Cobertura Minuto HM – Rush em SP – parte 4

Começou o show! Vejam algumas fotos do início, ao vivo.

A abertura foi pontual e a qualidade do som está impecável.

Esta última foto foi um momento feliz que tive com a câmera do celular e mostra como estávamos perto do trio: conseguimos ir para frente e voltarmos livremente durante o show.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:Artistas, Cada show é um show..., Minuto HM, Off-topic / Misc, Pink Floyd, Resenhas, Rush, Setlists

19 respostas

  1. Nao vou dizer que preferia estar ai, mas que se eu estivesse, estaria nestas fotos do show, ahhh, estaria!!!! HEHEHEHEHE

    Amanha vejo toda a cobertura por aqui!

    MinutoHM sempre presente nos melhores shows!

    Abracos diretamente de Toronto!!!!!! A terra do Rush!!!!!

    Curtir

    • Fala, Chris… primeiramente, que legal você por aqui, mesmo estando fora do país… e no país do Rush… excelente!

      Sem dúvida você estaria nas fotos. Estou meio sem dormir, com muita coisa rolando para fazer, mas ainda vou colocar mais algumas fotos da noite de ontem entre hoje e amanhã.

      O show foi impecável, um “playback” como vimos parecido na ocasião do AC/DC… escreverei um pouco do show mais tarde (comentários, pois não sei se poderei chamar de resenha).

      Novamente, obrigado pela força em terras canadenses e espero que esteja se divertindo bastante por aí, my friend.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

  2. Esse som foi um dos petardos na noite de ontem… São Paulo, 08/outubro/2010, uma data já histórica.

    http://musica.uol.com.br/ultnot/multi/?hashId=rush–time-stand-still-040219366CCC9183C6&mediaId=6823662

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  3. OK, galera de Sâo Paulo, foram ótimas as referências, vamos ver o show daqui no Rio como será, espero que a chuva não atrapalhe…

    Curtir

  4. Aproveitando, não posso deixar de registrar que nosso companheiro Rolf, que fez sua “estreia” em shows no ano, pulou com uma alegria indescritível quando The Spirit Of Radio foi tocada, abrindo o show.

    Confesso que não me lembro de ter visto o “Personagem” tão feliz como vi naquele momento – ultrapassando até mesmo outros momentos que tenho memorizado, como o Maiden em 2008 / 2009 tocando Powerslave.

    Realmente foi muito legal. E o histórico de ele sempre ter esperado esta banda a vida toda, até o trio se apresentar em 2002 por aqui, no Brasil, justifica essa felicidade ímpar. Demais…

    Também foi um prazer conhecer o Andrezito, cara realmente muito gente boa.

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  5. Eduardo, esta cena do Rolf eu perdi…uma pena… O post do Rio já rolou, dívida paga…

    Curtir

  6. Eduardo Rolim, meu amigo. Primeiramente, é sempre uma honra muito grande pra mim ver que um espaço aqui no blog da família heavy metal tem algo sobre mim e isso me deixa muito emocionado mesmo. Cara, muito obrigado. Muito obrigado por registrar dessa forma a minha alegria em estar lá com vocês. Eu queria então aproveitar e dizer um pouquinho do por que de tanta empolgação. Do por que eu parecer uma criança pulando dessa forma em The Spirit of the Radio……… isso acaba sendo uma oportunidade de reconhecer as coisas e as pessoas que fazem parte da minha vida hoje que também muito me influenciaram no passado (…e ainda me influenciam…) para me tornar um aficcionado do nosso grandioso heavy metal.

    Bom em primeiro, eu não tive a oportunidade de ir a shows em 2010 devido a um grande acontecimento na minha vida, que foi o nascimento da Ana Lucia. Mas mesmo com essa emoção de ser pai novamente, deu pra sentir falta de viver esse lance de estar em shows, de estar acompanhando a banda e de reencontrar essa galera daqui. Falando desse ponto, não é só pro estar no show e estar ali ouvindo o som e vendo o artista, mas, principalmente, por poder estar ao lado de dois grandes amigos e irmãos de metal que são o nosso “presidente” do blog, Eduardo Rolim e o meu grande parceiro de banda (…das várias..) Marcus Batera. Além de serem grandes amigos meus, ir a um show de metal e poder estar com eles ali e algo sensacional. Eu diria que e metade do barato de se ir a um show. Os caras manjam muito de Metal e as horas passam rápido ao lado deles. Dessa vez ainda pude contar com a ajuda no compartilhamento de um casaco, por que o frio tava forte…..

    O outro ponto, é que eu reencontrei um outro grande amigo de infância. O André Batera, também conhecido como Andrezito. Ele, é um profundo conhecedor de metal e rock and roll e mostrou todo seu conhecimento de Rush no show nos dando dicas e citações durante o show, sem perder nenhuma convenção do Tio Neil….

    Sobre The Spirit of The Radio, essa música me transporta lá pra minha adolescência onde o meu irmão me mostrou Rush e depois alguns poucos anos a frente onde eu freqüentava a casa do Flávio e o Alexandre que me emprestaram, dentre milhares de vinis, o Exit….Stage Left onde eu ouvi a quase exaustão…….. e, principalmente, essa música. Esse som me remete a essa época onde estas pessoas me ensinavam (..e ainda me ensinam…) tudo sobre o melhro do Metal…., então, pular em Spirit of The Radio significa celebrar estas duas referências na minha vida em termos de aprendizado musical: o Rino que me ensinou e me mostrou o que era o Rock and Roll-Heavy Metal e os irmãos Flávio e Alexandre que me ensinaram e ainda me ensinam tudo sobre música e a nossa religião que é o Metal…………….poucas músicas me remetem a isso……essa é uma delas……talvez a outra seja Powerslave…….

    Curtir

    • Rolf, o registro ao-vivo (ou pouco depois) dos posts de shows visa trazer um pouco da alegria que sentimos em todo o processo do show, desde o caminho ao local, a chegada, o clima e tudo que der para retratar em palavras… claro que não dá para retratar exactamente tudo, mas acho o registro, a lembrança e determinados momentos podem ser pelo menos mencionados e eternizados, como foi sua alegria.

      Sobre sua “ausência” na maioria dos shows do ano, algo muito sentido, é completamente compreensível… mas quando acontece, é sempre especial, cara… como você muito bem disse, estar ao lado dos amigos é mesmo a metade de toda a experiência… estar mesmo que uma comparação não muito justa da sua alegria entre o nascimento da Ana Lucia e a amizade é algo que prezo e fico muito honrado, e sei que é sincero… então, os agradecimentos são todos nossos (falando pelo Marcus também neste momento, tenho certeza).

      A parte final do seu comentário é algo sensacional… e você com a dupla Remote e B-Side viram um trio de qualidade inigualável… algo que também tive a honra de conhecer e que a cada momento que tenho a oportunidade de interagir, é sempre muito positivo, algo que sempre vai me adicionar algo…

      Portanto, se tem alguém aqui que tem que agradecer por algo, sou eu… de verdade…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

    • Olha Rolf, em 2010 enveredei também pela aventura de ser pai e com isso acabei participando pouco dos shows e até por aqui acabei diminuindo minha participação, embora sempre que possivel tente aparecer. Legal as lembranças de Vila Isabel com Spirit e Powerslave e lembrei outro dia, ouvindo uns vinis aqui em casa, enquanto montava o berço da Maria Augusta, de uma epoca onde o Claudio (que hoje mora em Curitiba) ia nos visitar diariamente com um novo vinil do Judas. Bom a saudade bateu, a agulha continua a funcionar e vocês falando do Rush – o resultado foi que comprei 6 vinis do Rush, que estão chegando aos poucos. Você está sempre convidado a vir aqui, aliás esta galera do MHM e seu irmão, além do Claudio serão sempre bem vindos. Quando vierem, farei questão de colocar os vinis que quiserem ouvir, e podemos aproveitar e ouvir a Spirit na versão de estudio que é o do Permanent Waves, um dos que está chegando.
      Abraços do seu irmão

      Curtir

  7. Flávio, que excelente noticia. Saude e tudo de bom pra Maria Augusta. Agora é o que nos resta: ouvir nossos sons com algo de família pra tratar. Que diferença! antes tinhamos todo o tempo do mundo pra nos dedicarmos e nos debruçarmos em nossos vinis, hoje, se não fosse pela tecnologia disponível, ficariamos na saudade de ouvir algo, mas digo isso sem tom de lamentação, muito pelo contrário, falo por ter uma situação curiosa aqui de poder ver que saimos de uma época pra outra mas ainda estamos aqui,unidos e ligados pelo Heavy Metal……e e por isso que eu trato o Metal como uma religião na minha vida. Ele sempre me acompanhou e será algo que com o passar das épocas, ele sempre estará comigo e nos mantendo unidos, agora, através do blog, mas que seja, ele sempre será algo presentes nas nossas vidas em todos os momentos.
    Mande fotos dos vinis. Isso deveria nos remeter a uma nostalgia. Mas não, pois ainda somos exatamente aquilo que eramos a quase vinte anos atras!!!!!! e que o Metal permaneça em nossas vidas. Sempre

    Curtir

    • Aproveitando: Flávio, também desejo muita saúde para a Maria Augusta. Tudo de bom.

      E apesar de ser relativamente repetitivo o que direi a seguir, é verdadeiro: fico muito grato, feliz e satisfeito por contribuir, ajudar e fazer parte de tudo isso agora… o Minuto HM só existe pois no nosso antigo listing de e-mails, você, seu irmão e o “Rolfístico Personagem” traziam conteúdos que não podiam ficar apenas em e-mails, perdidos e “desorganizados”… portanto, mais uma vez, digo que tenho muito orgulho de hoje ter vocês por aqui, dedicando o tempo de vocês, com a qualidade dos posts e comentários que fazem e que tornam este espaço algo único na internet sobre metal…

      Long live ao Rolf, ao papai Remote, tio B-Side e a Maria Augusta. E a todos amigos do blog da família do heavy metal!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

  8. Olha, obrigado a vocês pelas palavras de carinho e desejos para a Maria Augusta. Rolf, é isso mesmo somos uma familia, a familia HM do MHM, e quanto ao nosso tempo do vinil, resolvi dar uma resgatada depois que mudei de apto – tenho uma estante para os 3 baixos e os vinis. Dai vi que tinha o primeiro do Rush, o 2112 e o Exit (que vc falou aí). Vi que desta excelente banda faltava alguns e resolvi completar a lacuna. Dai comprei o Caress of Steel, o Fly By Night, Permanent Waves, Hemispheres, Moving Pictures,o Fareweel to Kings e o All the worlds a stage que vem dos EUA e deve demorar um pouco pra chegar. Já estou com os dois primeiros e quandos os outros brasileiros chegarem faço as fotos.
    Comprei também o Pink Floyd The Wall e um não tão heavy, mas que flerta com o Progressivo – o Supertramp – Paris. Para completar os vinis aquisitado, verifiquei outra lacuna: Tinha o All Systems Go do Vinnie Vincent Invasion, e não tinha o primeiro – o Invasion. Olha, não sou fã, como você e B-side do guitarrista barrulhento, mas o primeiro album é bem superior ao segundo, dai fiz a aquisição para a coleção ficar mais coerente. Este também vem de fora e qdo chegar mostro as fotos. De qq maneira o convite à voces esta feito. Long Live a vocês todos do MHM que cada vez vira maior referencia para todos nós.

    Curtir

    • Remote, essas fotos viriam em formato de “post” por aqui, com alguns comentários? Seria muito legal caso pudesse! Mas só se você puder, fique a vontade…

      O Supertramp mencionado é realmente o que estou pensando? Faz tanto tempo que não converso sobre essa banda… não sou muito conhecedor, mas os hits Goodbye Stranger, School, The Logical Song, Dreamer, etc etc etc, eu curto bastante… aliás, cresci ouvindo muito…

      Long live MHM!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

  9. Apenas documentando por aqui o setlist desta fantástica noite…

    First Set:

    The Spirit Of Radio
    Time Stand Still
    Presto
    Stick It Out
    Workin’ Them Angels
    Leave That Thing Alone
    Faithless
    BU2B
    Freewill
    Marathon
    Subdivisions

    Second Set:

    Tom Sawyer
    Red Barchetta
    YYZ
    Limelight
    The Camera Eye
    Witch Hunt
    Vital Signs
    Caravan
    Drum Solo
    Closer To The Heart
    2112 Part I: Overture
    2112 Part II: The Temples Of Syrinx
    Far Cry

    Encore:

    La Villa Strangiato
    Working Man

    Fonte: http://www.setlist.fm/setlist/rush/2010/estadio-do-morumbi-sao-paulo-brazil-23d524ff.html

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: