Cobertura Minuto HM – Review – Blaze Bayley em SP – 07/abril/2002

A banda do ex-vocalista do Iron Maiden, Blaze Bayley (até então denominada apenas “Blaze”), marcou datas para shows no Brasil e demais países da América Latina em meados de 2001, logo após o lançamento nacional de seu primeiro trabalho, intitulado “Silicon Messiah”. Para a alegria de uns e tristeza de outros, antes de começar a “leg” latina a banda gravou seu segundo trabalho, o “Tenth Dimension”, álbum que vazou na internet em dezembro daquele ano e fez a alegria dos usuários do Audiogalaxy, até então o sucessor do Napster!

A banda então adiou os shows que faria por aqui, ou seja, não viria mais para sua primeira tour com um set composto somente com as músicas de seu primeiro álbum, mas sim na tour do “Tenth Dimension”, com um set mais completo! Desta forma tivemos que esperar por mais alguns meses antes de ver Blaze Bayley em ação novamente, coisa que o Brasil não via desde sua última tour com o Iron Maiden, a do álbum Virtual XI, que passou por aqui em 1998.

O ingresso da noite...

O ingresso da noite...

Era um domingo, dia 07 de abril de 2002, quando fui pela segunda vez ao Directv Music Hall (hoje chamado Citibank Hall) assistir a um show! Por coincidência, cheguei exatamente na hora da abertura da casa, e consegui me esgueirar por entre o pessoal e chegar até a grade! Quem conhece a casa sabe que ela não é das maiores, e que a entrada é lateral ao palco, o que facilitou o trabalho.

As luzes se apagaram pela primeira vez na noite e o Fates Prophecy subiu ao palco para o show de abertura! Apesar de conhecer apenas o álbum “Into The Mind”, o primeiro deles, o som da banda me agradou bastante e gostei bastante do show! Eles fizeram um set curto, e pudemos conferir a primeira apresentação ao vivo do novo vocalista, Sérgio Faga, também vocalista da Children Of The Beast, excelente banda cover de Iron Maiden! Além das músicas de seus dois álbuns, o Fates Prophecy tocou também “Run To The Hills”, do Iron Maiden, e “Trap”, música do excelente projeto Hamlet! Um show que sem dúvida preparou bem a galera para o que estava por vir!

A banda Blaze então sobre ao palco, abrindo o show de forma arrebatadora com “The Launch”, seguida de “Futureal”, em minha opinião uma das melhores músicas compostas por Blaze em sua época no Iron Maiden! Blaze continuou mostrando as músicas de sua carreira solo, claramente demonstrando que naquele momento, sem pressões externas (e sem a preocupação de substituir um dos maiores vocalistas de todos os tempos), ele pôde mostrar toda a sua criatividade em suas composições!

Foi uma porrada atrás da outra: “Ghost In The Machine”, “Evolution”, “Identity”, “Tough As Steel” (uma de minhas favoritas) e “Stare At The Sun”. Uma pequena parada com “Como Estais Amigos”, também do Iron Maiden, para voltar à carga com “Leap Of Faith”, “Kill And Destroy” e “Silicon Messiah”. Os presentes não paravam de pular e cantar por um instante!

Blaze esbanjou carisma. Olhava atentamente a platéia, e quando via alguém parado no meio do público o incentivava a agitar com o resto do pessoal! Isso mesmo, ele ia um por um, apontava pra pessoa e agitava com ela! Blaze conversou muito com o público, dizendo ótimas coisas sobre o heavy metal e sobre o Brasil, arrancando gritos da galera!

Então veio um dos momentos mais esperados: a banda executou “Virus”, um single do Iron Maiden nunca antes tocado ao vivo! Foi possível notar que Blaze teve que ler o começo da letra em um papel, mas mesmo assim a performance foi espetacular! O show seguiu com “The Brave”, “When Two Worlds Collide” e “The Tenth Dimension”!

Logo depois a banda começa a tocar Man On The Edge, também do Iron Maiden, quando para a surpresa de todos sobe ao palco André Matos, então vocalista do Shaman, para cantar junto e agitar o pessoal! Pra falar a verdade, foi um dueto um tanto estranho, da voz grave do Blaze com os exagerados agudos do André Matos, mas que obteve boa resposta do público!

E então veio “Born as a Stranger”, com seu refrão cadenciado, pra fechar com chave de ouro uma noite perfeita, que sem dúvida ficou marcada em todos os que puderam presenciar Blaze Bayley com sua melhor formação, em sua melhor forma.

07 de Abril de 2002

Directv Music Hall

São Paulo, SP

BLAZE

SET LIST:

01- The Launch

02- Futureal

03- Ghost In The Machine

04- Evolution

05- Identity

06- Tough As Steel

07- Stare At The Sun

08- Como Estais Amigos

09- Leap of Faith

10- Kill And Destroy

11- Silicon Messiah

12- Virus

13- The Brave

14- When Two Worlds Collide

15- The Tenth Dimension

16- Man On The Edge

17- Born as a Stranger

ABERTURA: FATES PROPHECY

SET LIST:

01- Wings Of Fire

02- Beast Within

03- Sands Of Time

04- Trap

05- Pay For Your Sins

06- Run To The Hills

07- The Last Revelation

Caio.

________________________________________________________________________________

UPDATE 1 (EDUARDO): e quinta-feira tem mais



Categories: Blaze Bayley, Cada show é um show..., Curiosidades, Discografias, Iron Maiden, Músicas, Resenhas, Setlists

1 reply

  1. Caio, suas contribuições com o blog são sempre em altíssimo nível. Mesmo já se passando os anos, lá em 2002 você já mostrava muito talento para redigir resenhas…

    Interessante ver o que você comentou e tentar projetar para o show de quinta, com uma formação totalmente diferente, e com um baterista X que virá no lugar do Larry. Veremos.

    Obs.: melódico não é muito minha praia. Deve ter mesmo sido estranho ver os 2 (Blaze e Matos) cantando juntos. Mas “cada show é um show”…

    Bom show para nós e obrigado por toda a ajuda que você vem me dando com relação ao Blaze.

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: