Wonder Maidens – banda brasileira feminina tributo à Donzela de Ferro

Já cobrimos aqui no Minuto HM uma das bandas femininas tributo mais conhecidas mundialmente, talvez a mais conhecida, a The Iron Maidens – aliás, tivemos cobertura de show completo, com credenciamento de imprensa, meet & greet com muitas fotos e a banda foi sensacional ao aceitar fazer uma entrevista conosco também.

Mas indo para o tema principal do post, trarei aqui um pouco de informações da Wonder Maidens, banda que nunca vi ao vivo, mas que foi descoberta de uma maneira muito legal. O Ivan, na escolinha, tem aula de música. Neste período que estamos em quarentena, o tal “homeschooling”, nome fresco para “é o que tem para hoje” em termos de educação remota, ganhou uma relevância gigante aos pais e/ou responsáveis. A maioria dos professores, verdadeiros heróis, estão tendo que aprenderem a lidar com aspectos tecnológicos para trazerem via ferramentas diversas um pouco de conteúdo acadêmico aos lares.

A “Tia Dé”, como é conhecida, é uma excelente professora, e isso foi descoberto mais profundamente justo agora, neste período que estamos em quarentena. Gravando vídeos (fechados) diversos para a escola, logo de cara me chamou a atenção não só a excelente didática dela, mas a qualidade da aula – super completa, a carismática “Tia Dé” toca violão, canta (excelente voz, super afinada, algo que me chamou muito a atenção), toca outros instrumentos infantis e traz, claro, livrinhos, brinquedos, pelúcias e afins para ilustrarem a aula infantil. É sempre um enorme prazer assistir as criativas aula dela!

A “surpresa” ficou por conta da descoberta – e parece que realmente nada é por acaso – de ver que ela é, também, a “Steve Harris” da Wonder Maidens, banda formada no final de 2019 apenas por mulheres e que, obviamente, foca na carreira da Donzela. A “Tia Dé” vira a “Dé Bermudez” e se junta à Gabi Silvestri – vocal, Aya Maki – guitarra, Graziela Zina – guitarra e Tatiane Perfeto – bateria. Minha admiração, que já era grande, assume contornos ainda mais expressivos!

Vocês podem ver alguns dela e banda aqui, mas já deixo alguns abaixo – e não somente no baixo – e, na banda, destaco de cara, além do baixo no volume “Iron Maiden” de ser, a “Dave Murray” do grupo:

 

Acabando essa pandemia, já tenho (mais um) programa e do melhor – afinal, não é sempre que juntamos o útil ao (muito) agradável – algo familiar (inclusive para a família do metal) e educacional!

À Wonder Maidens, muito sucesso, e saibam que ganharam mais um fã – e outros que seguirão daqui também, tenho certeza.

Up The Irons! Maiden rules!

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:Bandas Independentes, Covers / Tributos, Curiosidades, Iron Maiden

15 respostas

  1. Que legal, vida longa à banda. O solo da Dave Murray em Aces High chamou a atenção sim, inclusive pelo timbre. Faltou uma mudança de captador no fim dele, mas tecnicamente é muito próximo à perfeição. O som da captação ambiente atrapalha ouvir o baixo e o solo do Adrian ficou um pouco mais baixo, mas dá pra perceber que a banda tem muita competência.
    Em relação à baixista ser a professora do Ivan, eu pergunto, Eduardo, rolou uma espécie de avaliação prévia na escolha da escola ? Se não rolou, os deuses do metal definitivamente estão do seu lado…

    Alexandre

    Curtir

    • Exato, B-Side – justamente o solo do Murray da banda que chamou minha atenção. Valerá a pena conferir a banda assim que possível, sem dúvidas.

      E sobre a pergunta final – os Deuses do Metal estão me acompanhando – o que mais posso querer de educação musical? Mais nada mesmo. O que já era muito bom antes da descoberta da paixão pela banda, só melhorou agora!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

  2. Não tenho facebook mas espero em breve ver o potencial das Wonder Maindens

    Curtir

  3. Eu gostei da banda como um todo e nos detalhes dos videos da Tia Dé que executa com precisão as linhas de baixo que não deixam de ser uma das maiores marcas da Banda. Gostei de ver Tailgunner, tudo certo, encaixado!
    Parabens às Wonder Maidens! Up the Irons!

    Curtir

  4. Uau!
    Que surpresa boa!!
    Inclusive vi só agora porque domingo é dia da “Tia Dé” assumir as câmeras, instrumentos, vocais… enfim…rs
    Eduardo, muitíssimo obrigada pelo carinho, em todos os sentidos! Por permitir que eu entre em sua casa para levar música e acolhimento ao Ivan (muita saudade desse pequeno que deve estar gigante), tudo é feito com muito carinho e da melhor forma possível, dentro das condições na qual estamos hoje. E sobre a Wonder Maidens, poxa, essa banda é um projeto que quero muito fazer dar certo!! Tivemos uma interrupção muito brusca devido a pandemia, mas esperamos voltar e colocar realmente a banda para rodar quando todo esse pesadelo acabar!
    Mais uma vez obrigada pelo carinho e pelo reconhecimento do meu trabalho e do trabalho dessa mulherada maravilhosa que me acompanha na WM!!

    Up the Irons!!
    Up the Maidens!!

    Curtir

  5. Muito massa, espero ter a oportunidade de assistir essas garotas ao vivo! Up The Irons!!

    Curtir

  6. Muito interessante não só a banda como a forma com que foi ‘descoberta’. Pequenas coisas que alegram, de verdade. Vi esse vídeo no YouTube também, não vi link aqui, então deixo pro pessoal:

    Pergunta honesta: ‘Bermudez’ é mesmo sobrenome ou é em homenagem aos irmãos que compunham a banda do Blaze ao final dos anos 2000?

    Curtir

    • Oi Caio!

      Bermudez é sobrenome mesmo!

      Não sabia dessa informação!

      Mas e o Blaze precisar de outra dupla de irmãos Bermudez, eu tenho um irmão guitarrista😉.

      Abraço!

      Curtir

    • Pode responder aqui? Stranger in a Strange Land.
      Coisa linda essa passagem instrumental.
      Aliás, o solo de guitarra está espetacular também e não é o original. Parabéns pra quem o gravou. As mudanças são.muito sutis , praticamente uma reedição daquele que Adrian Smith gravou.

      Up the Irons!

      Curtir

Leave a Reply

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: