Cobertura Minuto HM – Judas Priest e Saxon em Newark, NJ (EUA) e pop-up store – parte 1

Fala, galera!

É com uma grande felicidade que trago mais uma Cobertura Minuto HM internacional por aqui – saindo de 32º de São Paulo para -1º (em resumo, um frio do #@$#$&). No Prudential Center, em Newark, NJ, a noite trará 3 bandas, sendo 2 velhos conhecidos nossos: além da abertura do Black Star Riders, os pratos principais trazem o Saxon e o Judas Priest.

Assim como o Judas, os ingleses do Saxon (que verei pela primeira vez) também está em tour promocional do disco novo, o Thunderbolt. Já o Priest vem com a tour Firepower 2018 que, por sua vez, vem recebendo, merecidamente, excelentes reviews e se destacando nos charts.

Como também vimos aqui, o Judas está “desconfigurado” em termos de lineup dos homens das 6 cordas. Andy Sneap, que além de guitarrista participou em diferentes funções pelo metal como produção e mixagem de álbuns de diversas bandas, está definitivamente temporariamente (??) no posto clássico de Glenn Tipton, com Richie Faulkner, ex banda da Lauren Harris, ao seu lado no lugar do “aposentado”(???) K.K. Downing. Mais uma vez, há um compromisso da banda em não cancelar a tour, mas o futuro da banda, que teoricamente também iria se aposentar, continua nebuloso.

Aqui em solo americano, entretanto, a expectativa em rever estes grandes nomes da história do metal é enorme. Ontem, a banda fez um “meet & greet” em NYC com alguns felizardos compradores do novo álbum, no qual eu ainda estava em solo brasilis. Entretanto, hoje, antes do show, além de alguns passeios turísticos por Manhattan, ainda consegui dar uma passada na Pop-Up Store do Judas, mais precisamente na Sony Square, localizada na (linda) Madison Avenue da Big Apple, em frente à um dos Parks mais lindos da cidade: Madison Square Garden.

Entrei no prédio da própria Sony Music Entertainment. De lá, fui abordado por um sorridente segurança que me disse que eu estava um dia atrasado e que “os 5 caras vieram aqui e todos saíram com um sorriso no rosto”. Ele me disse que foram cerca de 500 pessoas que “tumultuaram” o hall do lugar (considero o número até não tão alto) e que teve gente que trouxe instrumentos para serem assinados. De qualquer forma, a entrada da loja nem era ali, era na porta ao lado, chamada “Sony Square”, um local para display de produtos da marca.

Aqui o tweet que traz os 5, inclusive Glenn, um dia antes:

A pequena loja promocional traz alguns itens interessantes: fotos raras, um display com roupas históricas, letras de músicas escritas à mão, uma parte do catálogo da banda em vinil e em CD.

Ainda que não tenha sido nada de outro mundo, dada a localização fácil, valeu a visita!

Vídeo e fotos do local:

Sobre o caminho para o show, a opção foi sair da Penn Station para a Newark Pen pelo sistema NJ Transit, não o “normal” MTA. A razão para isso: trem maior, com deck superior, expresso com apenas duas paradas para a cidade, ao invés de zilhões de paradas e conexões. Começou a nevar logo depois da saída do trem, então foi um verdadeiro sprint até a arena para não congelar.

E sobre o vindouro show, confesso que não aguentei e dei uma olhada no setlist da banda – e é matador. O final do show é repleto de clássicos e é impossível não esperar pelo melhor. Vejamos ainda se, com a entrada de Andy na banda, a velocidade das músicas volta a ser a “normal”, já que em clássicos como Metal Gods nas tours anteriores, a coisa estava “meio lentinha” (o que não invalida, de qualquer maneira, o rótulo que dou para os shows da banda: “aula de metal”).

A arena por dentro é linda (pleonasmo). É uma arena usada especialmente para hockey (Chris DT, está por aí?). A fileira da noite é a 7 no chão, extremamente próxima ao palco, já que as fileiras são apertadas, assim como as cadeiras. Imagino que para o Saxon mas pelo menos para o Judas, as cadeiras servirão apenas de separação / apoio das baquetas, dado a chuva com neve que começou antes da chegada ao local.

No intervalo da primeira banda para o Saxon, já deu para ver o fundo de palco do Judas antes de subirem o banner do Saxon. Tudo muito legal. Na PA, AC/DC com Back in Black e Dio com Rock ‘N’ Roll Children. Quem ousa reclamar? E MetallicA e Guns…

[ ] ‘ s,



Categorias:Agenda do Patrãozinho, Cada show é um show..., Curiosidades, Judas Priest, Letras, Minuto HM, Resenhas, Saxon

5 respostas

  1. muito bom
    nosso presidente em mais uma cobertura internacional!!!!!!!!
    Muito bom

    Curtir

  2. Show de bola! No aguardo das fotos e detalhes do show!

    Curtir

  3. Vamos para a parte 2, com Presidente estreando com o Saxon…

    Curtir

  4. Maneiro tudo isso aqui. Não tinha visto, apenas a resenha principal do show, que já comento. Mas já aqui é um show a cobertura do evento.

    Valeu

    Alexandre

    Curtir

Trackbacks

  1. Cobertura Minuto HM – Judas Priest e Saxon em Newark, NJ (EUA) – parte 2 – resenha – Minuto HM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: