Minuto HM em Berlim: Pink Floyd – Welcome To The Machine

 Para o incauto leitor que agora passa as vistas nessas parcas linhas deste que vos escreve, saiba que o Minuto HM esteve em Berlim na Alemanha e dentre as diversas atrações culturais desta cidade repleta de história e museus incríveis, decidi conhecer um dos vários museus de instrumentos que existem na Europa. Berlim sofreu com guerras e ocupações ao longo dos últimos quase 100 anos e muitas coleções foram perdidas mas é impressionante ver de perto o poder de resiliência do povo alemão e sua disciplina em refazer a sua bem sucedida trajetória de se tornar umas das cidades mais modernas e multiculturais do mundo, sempre mantendo a sua história e principalmente a sua cultura. Nas buscas que realizei para achar um museu como esse, eu encontrei o Berlin Musical Instrument Museum que ficava localizado perto de onde eu estava na the Kulturforum on Tiergartenstraße no endereço Ben-Gurion-Straße, 10785 Berlin. Nota-se pelo nome de Ben Gurion – um dos grandes líderes israelenses na criação do estado de Israel – que ele fica na perto de uma comunidade judaica que é bem presente nesta parte da cidade. O museu abriga mais de 3.500 instrumentos que datam desde o século XVI e é considerado uma das coleções mais representativas da Alemanha e da Europa.
Achei minha oportunidade de finalmente fazer uma visita e ver com meus próprios olhos um museu desses. Apesar de um desapego completo pela maioria de coisas materiais que possuo eu sempre gostei muito de instrumentos musicais. Eles são meus amigos. Não sou um músico habilidoso como são o Abilio, o Batera, o Daniel, o Flávio Remote e o talento impressionante do Alexandre B Side. Eu apenas toco alguns instrumentos superficialmente e me divirto com eles.

 

Fui para este museu apenas com expectativa de buscar saber um pouco mais da história em geral para somente ver algo dentro de um contexto cultural, mas, como diria Eddie Trunk no meu encontro com ele no túmulo de Ronnie James Dio, o rock and roll sempre nos reserva surpresas, e, após ver muita coisa interessante em meio a muita história e artefatos interessantes – muitos dos quais eruditos e alguns ainda mais interessantes pois nos desfiam a entender como se extrairia o som daquilo – lá pelo meio da visita ao local um equipamento me chamou atenção. Me aproximei, cliquei o número da áudio da visita guiada e voala! Tratava-se de um sintetizador de efeitos que havia sido parte da história do progressivo, era ali na minha frente o equipamento que ganhou notoriedade quando foi usado pelo Pink Floyd no disco Wish You Here para executar os efeitos da sensacional música Welcome to Machine. Pink Floyd é uma daquelas bandas que é quase uma unanimidade pra quem gosta do estilo e para mim e para o meu outro irmão Márcio Villas, Pink Floyd é uma das maiores bandas de progressivo de todos os tempos. Este sintetizador, foi usado pelo falecido Richard Wright e por Roger Waters na execução dos efeitos dessa música. Descobrir esse instrumento em meio a muita história foi uma grande surpresa. Na visita guiada, a música é tocada para que o visitante possa entender o resultado daquela parafernália. Momento alto da visita


  

Outro momento alto da visita foi dar a sorte de ver uma aula para o que eu imagino ser uma classe de segundo grau onde a instrutora tocou alguns instrumentos do local. Muitas aulas são dadas nos museus alemães. Situação comum. Em todos em que eu estive, haviam turmas de adolescentes posicionaos, em completo silêncio para ouvir a aula. Uma pena eu não manjar alemão. O mais impressionante instrumento que eu vi no museu foi o The Mighty Wurlitzer. Trata-se de um instrumento que é uma orquestra. Para se ter uma noção, a sala que é vista no vídeo abaixo é parte da estruturada de sons onde existem os “instrumentos” do som de orquestra que se ouve. O instrumento é conectado à sala acima, que é imensa, como pode ser visto, e isso ela produz diversos sons com as operações de pedais, botões, teclas e todo tipo de acionamento possível.

Todas as fotos a seguir  integram o órgão

  
  
  

Outras peças do museu:

 

  
  
  
  
  
      
  
  
  
  
  



Categories: Curiosidades, Off-topic / Misc, Pink Floyd

4 replies

  1. Rolf, que post sensacional. Se um dia eu for a Berlim, com certeza terei que fazer uma visita a este local.
    Parabéns pela oportunidade! E ver um instrumento autêntico de gravação do Pink Loyd, não tem preço!

    Like

  2. Mais um post sensacional deste “Rolf 2016”, que está nos brindando com excelentes post e dicas européias – esta, com certeza, é uma imperdível – e que oportunidade poder ver um instrumento que marcou a história de uma das bandas mais importantes da história e que é ponto comum aqui no blog em termos de respeito e admiração.

    Valeu, Rolf. Vem mais?

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  3. Pensei que o texto fosse de caráter jocos ao ler os trechos: “Não sou um músico habilidoso …” e “Eu apenas toco alguns instrumentos superficialmente”.
    Mas não, é um post bem legal. E marca uma falha minha de quando visitei Berlin. terei que suprir esta falha no futuro.

    Like

  4. Eu também concordo com o comentário do Schmitt. O post é bem legal, fotos muito legais de um museu super bem cuidado, instrumentos raros e posterizados para a história, é bom saber que a Alemanha cuida bem do seu passado. A cereja do bolo é o instrumento do Floyd que foi usado na maravilhosa Welcome to the Machine, que faz parte do não menos maravilhoso Wish You Were Here.
    E o caráter jocoso se justifica não só pela frase citada acima, como na afirmação :” Não sou um músico habilidoso como são o Abilio, o Batera, o Daniel, o Flávio Remote – E MAIS AINDA COM A SEQUÊNCIA:- e o talento impressionante do Alexandre B Side.”
    Aí não, Rolf, vamos manter a coerência no texto todo, ok ?

    Alexandre

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: