Discografia Van Halen – [CAPÍTULO 3]

{ Women and Children First – álbum e turnê, 1980 }

Mantendo o ritmo (frenético) de gravação e publicação dos outros dois álbuns, cerca de um ano após a estreia de Van Halen II, veio o debute de Women and Children First (Mulheres e Crianças Primeiro) em alusão à frase utilizada por marinheiros ao se abandonar um navio, durante situações emergenciais.

O Van Halen estava a todo vapor, produzindo muito e com ótimo entrosamento, sem qualquer tipo de desavenças. Pelo menos por enquanto…

Também produzido por Ted Templeman, assim como os dois trabalhos anteriores, a grande diferença deste disco se deve ao fato de todas as faixas serem composições originais da banda.

O álbum foi gravado ao vivo no estúdio, em take único!

Lineup:

David Lee Roth: Vocal

Eddie Van Halen: Guitarra e backing vocal

Michael Anthony: Baixo e backing vocal

Alex Van Halen: Bateria

Tracklist:

Faixa Título Compositor Duração
1 And the Cradle Will Rock… Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 03:34
2 Everybody Wants Some!! Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 05:08
3 Fools Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 05:57
4 Romeo Delight Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 04:20
5 Tora! Tora! Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 00:56
6 Loss of Control Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 02:38
7 Take Your Whiskey Home Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 03:10
8 Could This Be Magic?* Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 03:11
9 In a Simple Rhyme Anthony, Roth, VanHalen, VanHalen 04:39

*Could This Be Magic?: esta faixa conta com o único backing vocal feminino dentre todas as músicas do Van Halen já gravadas oficialmente. Nicolette Larson, cantora americana conhecida por seu cover de Lotta Love, de Neil Young, em 1978 faz esta participação. O som da chuva, no fundo musical desta faixa, não se trata de efeito, estava realmente chovendo enquanto ela cantava e portanto eles decidiram incluir o som natural na música.

O disco também possui uma faixa escondida, ao término de In a Simple Rhyme: um breve trecho instrumental chamado Growth. Muito usado nas apresentações ao vivo do Van Halen, Growth era executada no início dos encores (retorno ao palco após o suposto término da apresentação, para mais algumas músicas).

Os primeiros álbuns traziam também um poster de David Lee Roth acorrentado a um gradil, em foto registrada por Helmut Newton, famoso fotógrafo alemão, conhecido por seus trabalhos com modelos femininas.

Turnê:

Enquanto em 1978 e 1979, para promover os primeiros trabalhos (VH I e VH II) a banda saiu em turnês contemplando Estados Unidos, Canadá, Europa e Japão, em 1980 não incluíram a terra do sol nascente em suas escalas, apenas Canadá e Europa. Foram feitas mais de 120 apresentações sob o título “The World Invasion Tour” (turnê de invasão mundial) a qual a banda referia-se como “Party ‘til You Die Tour” (turnê ‘festeje até morrer’).

O aspecto mais notável desta turnê foi por marcar a primeira vez em que o Van Halen se apresentava ao vivo utilizando teclado em seus shows, a cargo de Michael Anthony para a faixa And the Cradle Will Rock.

Avaliação:

Fraco! Claro que já seria por si só muito difícil manter a qualidade dos álbuns anteriores em uma terceira empreitada, porém, apesar de ser facilmente identificado como um álbum do Van Halen, o Women and Children… não consegue manter pelo menos um pouco do que os dois primeiros trabalhos representaram.

Após dois álbuns muito festivos, o inevitável aconteceu: Van Halen começou a amadurecer ou ficar pelo menos um pouquinho mais sério. As letras estão levemente enegrecidas, mais evidentemente em Romeo Delight porém sem comprometer todo o trabalho, que se inicia com And the Cradle Will Rock. Esta só não atinge os patamares de Dance the Night Away, por exemplo, devido aos riffs mais tensos de Eddie, evidenciados pelo teclado que inspira a própria faixa.

Aliás, a própria inclusão do teclado desta forma demonstra que algo começa a mudar na espinha dorsal do Van Halen, já que Eddie foi o precursor desta tendência que agora começava a tomar novo rumo, enquanto a banda dispunha de integrantes completamente focados apenas na diversão sonora, leia-se Roth.

Também presentes neste trabalho, algumas tentativas distintas: letras elaboradas e um estilo quase punk em Fools e Loss of Control, contrastando com a experimentação ‘acústica’ Could This Be Magic? e a balada In a Simple Rhyme.

Claro, há espaço aqui para os que admiram estes contrastes e esta assim chamada evolução da banda. Para estes apreciadores, o trabalho pode ser classificado como soberbo e não como fraco. Muitos críticos assim classificam este disco.

Como o álbum foi gravado ao vivo, alguns pequenos erros podem ser percebidos na faixa Everybody Wants Some: alguns errinhos do coro e Roth sendo cortado pela guitarra de Eddie, cantando apenas “I like” onde deveria ser com “I like the way line runs on the back of your stocking”. Mas ainda assim nada que comprometa o resultado final.

Premiações:

Women and Children First alcançou a sexta posição da Billboard no ano de 1980, categoria Pop (?!?!?!) Albuns. Explicação: com o rock ainda em pura ascenção e evolução, neste período pode-se dizer que ‘era pop ser rock’, sem trocadilhos. Já o single And the Cradle Will Rock cravou a 55a. posição no Billboard Hot 100 International do mesmo ano.

Para seu iPod:

Avaliação do álbum: 2 estrelas ( * * )

Ouça: And the Cradle Will Rock; Everybody Wants Some.

[ ]’s

Julio, com colaboração imprescindível de Patrick Villanuovo.



Categorias:Artistas, Curiosidades, Discografias, Letras, Músicas, Resenhas, Van Halen

7 respostas

  1. O disco simplesmente não é comparável com os 2 anteriores, concordo com o ótimo post do Julio e seus valorosos colaboradores . Além das duas primeiras faixas, gosto bastante da última, In a simple Rhyme . Falta a consistência dos dois primeiros álbuns neste sucessor, há faixas dispensáveis, eu citaria Loss of control, acompanhada da intro Tora! Tora! como algo que não aprecio.
    Gostei de saber os detalhes acerca da feitura do álbum, como o fato de ele ter sido gravado “live”.
    Fico aqui no aguardo da sequencia desta excelente discografia

    Saudações

    Alexandre Bside

    Curtir

  2. Concordo com o Júlio que o álbum é inferior aos dois primeiros – sem dúvidas. Gosto também como já mencionou o B-side – da In a Simple Rhyme, que juntamente com as duas primeiras – salva o disco. Na verdade gosto de toda a primeira fase do VH com Dave Lee Roth, e aceito a queda do nivel, sem maiores problemas. O album passa fácil e mesmo inferior é agradável.
    A discografia continua excelente e esperemos o próximo album
    Parabens.
    FR

    Curtir

  3. Julio, mais um ótimo post da discografia, de um disco que prefiro não comentar a fundo agora pois não acho que conheço bem o suficiente para tal – aliás, não conheço é praticamente nada dele.

    O mais importante para mim é que stou aprendendo bastante de VH fora do eixo das músicas clássicas e tudo isso graças aos ótimos textos que você vem trazendo por aqui.

    E eu fico com mais este disco para ouvir e ter uma opinião…

    Que os dias passem rápido para que venha o próximo capítulo!

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  4. mais uma otima resenha..

    gostei deste cd, achei ele, mais ou menos, da mesma qualidade q o VH II, mas com certeza não tão bom bom qto o VH I….

    gostei muito da resenha e espero as próximas..

    Curtir

  5. excelente post. Conversei aqui com ele que talvez este disco tenha sido fraco pelo detalhe que foi descrito: todas composições foram só deles sem parcerias

    Curtir

Trackbacks

  1. Discografia Van Halen – [CAPÍTULO 4] « Minuto HM
  2. Cobertura Minuto HM – Van Halen em Chicago (EUA) – parte 5 (resenha): o sonho realizado | Minuto HM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: