito, eu não tenho conhecimento médico para atestar qualquer coisa. O acidente com o braço de Jeff foi gravíssimo, mas acho que o fato dele estar fora do Slayer pode ter motivado uma depressão que se traduziu em abuso de bebidas,por exemplo.
    De qualquer forma, que descanse em paz. Pra mim ficará pra sempre na memória os riffs da música que mais gosto do Slayer : Seasons in the Abyss.

    Alexandre

    Like

    • Bside, logo após o anúncio da morte de Jeff, notícias passaram a circular pela internet justamente confirmado o que você disse no seu comentário.
      A picada de aranha não era mais um problema. O problema era a consequência que isso teve no seu estado psicológico. O guitarrista sentia-se frustrado com a recuperação lenta de seus movimentos e por isso não levava mais sua fisioterapia a sério e abusava de álcool de forma severa, além de não demonstrar interesse em voltar ao Slayer, após ter perdido contato com seus colegas de banda, e ter se afastado da sua esposa.
      Realmente uma pena que este episódio tenha tomado este triste rumo.

      Like

    • Um cover bem diferente e inusitado de Seasons In The Abyss, só no violão

      Like

      • O vídeo é espetacular em todos os sentidos… falando sério primeiro, além do talento nas cordas, o cara ainda faz toda a percussão com a mão fechada, mas com destaque para as “notas” com os dedos.

        Aí ele vem e “canta”, todo “certinho”, todo direitinho, recitando a letra como se fosse uma receita de bolo, sei lá… uma baita pancadaria sangrenta e ele cantando como se estivesse ensinando uma criança que não tem que emprestar o carrinho para o amiguinho… ao final, ele mesmo ri, hahahaha…

        Um talento, sem dúvidas.

        E que música…

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

        • Não há dúvidas que o rapaz é talentoso. No seu canal do You Tube também há um vídeo para Mouth for War, do Pantera. Agora a parte em que ele canta, não da mesmo para levar a sério. Nem ele mesmo leva, rs.

          Like

  3. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  4. Além de depoimentos de Kerry King e Tom Araya contando lembranças sobre Jeff Hanneman

    Like

  5. O Zen Pencils é um site que transforma frases famosas, poesias e versos em cartoons. As famosas “tirinhas”.
    E por estes dias usou uma passagem do poeta inglês John Donne para homenagear Jeff Hanneman. Vale a pena dar uma conferida. Ficou bem legal!

    http://zenpencils.com/comic/117-john-donne-for-whom-the-bell-tolls/

    Like

Trackbacks

  1. Cobertura Minuto HM – Anthrax e Testament – parte 2 (resenha) | Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 3,238 other followers

%d bloggers like this: