5º Podcast Minuto HM – 18/agosto/2011

Olá, galera,

primeiramente, gostaria de dizer que é incrível, mas NOVAMENTE quebramos o recorde de duração de um podcast: foram 5h52 de puro bate-papo!

O “cada vez maior” podcast do planeta já está no ar e é composto por 2 arquivos de curtíssima duração: o primeiro, com 3 horas e pouco ; o segundo, com 2h51.

Outro ótimo recorde quebrado foi o da quantidade de participantes desta edição:

  • Eduardo [dutecnic] como host;
  • Alexandre B-Side;
  • Flavio Remote;
  • Rolfístico Personagem (o único ser humano que conseguiu silenciar o podcast após falar desta história);
  • Suellen Carvalho, que fez sua estreia nos podcasts – muito legal – seja sempre bem-vinda;
  • Daniel (blog Aliterasom);
  • Tiago (blog IMB Brasil);
  • Renato “Cão” Coelho;
  • Marcus Batera, que apareceu rapidamente, mas apareceu.

Aos heróis por aí, o bate-papo pode ser ouvido e “baixado” aqui. Como de costume, neste link, vocês terão a opção de ouvir nossa conferência via streaming ou fazer o download dos arquivos em formato MP3, para seu computador, clicando no botão “Download Now”, já com a tag devidamente formatada para seu MP3 player.

Além da opção neste post, vocês poderão baixar os arquivos desta edição do podcast (e anteriores) também pela home page do Minuto HM – ali, no link dos widgets do lado direito da página, a qualquer momento, sem necessidade de voltarem a este post.

A expectativa para a próxima conferência, mantendo-se a periodicidade trimestral, é em algum dia em novembro/2011. Como sempre, estão todos mais do que convidados para a próxima!

Após mais de 5 horas de bate-papo, ainda deixamos a já tradicional lição de casa para este próximo trimestre. São os 3 álbuns a seguir:

  • The Beatles” ou, como é popularmente conhecido, “The White Album” – The Beatles -> sugestão do Eduardo;
  • Revelation – Armored Saint -> sugestão do Flavio Remote e
  • Worship Music” – Anthrax (o álbum será lançado apenas em setembro – mais informações aqui) -> sugestão da estreante Suellen.

Antes de terminar, queria ainda:

– pedir desculpas pois acho que, lá pelas 2h00 da manhã e bêbado de sono, creio que falei que o Kill ‘Em All é de 1981. Eu provavelmente estava dormindo quando falei isso do disco de 1983. Que coisa.

– trazer um tweet do Daniel que resume bem como eu também fiquei no dia seguinte do podcast:

Como de costume, abro o espaço para os comentários de vocês e aproveito para novamente agradecer a todos que participaram e que terão “as manha” de baixar os arquivos para curtir.

Por fim, gostaria de ressaltar o convite a todos para nosso último bate-papo do ano, em alguma noite (e madrugada) de novembro/2011.

Até lá!

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: AC/DC, Agenda do Patrãozinho, Alice in Chains, Anthrax, Armored Saint, Artistas, Backstage, Bandas Independentes, Black Sabbath, Bootlegs, Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, DIO, Discografias, Dream Theater, Entrevistas, Extreme, Guns N' Roses, Instrumentos, Iron Maiden, Judas Priest, Kiss, Led Zeppelin, Músicas, Megadeth, MetallicA, Minuto HM, Motörhead, Off-topic / Misc, Pantera, Pesquisas, Podcasts, Queen, Queensrÿche, Rainbow, Resenhas, Rolling Stones, Rumores, Rush, Scorpions, Sepultura, Slayer, Slipknot, Tá de Sacanagem!, The Beatles, Thin Lizzy, Trilhas Sonoras, Van Halen, Whitesnake

21 replies

  1. Ahuahua… Sem comentários. Um dia quem sabe, um dia inteiro de Podcast! Desde que no outro dia “também” seja feriado! Abraço!

    Like

  2. Quero ressaltar novamente o ótimo nível do “pequeno” papo que tivemos na quinta/sexta feira. Conversar com autênticos feras no assunto é um privilégio para mim.
    Os tweets do Daniel são de ótima sacada também.
    Aproveito também para recomendar fortemente o blog aliterasom a todos que não o conhecem, e que brevemente estará cada vez mais internacional.
    Quem quiser saber mais sobre isso, é só ouvir o podcast, onde o Daniel traz mais detalhes e ótimas surpresas .
    Ah…isso está no início do podcast, não há necessidade de se ouvir as quase 6 horas…
    Mas o papo foi tão bom que nem reparei o tempo que passamos ..
    Aliás, só reparei no dia seguinte…O cansaço bateu forte pacas…

    Alexandre Bside

    Like

    • Bem observado, B-Side. Quero aqui reforçar o comentário sobre o blog Aliterasom, lista ali no widget a direita da nossa página, em “Blood Brothers” do Minuto HM”.

      As ideias do Daniel para o blog, além de serem ótimas, também ressaltam a dedicação e esforço pessoal dele em fazer com que não só o Aliterasom cresça, mas que agrade a todos seus leitores – e olhem, com os itens que ele trazer da gringolândia, fica difícil não ficar com água na bo… nos ouvidos! Hehehehe.

      Aos que estiverem curiosos, o nosso podcast traz as ideias dele com exclusividade… basta conferir. E está logo no começo do bate-papo…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  3. Caros,
    Foi mais um grande prazer participar da cavaca e quando teremos outro mesmo? Quase 6 horas e foi pouco, só para melhor ilustrar – algumas coisas ficaram no ar… E já tenho até novidades, mas vou (por enquanto) manter o suspense, deixando a dica do que se refere. Mas pelo menos vou deixar registrado ainda sobre o nosso papo, para discurtirmos num proximo podcast ou por aqui mesmo.
    1) Como o Eduardo ja mostrou aqui, O Kill Em All é de 25/071983 e o Hetfield tinha quase 20 anos. No Ride the lightining, lançado praticamente 1 ano depois (27/08/1984) o Hetfield tinha quase 21 anos. Atribuiríamos a mudança vocal (estilo,timbre, forma – enfim tudo) entre os dois a uma melhor produção, adaptação à função, esmero, ganho de experiência neste ano de passagem, etc… e tal – e não tanto à condição de mudança etária e amadurecimento (fisicamente falando) em suas cordas vocais?
    2) Strange Highways – DIO – Não vou expor o material que andei pesquisando , mas Daniel, Rolf e Thiago – tenho uma entrevista do baixinho que aponta para o que se desejava do som do album, e vamos deixar a discussão dos motivos da contratação do Tracy G (neste comentário) no ar…. Mais tarde vamos ver como expor isso aqui.
    Ah o tweet do Daniel é sensacional e até o próximo Podcast- quando é? Semana que vem? Vontade não falta….
    FR

    Like

    • Remote,

      1) Sim, não creio que devamos atribuir a evolução do vocal de Hetfield ao fator idade – pelo menos de 1983 para 1984, e sim com os fatores que você mesmo mencionou.

      A adaptação / ganho de experiência e uma produção já melhor no disco do “ano mágico” (1984) são talvez os fatores que contribuiram com uma evolução que, em minha opinião, continuou em uma crescente para os álbuns seguintes (Master já traz OUTRO Hetfield em termos vocais ; Justice, nem se fala e, a partir daí, Hetfield já pode ser considerado um excelente vocalista até mesmo se considerarmos outros grandes do gênero).

      Já os problemas com o vocal dele começaram após a extensiva tour do Black Album, como ele mesmo afirma, com músicas como a cover So What? sendo executada noite após noite.

      Mesmo assim, ele aprendeu a lidar com este tipo de situação e, mesmo hoje em dia, continua sendo uma das maiores vozes do metal (melhor eu parar por aqui porque senão vou ligar o modo fã, hehehe).

      2) Vou pensar no assunto e dar meu pitaco, vamos falando disso… mas a decisão final é sua e do B-Side. Para mim, tudo é lucro.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  4. Não classifico o JH é um vocalista de metal e sim um intérprete. Está acima, no Olimpo, assim como Dio, Elvis, Bruce e tantos outros olimpianos que vieram a terra e encontraram com a gente, numa sinergia que só o rock (somente o rock pode explicar). Suas performances iniciais tem relação com a maturação vocal. Isso é uma questão fisiológica, principalmente para alguém que estava “travado” (conforme sabemos) de participar dos vocais de uma banda. Mesmo assim, ele não macula em nada o Kill´Em All que é tão clássico quanto os três seguintes.

    Os deuses casaurão controvérsia porque não se explicam. Tudo sempre é mistério.

    Filosofias à parte, agora com o caso “Dio” (nome mais apropriado impossível), eu acho a questão MUITO subjetiva, até porque, mesmo que quisesse ir em alguma direção diferente da que efetivamente ele havia tido até aquele momento na carreira, essas decisões também vão de encontro à produção e ao clima do disco. Se todos foram “de acordo (e isso é muito difícil a não ser que o baixinho fosse extremamente centralizador) ele conseguiu seus intentos, se não…

    Isso é assunto para mais um podcast “Dio Special”…

    Abraço,

    Like

  5. Ótimo cast, longo mas gostoso de ser ouvido.

    Like

    • Olá, seja bem-vindo ao Minuto HM. Valeu pelo comentário relacionado aos nossos podcasts que, realmente, são gigantescos… isso porque não temos um formato ou qualquer restrição – é puro bate-papo, como se todos estivéssemos juntos de verdade…

      Amanhã faremos a gravação de mais um…

      Continue conosco.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

Trackbacks

  1. Aliterasom: divulgando e homenageando o Minuto HM « Minuto HM
  2. Aliterasom na tarde de autógrafos do Dream Theater em NY – e o Minuto HM também! « Minuto HM
  3. Convite – conferência para gravação do 6º podcast do Minuto HM – novembro/2011 « Minuto HM
  4. 6º Podcast Minuto HM – 29/novembro/2011 « Minuto HM
  5. Minuto HM – Retrospectiva 2011 « Minuto HM
  6. Cobertura Minuto HM – Hail! em SP – parte 1 « Minuto HM
  7. Alice In Chains: novo álbum no início de 2013 « Minuto HM
  8. Alice In Chains: Documentário AiC 23 e apresentação no Jimmy Kimmel Live | Minuto HM
  9. Cobertura Minuto HM – Alice In Chains em SP – parte 2 – resenha: o dia em que a banda vestiu nossa camisa « Minuto HM
  10. Cobertura Minuto HM – Extreme + Ritchie Kotzen no RJ – parte 2 (resenha) | Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: