Como nasce uma Fender Stratocaster?

Fala, galera,

a emblemática Fender disponibilizou em seu site oficial um vídeo muito legal da linha de manufatura (manufatura mesmo, não dá para chamar de fábrica) do nascimento from the scratch de uma Fender Stratocaster: “A Strat Is Born” traz, em pouco mais de divertidos 4 minutos, um pouco do processo, desde a matéria-prima básica, a madeira, até finalmente o instrumento estar pronto para uso.

Então, diretamente das instalações da Fender em Corona, na Califórnia, EUA, divirtam-se:

Por fim e dando mais uma dica para o post de dicas de lugares legais para se conhecer no exterior, é possível fazer uma visita ao Fender Visitor Center e até mesmo na linha de produção (!) da famosa marca – consulte como aqui.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, Instrumentos, Iron Maiden, Músicas

12 replies

  1. Vou estrear a, espero, lista extensa de comentários por aqui afirmando:
    Que maravilha ! Apesar de toda a questão de fabricação em série, dá para perceber traços artesenais em determinados trechos. A parte que gostei mais foi ver o corpo da guitarra tomando pouco a pouco o colorido até chegar na pintura definitiva.
    Obrigado, Eduardo, por postar isso, sensacional mesmo!
    Aliás, taí uma guitarra que nunca tive…Sempre gostei do modelo branco/creme , com o braço escuro..Mas pelo jeito não vai ser nessa encarnação….

    Alexandre Bside

    Like

    • Eu gosto muito de ver matérias de qualquer tipo de manufatura e fábricas – desde as mais simples até coisas como linha de montagem de aviões.

      E, neste caso, é espetacular ver como há partes manuais, artesanais, para sair UMA guitarra ao final! Creio que vai dar até um dó maior ao ver uma coisa linda dessas sendo destruída em um show (mas não muita também, hehehe).

      B-Side, como assim, não será nesta encarnação? Acho que você precisa mandar ver, sim… o instrumento merece seu talento!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  2. Eu encontrei um vídeo da mesma fábrica, mas fabricando a guitarra em 1959!
    É muito bom ver esses processos produtivos! Eu também gosto muito!

    Aproveitem!

    []’s

    Like

  3. Excelente o vídeo “old-fashion” que o Chris trouxe. As fenders antigas são na verdade, hoje em dia , disputadas à tapa pelos colecionadores . A fender que é a cara do Dave Murray era uma mistura dos modelos de 1957 e 1963 , envenada com captadores Dimarzio e PAF para os timbres mais robustos do Iron Maiden. O modelo com os captadores duplos tiveram tanta identidade com Murray que o modelo signature do guitarrista é uma reedição dessa guitarra, conforme vídeo abaixo. Mas isso, eu sei, o Eduardo já tá careca de saber…

    Um abraço ,

    Alexandre

    Like

    • Mestre B-Side, quem aqui está careca de saber sobre guitarras é você, hehehehe… eu não saberia falar sobre as marcas dos captadores e tudo mais, mas claro que já havia reparado nas duas duplas.

      Demais também o vídeo que você trouxe, muito legal ele falando do design dela, trazendo uma rápida linha do tempo desde o início até onde ele cobre (Live After Death).

      E como é bom ouvir o som que sai deste instrumento… ouvi bem alto… sempre um prazer.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

      • Eduardo, Chris e galera do Minuto :

        Se vocês gostaram do vídeo acima, vão gostar bem mais do abaixo , eu imagino…o motivo é simples : são riffs e mais riffs , solos e mais solos magnificamente bem tocados numa Fender Stratocaster Dave Murray Signature. Reparem na troca de captadores durante o solo de Aces High…Coisa linda….

        Bem, para dar crédito ao grande músico do vídeo acima, trata-se do responsável por coverizar o próprio Murray na banda cover Children of the beast, sem dúvida uma das melhores covers do Maiden.

        Saudações

        Alexandre

        Like

  4. “Ritchie Blackmore Tribute Stratocaster”:

    Mais informações deste espetáculo de instrumento: http://www.fender.com/en-BR/custom-shop/features/ritchie-blackmore/

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  5. Espetacular o vídeo, altamente vintage . A guitarra sem dúvida marcou uma época e depois foi utlizada ( embora totalmente modificada ) pelo Dave Murray, por exemplo, no início da carreira também .
    A homenagem ( e eventual vendagem) é justa e merecida, pois RItchie é até hoje uma das lendas do instrumento e grande influenciador de tantos .
    E essa (nessa cor e braço) é definitivamente a marca do mestre .

    Alexandre Bside

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 3,250 other followers

%d bloggers like this: