Resultado Poll # 15: The Final Frontier, do início ao fim

Galera,

estou fechando a última pesquisa do Minuto HM do ano, nossa 15ª e, com ela, toda a cobertura que fiz desde os primeiros rumores do disco, passando pelas outras notícias até o dia do lançamento do excelente The Final Frontier e seus singles The Final Frontier e Coming Home. Foram 17 posts específicos nesta cobertura, além do especial que foi feito para a música When The Wild Wind Blows que foi eleita, na pesquisa anterior, a melhor música do álbum e agora este que será apresentado abaixo.

Os resultados, acredito que mais “maturados” do que anteriormente, mostra como a aceitação do álbum foi altíssima… mostra como o álbum é bom praticamente por inteiro – não vamos aqui dizer que não há pontos fracos, porque eles existem, mas para muitos, realmente seja o melhor álbum da Donzela desde os “golden years”.

Vamos aos resultados (foram 426 cliques) e comentários por “faixa de votação” (a cada dezena de votos) – lembrando a pergunta da pesquisa: “Quais músicas do “The Final Frontier” não poderão ficar de fora na tour 2011?”

 

Em primeiro lugar, dá para perceber como o Maiden acertou em trazer uma “surpresa” no disco, que foi a música de abertura do álbum, talvez a coisa mais “diferente” que o Maiden já tenha lançado oficialmente em sua discografia desde… desde as guitarras sinterizadas em Somewhere in Time… ou até mesmo desde sempre… a “dupla” faixa de abertura, começando com Satellite 15, aquele som que jamais diríamos que era “Iron Maiden” se alguém nos mostrasse e falasse que era, com a excelente sequência de The Final Frontier ganhou como a música que mais quer ser ouvida do disco. Em segundo lugar, praticamente empatada, está a música da sequência natural do disco mesmo, a El Dorado, que também é iniciada após uma feliz “emenda” com a abertura. Enfim, mostra como o Maiden lançou um disco de forte abertura e que acertou na dose, pois além de serem as duas que abrem o disco, são candidatas a estarem presentes em todos os setlists dessa tour que começará em em 2 meses . Digo mais: são mais que candidatas, eu diria que são certezas. E El Dorado é ainda mais: é candidata a ser tocada em futuras tours do Maiden como representante do álbum, visto que a banda anda se divertindo muito com ela, apesar de exigir bastante de Bruce em seu refrão, como o próprio já disse. Independente de qualquer coisa, sabemos como a banda é fiel com relação a execucão de certas músicas e, definitivamente, El Dorado será uma destas.

Na segunda faixa de votação, temos duas lindas faixas do disco que, por coincidência ou não, devem ser as “menos metal” do álbum… mais uma vez, mostra como o Maiden acertou neste disco: Coming Home é realmente linda e When The Wild Wind Blows é uma das prediletas da galera do Minuto HM, a maior música do disco com seus mais de 11 minutos de muita interpretação de Bruce. Eu diria que Coming Home é uma fortíssima candidata de estar nos setlists da tour e que a última do disco até tem seu espaço porém, pessoalmente, não vejo a banda tocando-a. Seria, sem qualquer comparação em termos musicais, como tocar “The Thin Line Between Love And Hate” do Brave New World. Não acham? Não acho que podemos compará-la com Rime Of The Ancient Mariner, que o Maiden fixou na SBIT Tour, nem em termos musicais nem pelo fato desta ser ainda maior em termos de minutos. Era uma tour de festa, de comemoração. Enfim, não vejo o Maiden tocando WtWWB. Infelizmente.

Na terceira faixa de votação, para mim, a maior surpresa: a longa The Talisman. Confesso que aprendi a gostar mais dela mas ainda não morro de amores pela dita cuja. Aliás, acho que ela se perde depois de seus 6 minutos, não gosto do solo e sua sequência, até o Maiden fazer o tal “milagre da volta”, claro, em proporção muito menor a de outros clássicos. Achei interessante este resultado e me faz ter vontade de revê-la, algo que estou fazendo EXATAMENTE agora. Já gosto mais dela do que antes, talvez tenha passado pelo primeiro período de aprendizado, isso posso afirmar. Não vejo o Maiden tocando-a ao-vivo.

A penúltima faixa traz um resultado apertado com Starblind, The Alchemist e Isle Of Avalon. Eu, particularmente, acho este trio excepcional. Starblind é a favorita de muita gente e é mais uma que flerta com a carreira solo de Dickinson. É uma linda música, em todos os sentidos. Estranhei não ter ficado pelo menos na segunda faixa de votação. Já The Alchemist é outra música que não é tão “metal”e flerta um pouco com o hard, definitivamente uma boa música no disco. Bom, aí vem a minha favorita do disco, que esperava estar melhor posicionada, mas agora começo a perceber que talvez ela seja meio “b-side”, sem trocadilhos com nosso mestre do blog. Será? Me emociono fácil com esta faixa, pois volto facilmente aos anos 80. O final dela, como já mencionei, discutimos e deixei rolando no nosso primeiro podcast, é facilmente, para mim, o melhor final de música há MUITOS anos e mais uma vez me faz voltar ao passado, mais precisamente a 1982, ano do 666. Sem qualquer constrangimento, afirmo que esta música me emociona ao ponto das lágrimas, na grande maioria das vezes que a escuto (sim, mesmo com o “ventinho”, hahaha). Mesmo assim, vejo que isso deve ser algo meio pessoal… mas chega, vamos as chances que considero para a tour: Starblind: grandes chances, e grandes chances se aparecer em futuros shows após a tour especial do disco ; The Alchemist: não, não vai aparecer e Isle Of Avalon: grande dúvida, pode ser uma surpresa, mas meu voto no momento é para que não figure…

Finalmente, as duas menos votadas foram Mother of Mercy e The Man Who Would Be King. A primeira me surpreendeu um pouco, esperava estar melhor posicionada. Gostei bastante da música e acho que temos, sim, chances de vê-la aparecendo nos sets. Já esta última, a TMWWBK, está, em minha opinião, onde merece: a música destoa do álbum, é fraquíssima, talvez a única bola fora do disco, ainda em minha opinião. Mesmo assim, recebeu um número relevante de votos, mostrando que temos membros da família que se interessaram pelo som. Considero mais fácil ver uma nota de R$ 3,00 do que o Maiden tocar esta música ao-vivo. É o que eu acho, pelo menos.

Concluindo: The Final Frontier é um álbum coeso, forte, por muitos considerado a melhor coisa que saiu desde 7th Son. E nós teremos uma grande tour em 2011 com músicas deste disco e outros clássicos que deverão certamente aparecer.

Faltam 101 dias para o primeiro show da tour no Brasil, em São Paulo.

Up The Irons!

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:Agenda do Patrãozinho, Curiosidades, Discografias, Iron Maiden, Músicas, Pesquisas

14 respostas

  1. acho q vão aparecer nos shows a, Satellite 15…TFF, Starblind,
    El Dorado, Mother Of Mercy, Coming Home e “talvez” a When The Wild Wind Blows. E pra fechar a melhor faixa do disco (na minha opinião) é…….. Satellite 15… TFF. hahaha…..

    Curtir

  2. Eduardo,
    Vendo a votação dá para entender como Coming Home é boa música. Ficou atras do single e da faixa título, que tem apelo inegável por serem a esoclha da banda para o nome do álbum e divulgação como faixa de trabalho.
    Considero Coming Home um grande destaque do ´álbum sem dúvidas e espero ver no show do RJ.

    Curtir

  3. Eduardo,
    Pra mim as músicas que estarão na turnê serão: The Final Frontier, El Dorado e Coming Home (com certeza). The Talisman é uma fortíssima candidata. A última do CD na tunrê será ou When the Wild Wind Blows ou Isle of Avalon (a última uma das melhores que já ouvi). Se existir uma surpresa, será The Alchemist.

    Abs,
    Luiz Eduardo

    Curtir

  4. Antes de tudo, precisamos parabenizar o Eduardo pela presença do post no Whiplash ( mais uma vez, aliás…) e também pelo grande comparecimento de votantes..
    Em relação ao resultado, nenhuma surpresa, e também engrosso o coro daqueles que apostam na trinca vencedora do pool como cartas certas na turnê.
    When the wild wind blows estar bem votada significa antes de tudo e principalmente o apreço que a música conseguiu entre os fãs do Maiden, também acho pouco provável, aliás não vejo qualquer outra música do Iron na turnê, eles devem ficar nas três citadas mesmo.
    A minha predileção aponta na direção da Starblind, na categoria ” sonhar não custa nada “, quem sabe?

    Alexandre Bside

    Curtir

    • B-Side, muito obrigado pelo elogio.

      Cara, eu acredito que podemos ter mais de 3 músicas do TFF. Talvez 4 ou puxando um pouco a barra, 5. Starblind e Isle of Avalon são minhas favoritas a entrarem também, sendo Starblind com mais possibilidades…

      When The Wild Wind Blows já acho difícil… claro, mais fácil que Isle of Avalon, mais difícil também…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

  5. The Talisman é ótima não somente musicalmente como a letra é muito interessente. Adoro as “histórias de marinheiro”narradas pelo Bruce (como Ghost of the Navigator). E a The WildWind Blows é uma quase obra-prima (só desliza um pouquinho no meio), é fantástica, espetaculat. A narração do Bruce e a história contada aliada ao instrumental é dez. É uma das músicas mais “visuais” que já ouvi na vida (a outra é A Banda do Chico Buarque). Eu consigo visualizar TODA a história narrada pelo Bruce, parece um filme mental. E poucas músicas conseguem esse feito. A The Alchemist só faltou um vocal mais forte com mais pegada, não combinou com i instrumental rápido.

    Curtir

    • Olá Robson, primeiramente, seja bem-vindo ao Minuto HM. Aproveite o espaço!

      Seus comentários são muito pertinentes e sim, as interpretações do Bruce no The Final Frontier são um show à parte mesmo. Aliás, ele é o músico que mais se destaca no disco em minha opinião, como já comentei por aqui…

      Continue conosco…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

  6. Artigo publicado no Whiplash sobre a cobertura do lançamento do The Final Frontier aqui no Minuto HM:

    http://whiplash.net/materias/news_854/125334-ironmaiden.html

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

Trackbacks

  1. Iron Maiden -> nova coletânea “From Fear to Eternity: The Best of 1990-2010″ ; gravação dos shows da The Final Frontier Tour na Argentina e Chile « Minuto HM
  2. Iron Maiden – RJ – 28/03/2011 « Minuto HM

Leave a Reply

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: