Minuto HM em Londres – Iron Maiden – Pontos de visita sobre a banda: Winston Churchill War Rooms Museum + Cart & Horses Pub (The Birthplace of Iron Maiden)


Para o incauto leitor que agora passa as vistas nas parcas linhas deste que vos escreve, note que o Minuto HM está em Londres e visitou dois pontos relevantes para o fã de Iron Maiden: o Churchill War Room Museum, de onde Sir Winston Churchill liderou os esforços da Segunda Guerra contra as forças do Eixo – para aqueles que não sabem, o discurso de abertura do melhor disco do Iron Maiden, Powerslave, que abre com nada mais que Aces High, começa com um discurso de Churchill.

Ali ele está em sua melhor identificação: o homem que salvou o mundo do nazismo. O homem que praticamente sozinho mobilizou o Reino Unido para ir contra uma ocupação implacável da máquina de guerra alemã na Europa. Os ingleses resistiram bravamente a guerra em seu território. Se hoje nós, os “não arianos”, estamos aqui, devemos a esse homem. Durante uma busca na internet, verifiquei o que havia de Iron Maiden para ser visto em Londres e não identifiquei alguém que mencionasse esse esplendoroso lugar repleto de história e que, para mim, é ponto de referência se você é um fã do Iron (eu não falo Maiden). Só o Rolim me deu a dica.

O principal objetivo aqui é tentar humildemente contribuir com essa dica imperdível pra quem é fã da banda.

E o Pub Cart & Horse vem apenas de brinde. O Rolim, co-autor desse post, também me deu a dica, me passou todas as coordenadas para ir ate esse lugar histórico e imprescindível para qualquer fã da banda. Lugar histórico. Lá vende a Trooper, que para mim é uma das melhores cervejas inglesas que eu já tomei. Estive lá com um amigo, o Rodrigo, que é um brasileiro que mora em Londres e tiver o prazer de irmos juntos lá pra bebermos umas cervejas e conhecermos esse lugar histórico também já citado aqui na visita anterior do Rolim.

Up the Irons!


  

  
  

  
  

  



Aqui abaixo fotos do pub Cart & Horses já trazido pelo nosso presidente em Londres

  
  




  
  
  

  



Categories: Curiosidades, Iron Maiden, Off-topic / Misc

5 replies

  1. Muitas fotos legais hein !!! Um soco na cara de história e conhecimento.

    Vou insistir na pergunta que já fiz pessoalmente: quanto é para dormir uma noite naquele palco? 🙂

    Like

  2. Salve. Quando fui a Londres em minha lua de mel, fui até o Ruskin Arms e não gostei…tinha um pessoal nada a ver (bom, ao menos EU esperava encontrar pessoas jovens lá, curtindo ao menos um rock and roll), me bateu uma sensação estranha. Tirei umas fotos e nem terminei a cerveja que havia pedido, porque queria desesperadamente sair de lá…

    O Cart And Horses parece ter uma “vibe” beeeem mais positiva que o Ruskin Arms.

    Agora, este museu do Sir Churchill parece ser maravilhoso. Adoro museus e sempre que posso, vou em algum.

    Agora, Rolf, faz uma força e vai no show do mestre Gilmour amanhã no Royal Albert Hall… apesar de tê-lo visto em SP no ano passado, vê-lo na lendária casa de shows deve ser uma experiência única.

    Abraço e curta Londres.

    Like

  3. Kelsei muito boa a sua indagação. Da pra arriscar pedir sim pra dormir
    Eu entendo o sentimento do Jeff em relação a não se sentir bem em pubs. Acho que certos pubs não são para turistas e estrangeiros como nos. A dinâmica desses lugares nao é amigável e acho que me liguei no que o Jeff falou. Visitei outros pubs e percebi essa vibe ruim também
    Lá é um pub bem simples e tinha uma galera pos expediente de gente simples com uniforme de trabalhador braçal preocupados em jogar sinuca com aquela educação inglesa em que ninguém fala nada. Ao contrário dos outros bares, eram duas mulheres atendendo e bem menos roots do que os demais que fiEram questao de serem mais “agressivos” comigo talvez isso tenha feito diferença
    Ah e eu estava com um amigo. Isso fez muita diferença
    Não estava rolando rock and Roll no som. Tava um sonzinho bem ruim mesmo e as atendentes não fizeram nenhuma questão de mudar o som ambiente

    Like

  4. Bom, sobre as duas visitas londrinas mais que recomendadas mesmo: o pub já tinha um post meu por aqui, é mais do que recomendável a qualquer fã da banda, ainda que o lugar não seja hoje algo que tenha ainda o espírito da época. Vale pelo ambiente em geral, pelas coisas da banda e pelo lendário palco, além da mais que necessário cerveja.

    Sobre o museu que havia recomendado, fico feliz pois realmente ninguém fala disso. Nem eu, que estou mega atrasado em fazer um post ele e de outras coisas que fiz na cidade da chuva da Europa. Mas é como o Rolf resumiu: vale, e vale muito. Inclusive, o speech dado por Churchill e que o Maiden usa na aberta de Aces High está lá também, em um equipamento onde o usuário pode escolher palavras para formar o tal discurso. Tenho isso aqui comigo, é questão de parar para publicar.

    Excelente post do viajante Rolf!!

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

Trackbacks

  1. Discografia Iron Maiden – Episódio 1: os primeiros anos (1975-1979) – Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: