24º Podcast Minuto HM – 12/agosto/2016

FINALMENTE…

… tivemos nosso 24º Podcast Minuto HM. Depois de dois adiamentos – ou 2 por problemas de agenda meus – conseguimos nos reunir no último dia DOOOOUUUUUZE (começou!) de agosto de 2016! Foram exatamente 6 meses sem podcast, com muitos eventos, shows e viagens acontecendo no período. Ficou claro que realmente não dá para ficar tanto tempo sem podcast… 🙂

Participaram nesta edição:

  • Eduardo [dutecnic] como host;
  • Flavio Remote;
  • Alexandre B-Side;
  • Eduardo Schmitt e
  • Rolf.

Dadas as remarcações, é mais que compreensível que muitos não puderam participar, ainda que em agosto sempre temos podcast. Assim, além de lamentar pelas ausências, gostaria de propor como forma de “compensação” que ainda façamos mais 2 podcasts até o final de 2016.

A proposta inicial seria: primeira semana de outubro e terceira de novembro, ou seja, dias 7/out/2016 e 18/nov/2016. Tentei atender aos pedidos de datas de todos que participaram desta última edição e verifiquei para não ter conflitos de shows em nossa agenda. Ainda farei os posts “oficiais” de convites, mas se já identificarem alguma restrição, já comentem por aqui. Do contrário, por favor, já se programem…

Mas voltando à última edição realizada, também dado que estávamos em menor número, resolvi nem propor pela continuidade dos sorteios dos CDs que estão gentilmente sendo cedidos pelo J.P.. Deixamos para a próxima e novamente deixo um agradecimento especial ao próprio J.P. pela preocupação de sempre e, claro, deixo ainda o convite para a mais que honrosa participação dele na próxima edição!

Outro tema importante desta edição foi a divulgação das músicas do “MHM Hit Parade“, ideia dada pelo Itamar no último podcast. Resolvemos trazer as DOUUUUUUZE (hahahaha 2) músicas de quem fez a lista, claro que com destaque para o Rolf que não sabia nem o que estava acontecendo. Como esperado, ficou claro que o Iron Maiden e o Black Sabbath dominaram as listas, sendo Hallowed Be Thy Name uma campeã de presença (e eu acho muito bom, mão no peito, hino do metal!). Cada um escolheu as suas músicas baseado em alguns critérios pessoais.. deixarei que cada um através de comentário neste post diga como foi o processo e liste as escolhidas. E, como prometido, foi criada uma playlist chamada “MHM Hit Parade”, que conterá as faixas de todos que comentarem por aqui!

Sobre throwdown do Whitesnake da última edição, o 1987 (Whitesnake / Serpens Albus) LAMBEU o Trouble, para satisfação total do Rolf. O resultado foi um 4 a 1, sendo que meu xará que curte um som mais calcado nos blues e menos nas músicas “love” deu o voto ao também perdedor. De qualquer forma, foi consenso do grupo a alta qualidade do álbum de estreia do Whitesnake e como as mudanças vieram, e vieram forte na sonoridade – e estratégias – da banda.

E sobre as loucuras que sempre rolam, desta vez a coisa ficou mais no plano “voz” mesmo, e não no playback… afinal, o Remote voltou a me conceder o papel, assim uma barreira natural foi estabelecida, hehehe. Alguns dos assuntos que falamos nesta edição:

Mas uma besteirinha ou outra sempre escapa…

O podcast pode ser ouvido (por streaming) e/ou “baixado” no 4shared aqui (356 MB). Para fazer o download em formato MP3 para seu computador, clique no botão “Download Now” – o arquivo virá com a tag já devidamente formatada para seu MP3 player.

O teaser da edição anterior também rolou ao vivo. Um teaser com DOUUUZE minutos e DOUUUUZE segundos (não dá mesmo para parar de falar disso). Mais um trabalho excepcional do B-Side. Para conferi-lo / baixá-lo em seu computador / celular / tablet (11,7 MB), use o iTunes ou o 4shared.

Já a lição de casa para a próxima edição é composta por dois álbuns e novo throwdown que o Rolf vai curtir demais:

  • Brothers And Sisters (Allman Brothers Band) – sugestão do xará Schmitt e
  • The Duke (Jørn Lande) – sugestão do Remote.

Throwdown Black Sabbath sugerido pelo B-Side:

  • Born Again x Cross Purposes

Já prevejo bastante risadas com o Rolf…

playlist em nosso canal no YouTube (não deixem de se inscreverem no canal) está atualizada com o material desta próxima lição de casa:

Por fim, deixo um agradecimento especial aos participantes desta edição e vamos nos programando para os próximos podcasts ainda em 2016.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: AC/DC, Accept, Agenda do Patrãozinho, Anthrax, Artistas, Black Sabbath, Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, Def Leppard, DIO, Dire Straits, Discografias, Dream Theater, Guns N' Roses, Helloween, Instrumentos, Iron Maiden, Jimi Hendrix, Jorn, Judas Priest, Kiss, Led Zeppelin, Living Colour, Músicas, Megadeth, MetallicA, Minuto HM, Off-topic / Misc, Pantera, Pearl Jam, Pink Floyd, Podcasts, Queen, Queensrÿche, Rainbow, Resenhas, Rival Sons, Rolling Stones, Rush, Saxon, Scorpions, Sepultura, Slayer, The Beatles, The Cult, The Winery Dogs, Van Halen, Whitesnake, Yngwie Malmsteen

127 replies

  1. Bom, registro abaixo as minhas DOUUUUUZE (sem fim isso) músicas para a MHM Hit Parade.

    Os critérios foram explicados neste podcast, mas em resumo, tentei não repetir os artistas ou bandas (vejam que eles se repetem mas em momentos de carreira ou bandas diferentes) e a playlist é composto por músicas que tiveram fundamentalmente uma importância para minha “formação musical” que é de diferentes fontes e origens, além também de tentar prestar uma homenagem aos grandes “criadores”, como no caso da Black Sabbath.

    Aqui vão elas:

    Hallowed Be Thy Name (Iron Maiden) – mão no peito!
    Master Of Puppets (MetallicA)
    All My Loving (The Beatles)
    Imagine (John Lennon)
    My Love (Macca)
    Live And Let Die (Macca)
    Civil War (Guns N’ Roses)
    Bohemian Rhapsody (Queen)
    Another Brick In The Wall [Part II] (Pink Floyd)
    Black Sabbath (Black Sabbath)
    Heaven And Hell (Black Sabbath)
    Stargazer (Rainbow)

    Apesar de saber que não é parte válida da brincadeira, não posso deixar de mencionar ALGUMAS das que figuraram a todo instante mas que tiveram de ficar de fora…

    Live And Let Die (Macca)
    Tears Of The Dragon (Bruce Dickinson)
    Holy Diver (DIO)
    Bridge Over Trouble Water (Paul Simon)
    Hey Jude (The Beatles)
    In My Life (The Beatles)
    Powerslave (Iron Maiden)
    2 Minutes To Midnight (Iron Maiden)
    Band On The Run (Macca)

    Faltaram muitas bandas e artistas, como o Kiss (bom, nem vou começar a citar), mas é o duro poder da escolha, não é mesmo?

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Bem, considero essa lista a mais emocional das que foram pro “ar” no podcast, e vindo de quem veio, é bastante lógica essa afirmação.Outras duas( assim como na lista do Flávio) coincidiram na minha lista final. Me surpreendeu apenas que cerca de metade da lista final acaba não sendo de metal/hard rock, mas não há o que discutir das escolhas. Imagine, de Lennon, pra mim entra naquela lista dos clássicos que acabam desgastando os ouvidos, mas seria realmente uma heresia questioná-la. E por fim, nosso presidente acabou dando um jeito de elencar mais 9 faixas, trazendo um total de 21 no comentário. Pode isso , Arnaldo ?

      Alexandre

      Like

      • Fala, B-Side, você tem razão e não tinha como ser muito diferente mesmo vindo de mim… tive que me apoiar em algum conjunto mínimo de critérios para esta lista sair do jeito que saiu, e talvez pelo apoio em tais critérios, a lista tem metade hard/metal, metade pop/rock, sei lá como classificar, isso pouco importa no final das contas.

        Ao olhar para a “formação”, deu nisso. Mas a tal MHM Hit Parade tinha o intuito de listar “músicas da vida”, e isso é praticamente impossível quando há o limite de DOUUUUUUUUZEEE…

        Agora são 22, pois no comentário ainda adicionei agora …And Justice For All. O Arnaldo deve estar em férias…

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

    • Presidente,
      excelente a lista, confesso que fiquei surpreso pelas presenças de All my loving e de Imagine, apesar da segunda fazer parte da minha lista das 50 mais (caiu no primeiro corte), claro que a surpresa não tem nada a ver com a qualidade das músicas. Minha menção especial fica por conta da inclusão da clássica Another brick in the wall – Parte II, foi dificil não menciona-la, apesar de não fazer parte das minhas preferidas do Pink Floyd, essa é mão no peito!!!
      Já são 3 votos para Bohemian Rhapsody……
      Apesar da qualidade das clássicas citadas na out list, não vou comentá-las, afinal, não fazem parte das 12 (douuuuuze)…..hehehehe

      Like

      • Itamar, você em especial fez muita falta no podcast, ainda mais nesta hora…

        Pois é, foi muito difícil chegar nestas DOUUUZEEE músicas, ainda mais de maneira tão “livre”. Como disse, tive que me apoiar em critérios mínimos e tentar nem me questionar, pois senão não sairia nunca uma lista.

        Imagine, talvez, tenha a ver muito com algumas lembranças de infância que tenho, aliadas com tudo que ela representa de mensagem ao mundo e como tudo acabou justamente para John Lennon, um cara que só pregava paz e amor e acabou como acabou. Bom, estes posts trazem um pouco disso:

        https://minutohm.com/2014/05/26/minuto-hm-em-ny-nj-dc-the-dakota-memorial-strawberry-fields-e-mosaico-imagine/

        https://minutohm.com/2014/06/07/minuto-hm-em-ny-nj-dc-hard-rock-cafe-new-york-times-square/

        O clássico do Pink Floyd não poderia ficar de fora, afinal, trata-se de uma música pertencente ao meu segundo CD adquirido na vida com “vontade própria” – o primeiro foi o Use Your Illusion II do Guns, com sua representante por aqui também.

        Enfim, critérios mínimos, claro que se pararmos para AVALIAR as músicas de um ponto de vista técnico, algumas das que eu tenho mal se justificariam, mas não foi este o intuito, então aí está…

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

        • Valeu Presidente, você captou o espírito da proposta na mosca, e o que marcou as nossas vidas realmente podem não ser as melhores de cada banda, como está demonstrado em praticamente todas as listas, não é mesmo? A minha escolha do Floyd por exemplo, é clássica, mas é infinitamente menos comentado ou conhecida que Time, Money, Another brick in the wall ou Confortably Numb.
          Por isso adorei a sua lista, ela revela um pouco do que somos e ajuda gente a se conhecer melhor…..

          Itamar

          Like

    • Aqui sem contar também …And Justice For All e outras do MetallicA, senão eu não pararia nunca… bom, eu e toda a torcida do Corinthians… aqui ninguém pararia nunca de listar músicas…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  2. Eu sou um fã do pod cast. A oportunidade de estar em contato com todos vocês é fantástico. O Villas e o Kelsei precisam entrar nele também. Que o 1987 ia lamber o Trouble eu não tinaha dúvida
    E lá vamos nós em mais um sensacional TD. Vai ser interessante …….a vontade de me posicionar aqui é enorme mas precisamos aguardar o momento certo. Acredito que desta vez poderemos tentar – eu disse, tentar – adotar critérios mais “técnicos” ou menos emocionais para debatermos os trabalhos………..podíamos arriscar uma escala de critérios de “quesitos” a lá Carlos Imperial como:
    – sonoridade
    – letras
    – peso
    – composições
    – existência de clássicos
    – formação
    – solos
    – arranjos
    – vocais
    – backing
    – efeitos
    – sucesso comercial/vendas (?)
    E por ai vai. Agora que podemos ser mais “binários” acho que foram boas escolhas dos discos …………..na minha opinião estão mais parelhos, dentro de uma proposta bem próxima de objetivo e com menos chances de errarmos nas avaliações.
    Eu so me preocupo por que cada vez eu to batendo na trave em participação………..vai chegando o final de ano e vão começar as demandas “ultra-urgente” por que os prazos vao acabando – pra banco o ano acaba em outrubro por que em novembro já tem freeze e em dezembro é fechamento anual……entao tomara que eu de a sorte de participar do próximo.

    Like

    • Rolf, sua presença mais do que sensacional no ultimo podcast, comendo um hamburguer bem apimentado no shopping center paulista, chamando o garçom atendeeeeeinte de parceiro mano…
      Quanto ao TD …. ê ê ê , quero ver o Rolf lamber…..
      E só para os seus criterios Imperialescos, vou dizer o seguinte, olhei bem eles e não vou levar nenhum em consideração – desculpe. Vou pelo que gosto mais e ponto. As musicas que eu gosto mais – é isso.
      E os criterios abaixo:
      letras, existência de clássicos – ignorarei totalmente – Eu gosto to The Elder, com uma historia boba e sem classicos.
      Formação – Romário, Sávio e Edmundo.. hahahahahaha
      sucesso comercial/vendas – Ai então fu….

      Parabens aos heróis do Podcast, que durou até as 6h com a galera auditiva e perceptivelmente cansada. E ao Daniel, Itamar, JP, Marcus, Claudio, Christian – vocês fizeram falta.

      e as minhas douze, listo ainda hoje…

      Like

    • Rolf, sobre as datas, vamos tentar como de costume agendar com o máximo de antecedência possível. Sei que acaba muitas vezes sendo uma decisão de última hora, dado tudo que surge em nossas vidas, mas pelo menos com os agendamentos, conseguimos “filtrar” o máximo possível…

      Com relação à participação do Marcinho e do Kelsei, seriam mais do que bem-vindos. O Marcio é companheiro de longa data e o Kelsei, que não conheço pessoalmente, se é conhecido seu, logo é conhecido e parceiro meu também. O convite fica mais que reforçado.

      Por fim, sobre os TDs, acho que a galera tem total capacidade de discutir em alto nível baseado nos exemplos de critérios que você deu, e aí se toma uma decisão mais “técnica” e ajuda até a direcionar as discussões… claro que o gosto é uma das variáveis, não tem como tirar isso, até o TMS tinha dificuldade as vezes em separar as coisas (imagine o Eddie Trunk tendo que escolher entre o Strangers In The Night e outro da mesma linha, logicamente o voto estaria dado). Mas concordo contigo que podemos tentar avançar, principalmente quem tiver mais “bagagem” para falar – não deve ser muito meu caso.

      No fim, o voto terá o mesmo peso mas as discussões serão ótimas… e, para isso também acontecer, não podemos deixar para a alta madrugada do podcast, quando já estão todos caindo de sono… hehehe.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

    • Eu não acho nenhum absurdo incluir critérios /ou métricas para diminuir a subjetividade dos TD. Seria dar validade matemática. Alguns dos critérios acima,.no entanto, certamente são mais relevantes para uns do que para outros, assim é difícil chegar em um entendimento acerca do assunto, Se quiserem arriscar, eu topo.
      Imagino, a lá Carlos Imperial, votando em algum dos álbuns : Quesito – Peso : Dez, nota dez !!!!!!
      É por aí, Rolf?
      De qualquer forma, ouvir os comentários sobre os álbuns que são destacados no podcast não tem preço. E acerca deste TD que eu mesmo bolei, não tenho ainda uma opinião totalmente formada, vejam só.

      Até o próximo TD, pelo jeito vai prometer, sem muita lambeção…

      Alexandre

      Like

    • Rolf,
      é louvavel a sua sugestão, afinal, traria maior seriedade as nossas avaliações, só não sei se terei cacife para poder avaliar com tanta qualidade como a exigida por todos os itens citados…..hehehe

      Like

  3. Remote, sem problemas. só acho que ai nao é TD. é conversa de opinião e gosto de cada um. no TD do “That Metal Show” por exemplo – que eu achei que estariamos minimamente nos espelhando neles – havia uma discussão mais “criteriosa” mas ok. Não precisamos usar critério algum e o TMS foi apenas um exemplo. Cada um fala a sua opinião e tudo certo. Quando pudermos fazer uma discussão crítica sem levar em consideração o gosto pessoal de cada, ai a gente rebatiza de TD ou de outra coisa. Esse tipo de conversa vale também. É a conversa do “eu acho”. só achei que seria algo imparcial. só que nao. ok também. vamos fazer um TD de gosto pessoal e sejamos felizes e amigos aqui também. os criterios eram só uma proposta pra balizar a discussão. vamos usar um critério de votação de gosto e ai vira uma votação de preferência. Já contabiliza ai uma abstenção.

    Like

  4. Coloco aqui meu MHM Hit Parade.

    Primeiramente escolhi 12 bandas e somente depois fui pensar nas músicas. As primeiras 5, 6 bandas eram óbvias pra mim e depois tentei encaixar bandas representativas de estilos musicais que se impunham na minha Top 12. Tendi a escolher músicas maiores, pensando em aumentar um pouco minha degustação musical em tão poucas músicas. Lá vai:

    Hallowed Be Thy Name (Iron Maiden)
    Burn (Deep Purple)
    The Sign of The Southern Cross (Black Sabbath)
    Kashmir (Led Zeppelin)
    Xanadu (Rush)
    Master of Puppets (Metallica)
    Dark Side of The Moon (Pink Floyd)
    Couldn’t Stand The Weather (Stevie Ray Vaughan)
    In the Memory Of Elizabeth Reed (Allman Brothers Band)
    Voodoo Child (Slight Return) (Jimi Hendrix)
    Running With The Devil (Van Halen)
    Somebody To Love (Queen)

    As músicas que ficaram de fora… não lembro de todas. Sei que tinham umas 21,22 bandas e a última que eliminei foi AC-DC… Sorry Angus…

    Sugiro a todos os amigos, mesmo os que não participaram do podcast que postem na sequência suas listas.

    Like

    • Ok, xará, músicas adicionadas no playlist.

      Pouco a pouco, conforme a galera for colocando, vou adicionando também as “diferentes”.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

    • Outra lista de músicas fantásticas, tendo um plus de uma única canção a qual desconheço e já vai pra a minha lista de prioridades musicais. Como o dever de casa para o próximo podcast é Allman Brothers, é juntar a fome com a vontade de comer. Incrível não haver coincidências entre a minha lista e a do Schmitt, mas há faixas aqui que ficaram no quase, como Kashmir, Master of Puppets e principalmente Xanadu , que compõe o meu top 3 dos canadenses com a escolhida pelo Flávio e a minha própria.
      E bem, tirar o AC/DC acaba sendo a grande surpresa dessa lista, pelo pouco que conheço do seu gosto musical….

      Alexandre

      Like

      • Só não faço ctrl C do comentário do Alexandre porque é pura sacanagem, mas realmente, genial esta lista do Schmitt, sensacional as presenças de Dark side of the moon e Somebody to love, duas que bateram na trave da minha lista das 50 mais, mas a grande surpresa foi sem dúvida ????? Cadê???
        onde ficou o Angus????
        Parabéns por ter tido a coragem de deixar o Angus de fora, afinal, foram apenas 12 (douuuuuze)…..

        Like

  5. O repertório do Schimitt ta irado

    Like

  6. Como é que eu fico sabendo que vai ter um podcast?! Da última vez eu falei pra mim mesmo que iria entrar em um, mas eu preciso saber quando é que tem e como eu me conecto?!

    Like

    • Olá Kelsei, tudo bem?

      Várias formas…

      – nós sempre agendamos os podcasts com antecedência e um post “convite” sempre é publicado para escolhermos uma data que atenda a maioria. Tentamos fazer em uma sexta começando as 21h00 e sem hora para terminar e os meses normalmente são: fevereiro, maio, agosto e novembro. Este ano teremos mais 2 pois perdemos o de maio;
      – a informação está sempre na agenda de shows e eventos do blog (vale a pena explorar o menu da home page que tem os links da agenda e também um menu dedicado aos podcasts para informação – você verá lá tais posts – e links para downloads dos áudios full e do teaser);
      – redes sociais: sai também no Twitter e Facebook;
      – faltando umas 3 semanas, na home page do blog aparece um “countdown” com a data;
      – último recurso: perguntar, como você fez :-).

      Te esperamos para o próximo!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

      • Kelsei,
        Não deixe de participar do próximo. Como o Podcast não tem regras, basta acertar a “conexão” com o nosso presidente.
        Sugiro também tentar ouvir a tarefa de casa
        Abraços
        Flavio

        Like

  7. Abaixo minha lista das 12+ Minuto HM.
    Deixei em ordem alfabética de grupo e restringi uma música por grupo.

    AC/DC – Back in Black
    Blind Guardian – Mirror Mirror
    Bruce Springsteen – Born to Run
    Deep Purple – Perfect Strangers
    Helloween – Ride the Sky
    Iron Maiden – The Number of the Beast
    Kiss – Detroit Rock City
    Led Zepellin – Stairway to Heaven
    Metallica – Battery
    Pink Floyd – Comfortably Numb
    Rush – Tom Sawyer
    Toto – Africa

    Like

    • Excelente lista.

      Like

    • Faço uma menção honrosa, na lista do Kelsei, à Stairway to Heaven, que muitos podem considerar como um som que se desgastou, mas que na minha lista das canções do Zeppelin estaria pelo menos entre as 5 mais.
      Duas faixas aqui vão para o meu dever de casa: Ride the Sky e Mirror Mirror. Considerando as demais que foram escolhidas ( exceto o Bruce Springsteen, sorry), devem ser jogo ganho…

      Parabéns pela lista e até o próximo podcast, Kelsei.

      Alexandre

      Like

      • Linda lista Kelsei,
        cara!! Muito obrigado por ter incluído Back in Black, Perfect strangers, The number of the beast, Starway to heaven, Comfortably Numb e Tom Sawyer, desculpem-me repetir a todas, mas sem sacanagem, todas elas fazem parte da minha lista as 24 mais e caíram no último corte.
        Menção especial a Africa, gosto muito desta música e marcou muito minha juventude também.
        Valeu mesmo Kelsei pela sua lista!!! Sensacional!!!

        Like

  8. Olá, amigos. Aqui o irmão do Eduardo Schmitt.
    Ainda não tive o prazer de participar dos podcasts, mas tá tive o prazer de dividir o estúdio com alguns dos amigos do site. Essas polls de vocês são uma dificuldade extrema, talvez uma lista de 50 músicas/bandas ficasse mais fácil, but then again… De qualquer forma, segue minha lista pra engordas a playlist, que já está do carajo!

    Jailbreak – AC-DC
    Fou-wheel drive – Bachman-Turner Overdrive
    Back in the USSR – The Beatles
    Fairies wear boots – Black Sabbath
    King contrary man – The Cult
    You’re crazy (acústico) – Guns’n’Roses
    Revelations – Iron Maiden
    Great ball os fire – Jerry Lee Lewis
    Foxy Lady – Jimi Hendrix
    The Four Horsemen – Metallica
    A hora e a vez do cabelo nascer – Os Mutantes
    Pride and joy – Stevie Ray Vaughan

    Menções honrosas (façam o que quiserem com elas kkkkk):
    Stray cat strut – Stray Cats
    Slow and easy – Whitesnake

    Abraços

    Like

    • Olha aí, meu irmão adicionando sua lista. Muito bom!
      Bem interessante. Noto que algumas delas faziam parte de nosso set list quando de nossa banda (nem tão) juvenil.
      Salvo engano é a primeira lista com música brasileira, incluída em lista.
      Agora se eu for incluir minhas menções honrosas na lista, a coisa fica comprida…

      Like

    • Fernando, o lance do ensaio em SP foi muito legal e precisas aparecer (nem que por poucos momentos) num podcast. Sobre sua lista, varios destaques aqui.
      Revelations (IM) é um classico, independente da suspirada (erro) de Dickinson…
      Fairies wear boots é a minha preferida (ou uma das) do Sabbath com Ozzy.
      A hora e a vez do cabelo nascer – isso é uma doideira só – e vai rolar no proximo ensaio RJ….

      Like

    • Muitos clássicos inquestionáveis por aqui. Talvez o inusitado (mas de forma alguma absurda) é a escolha da versão acústica de You’re Crazy do Guns. Do conjunto da obra, apenas o Bachman-Turner Overdrive me é estranho, eu conheço apenas duas músicas do conjunto e essa me passou batida. Vale conferir, obrigado pela indicação. Há duas que estarão no list do ensaio da galera do Minuto Hm no Rio, ambas ótimas : A hora e a vez do cabelo nascer e King contrary man. Do resto é talvez chover no molhado, excelentes escolhas. Apenas faço coro com o Flávio acerca de Fairies wear boots, menos cotada no meio de tantos clássicos do Sabbath e no meu entender no mesmo nível e até melhor que várias do mainstream da banda.
      Fica o convite para aparecer no ensaio de dezembro, se estiver no Rio, e tocar o que quiser. Sua presença foi muito legal na bagunça de São Paulo.

      Alexanere

      Like

      • Mais uma lista memorável, parabéns Fernando pelo repertório.
        Especialmente pelas citações do The Cult, Jerry Lee Lewis, Jimi Hendrix.
        Agora, fora de série e honrosa menção aos Mutantes, obrigado pela companhia….hehehe

        Like

    • Olá Fernando, a família Schmitt é sempre mais que bem-vinda por aqui!

      Destaco o clássico do Jerry Lee Lewis, Revelations, The Four Horsemen (a música “fora” do Kill ‘Em All), Back in the USSR, Fairies Wear Boots e a curiosa versão acústica de You’re Crazy como os grandes destaques… músicas que ninguém aqui ousaria questionar… e quem questionar, é só falar comigo… hahaha.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  9. Meio atrasado, segue a última lista oficialmente divulgada durante o podcast, a minha:

    Antes de tudo, entendo ser impossível elencar apenas DOUZE faixas. Ainda sendo, para aliviar o meu sofrimento, o meu critério foi buscar mais músicas de hard rock e metal e infelizmente deixando bandas eminentemente de outros gêneros, como Beatles, Floyd , Genesis, etc, de fora. Ainda assim bandas como Scorpions,Whitesnake, Deep Purple e AC/DC ficaram de fora, para entender o grau desta dificuldade. Procurei citar uma música de cada banda também e este foi o critério decisivo para eu deixar a faixa Megalomania, do Black Sabbath, de fora, visto que já havia uma outra da banda a qual tive de dar o privilégio.
    Deixei de fora as versões ao vivo também, o que me fez deixar Catch the Rainbow do On Stage ( Rainbow) de fora. Esta certamente estaria na lista, caso eu não tivesse optado por faixas apenas em estúdio.

    No mais, procurei arrumar as faixas como se eu tivesse um disco de vinil nas mãos, com lado A e B, e trazendo as faixas mais clássicas no Lado A e as mais ” Lado B’ , evidentemente, no lado B . Tentei também propor uma arrumação entre as faixas, considerando faixas que entendo melhores para abrir, a sequência entre elas e as que entendo melhor para fechar cada lado. Acabei não considerando a questão de duração para equilibrar os álbuns, mas coincidentemente a diferença entre o Lado A e o B ficou em apenas 15 segundos e um cd com 80 minutos é capaz de conter a coletânea que tive a pretensão de abaixo elencar: o lado A tem 39:50 min e o B 40:05 min.

    As faixas refletem as décadas de minha predileção na música, separei abaixo por ano :

    1 – de 1970
    1 – de 1976
    1 – de 1978
    2 – de 1980
    2 – de 1983
    2 – de 1984
    2 – de 1988
    1 – de 1994

    Segue minha lista, enfim:

    Lado A

    1)Stargazer – Rainbow (álbum Rising-1976) – 8:26
    2)Powerslave – Iron Maiden (álbum Powerlave- 1984) – 7:12
    3)Mr. Crowley – Ozzy Osbourne (álbum Blizzard of Ozz- 1980) – 4:57
    4)Don’t talk to strangers – Dio (álbum Holy Diver- 1983) – 4:53
    5)Since I’ve been loving you – Led Zeppelin (álbum Led Zeppelin III- 1970) – 7:24
    6)Heaven and Hell – Black Sabbath (álbum Heaven and Hell- 1980) – 6:58

    Lado B

    1)Voices – Dream Theater (álbum Awake- 1994) – 9:53
    2)Not for the Innocent – KISS (álbum Lick it Up- 1983) – 4:22
    3)Girl Gone Bad – Van Halen (álbum 1984- 1984) – 4:35
    4)The Trees – Rush (álbum Hemispheres- 1978) – 4:42
    5)To Live is to Die – MetallicA (álbum …And Justice for All-1988) – 9:48
    6)The Mission – Queensrÿche (álbum Operation:Mindcrime – 1988) – 5:45

    Comentários são bem vindos,

    Alexandre

    Like

    • Eu tenho um amigo que diria assim: “isso não é só uma lista, é uma janta!”. Análise de ordem, consideração de anos, adaptação em lados de disco, tempo de música considerado na lista … deixou todo mundo no chinelo aqui.

      Fiquei muito feliz de ver uma faixa do Blizzard of Ozz. Me partiu o coração deixar esse CD de lado na hora do corte. Várias bandas que estavam na minha lista inicial e que fui riscando para caber só doze: Black Sabbath, Ozzy, Van Halen, Queensrÿche, Dream Theater e Rainbow. Dá próxima vez se for sugerido as “200 mais” ficará mais fácil! rs

      Duas considerações que não podem passar batido:

      a) É a segunda lista em que “Voices” aparece! Uma música do Black Sabbath ou do Iron Maiden “bater” entre as listas ok, mas uma mesma música do Dream Theater, aí sim fomos surpreendidos!

      b) “…and justice for all” está na lista! Mencionar uma música do Metallica sem relacionar os primeiros álbuns da banda tem que ter culhão! (considere isso um elogio)

      Like

    • A lista está fantástica, tem B-sides pacas, é claro. Eu queria entender melhora a sequencia, pois se a minha The Great Gig… abre o Lado B (eu sempre achei que era uma musica para abrir um lado, principalmente o B). Voices abrindo o Lado B, tambem não fez muito sentido na minha cabeça.
      Quanto aos destaques positivos: Girl Gone Bad, To Live is to Die (embora não tenha baixo a P…. do And Justice…) e The Mission são perolas.
      Destaque negativo – Not for the innocent como a representante do Kiss foi de doer….
      Remote

      Like

  10. Kelsei, antes de tudo obrigado pelos exagerados elogios. Vindo dos participantes do Minuto HM, é realmente uma honra. Em relação às duas faixas citadas, bem, o lado B é bem lado B, a idéia é essa. Não é à toa o apelido que o Rolf me deu. Mais ainda,em relação a Voices, a explicação da coincidência entre duas listas pode ser mais fácil do que parece. Vamos la:

    -A outra lista é do meu irmão
    -Ambos começamos a ouvir a banda no álbum que contém a faixa, até hoje o que consideramos o melhor.
    -Tem os elementos do DT, sem aqueles exageros mais recentes.
    -Um solo que contempla virtuose e feeling. Na minha opinião, o melhor solo dos anos 90
    -Temos, eu e o Flávio, um projeto powertrio com um batera aqui do Rio, e essa música tem sido sempre escolhida para tocar nos ensaios cada vez mais bissextos que fazemos.

    Acho que é por aí… Ou seja, não é uma coincidência, afinal.

    Saudações

    Alexandre

    Like

  11. Bom dia, blood brothers. Estou pedindo a alguns amigos pra fazer sua lista MHM hot parade. Hoje vou colar abaixo, a lista feita pelo meu primo, Gabriel de Carvalho, que participou do último ensaio MHM em São Paulo. Lá vai:
    1) The Clansman – Iron Maiden
    2) Staiway to Heaven – Led Zeppelin
    3) The Magician – Bruce Dickinson
    4) You Could Be Mine – Guns And Roses
    5) The KKK Took My Baby Away – Ramones
    6) Alive – Pearl Jam
    7) Paranoid – Ozzy Osbourne (versão ao vivo do Live and Loud)
    8) Wild Hearted Sun – The Cult
    9) Love Ain’t Stranger – Whitesnake
    10) Like a Rolling Stone – Rolling Stones (versão do disco “Stripped”)
    11) Pride – U2
    12) Whole Lotta Shaking Goin’ On – Jerry Lee Lewis

    Like

    • Seu primo Gabriel é um fanfarrão! Ele quis te zoar passando uma música do Virtual XI para representar o Maiden e você nem percebeu! (Brincadeira! Mas não dava pra deixar passar batido!)

      Like

      • Realmente não dava.

        Like

      • Aqui vou concordar com o Kelsei… na playlist, coloquei a original porque sou um cara do bem, mas quase coloquei uma versão com o Bruce cantando, tipo a do Rock in Rio 3 (2001).

        E colocar U2 mostra o meu poder de concentração no trabalho que tenho que é organizar essa parada toda aqui… hahahaha…

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

      • Nessa postagem eu estava atuando como representante do meu primo. Não me cabia comentar. Mas o faço agora.
        Gostei muito da inclusão de Stairway to Heaven, clássico estilo “mão no peito” . Esperava dele a incliusão de músicas do Guns and Roses e do Bruce Dickinson, que merecem lugar nesta lista.
        Curiosa a escolha de Paranoid na versão ao vivio e solo de Ozzy. Seria heresia ao Deus Iommi? Eu não teria esta coragem…
        Surpresas agradáveis as presenças de The Cult e Whitesnake, que no meu ver, merecem lugar em alguma lista Top 12 sim senhor. Jerry Lee Lewis vale muito tb.
        Agora, Iron com Blaze Bailey é difícil de engolir… ops.. só um minuto… cof cof… não deu. Cuspi fora, hehehe
        Por fim, surpresa foi (até o momento) a falta de comentários sobre escolha de músicas do Stones, Ramones e U2… Meu primo não sabe o perigo que corre!

        Like

  12. Olá Galera!
    Lamento a demora em aparecer e mais ainda a minha ausência no podcast, mas estou adorando as listas, creio que todos atingiram em cheio a proposta sugerida, afinal, ninguém seguiu nenhum script pré-determinado para montar a sua play list,e a ideia era exatamente esta, sendo que a única regra estabelecida foi que deveriam ser 12 (douuuuuze) músicas ( ou hinos se preferirem ), tendo como único parâmetro o velho e bom vinil onde cabiam com um pouco de boa vontade 12 (douuuuuze) canções.
    Aí Presidente, acredito que ao final desta seleção (ou brincadeira, como preferirem) deveremos ter a play list do MHM, a propósito, a lista do MHM não precisa ter somente 12 (douuuuuze) músicas, na minha modesta opinião, poderia ter a quantidade de músicas que forem citadas em todas as play lists aqui mencionadas, assim a gente foge deste estigma do 12 (douuuuuze)…..rsrsrsrs….o que acham???
    Fantástica a manifestação de todos sobre como cada um construiu sua play list, apesar de ter proposto a brincadeira, também sofri horrores para efetuar alguns muitos cortes….hehehe…..várias das músicas citadas fizeram parte das minhas duas primeiras listas, isso mesmo, duas. Primeiro fiz uma lista das preferidas, que deu umas 60 músicas brincando, depois fiz um primeiro corte que reduziu a lista para 24, até a derradeira escolha das 12 (douuuuuze)……aja……affff
    Agoar chega de embromação aí vão as minhas (douuuuuze), para curtição (ou críticas…..hehehe) fiquem a vontade!!!
    Cadê!!!! a minha lista sumiu……espera aí galera!!!
    Estou procurando e já já vou publica-la!!!

    Like

  13. Ufa!!!! que susto…….mmmeeeeeuuuu!!! depois de todo o trabalho…..rsrsrs…..guardei a 7 chaves que nem eu estava conseguindo achar…..hehehehe……sem mais delongas…..

    Lado A Lado B
    1. The great gig in the sky Pink Floyd 1. Rosa de hiroshima Secos e Molhados
    2. Bohemian rhapsody Queen 2. Balada do louco Os Mutantes
    3. Space Odity David Bowie 3. Maluco beleza Raul Seixas
    4. Change Black Sabbath 4. Construção Chico Buarque
    5. 48 crash Suzy 4 5. Roda viva Chico Buarque
    6. Flyght of Icaro Iron Maiden 6. Tente outra vez Raul Seixas

    Cada um criou e adotou alguns critérios, respeitosamente, gostei de todos, e lamentei não ter adotado alguns dos critérios mencionados, mas a minha mais sincera congratulação ao B-Side, formidável.
    Acredito que os meus critérios acima estão bem evidentes, são as canções que marcaram algum momento especial da minha vida, e por isso, são extremamente marcantes para mim, como defensor da música brasileira, não poderia deixar de dedicar um lado para o lado nacional, apesar de ter tornado a tarefa do Lado A ainda mais ingrata para mim (apesar de não poder reclamar….hehehe…a opção foi minha).
    Minhas desculpas Presidente, sei que fugi do padrão MHM, mas aceitarei as devidas punições conforme está previsto nas regras do Manual do PodCast página 666, parágrafo 6, item 6, linha 6.

    Like

    • Desta lista:
      Eu preciso conhecer 48 crash Suzy 4.
      Não sou fã de Changes (BS) mas entendo totalmente a escolha.
      Flight Of Icarus é um clássico e do melhor do IM – Mão no peito total
      The Great Gig apareceu na minha também – excelente.
      E as brasileiras – gostei de várias, aliás gostei de todas e destaco o Chico Buarque com duas perolas.

      Like

    • Itamar, te perdoo pelas escolhas brasileiras fora do “padrão MHM”, se é que existe isso, hehehe. Claro que são faixas que devem ser totalmente respeitadas, mas realmente, fogem ao estilo do pedaço aqui.

      Flight of Icarus é mão no peito, aqui concordo com o Remote, e nem poderia deixar de ser assim.

      Gostei muito do Lado A, claro, e entendo perfeitamente o significado para você do Lado B, assim que está tudo certo!!!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

      • Ainda bem que você me perdoou Presidente, afinal fui condenado pelo teu Xará pela proposta….hehehe
        e já, estava preocupado sobre o que eu iria fazer nas próximas edições de Pocast…..rsrsrs

        Like

    • Eu achei muito legal o lado das músicas brasileiras, com lembranças aos Secos & Molhados, Mutantes e duas obras-primas de Chico Buarque, além da esperada participação (dupla) do Raul. Deste, senti falta da minha preferida, Ouro de tolo.
      O lado A traz inegáveis clássicos, além de entregar a sua predileção entre os melhores para Bowie. Ao contrário do Flávio, eu gosto muito da faixa lenta do Sabbath que aqui está .

      Vamos aguardando e comentando as outras listas, nesse momento espero o Rolf degolar mais uma pra comentar.

      Alexandre

      Like

      • Obrigado B-Side, após estas considerações não tenho mais com que me preocupar com minhas escolhas……rsrsrs…..a música brasileira está no sangue….hehehe
        PS. Foi muito dificil deixar Ouro de Tolo de fora, é que se ficassem 3 do Raul, poderia ficar a suspeita de algum favorecimento ou predileção em relação ao artista.

        Like

  14. Reapareci aqui na Madruga
    Nossa quanta coisa maneira o irmão do Schimitt o Kelsei a lista do Itamar os comentários do Remote e do B Side
    Irado demais

    Like

  15. Pessoal, quero dizer que estou lendo e dentro do possível me matando aqui para começar a colocar todas as músicas de vocês na playlist respectiva no nosso canal do YouTube, que está adicionada neste post.

    De tempos em tempos, confiram as atualizações e, além disso, a coloquem aí como favorita para curtir no carro, em casa, pois a coisa vai ficar muito boa…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  16. Ta já ouvindo um pouco do playlist e fiquei pasmo com a qualidade de escolha. Não resisti eu fui ouvir algumas “minhas”.
    Ao ver Diary Of Madman numa Guitar Cover Version – é de chorar o que o Randy fazia … Tive certeza da escolha.
    E no (and in the end…), o Presidente bota um a versão do Paul Mcartney da minha última (e controversa) música – aí chorei mesmo..
    Vlw Edu.

    Like

  17. I – Black Sabbath
    Spirit of the radio – Rush
    Hell is home to me – Judas Priest
    Cult of Personality – Living Colour
    Somebody Give me a Doctor – Van Halen
    Fits Like a Glove – Kiss
    Aces Hight – Maiden
    Invisible – Dio
    River song – David Coverdale
    Too high the get is right – Accept
    Crusader – Saxon
    When Death Calls – Black Sabbath
    You don’t Remember – Yngwie Malmeesten
    Territory – Sepultura

    fingindo que nao sabe que subiram 14

    Like

  18. Deixe a lista mais suave e tire as duas do Black Sabbath……hehehe….e durma tranquilo…….

    Like

  19. Uma é Territory, ele já informou. Qual é a outra, Obi One?
    By the way, excelente lista, e mais uma do Lick it Up para os charts.

    Alexandre

    Like

Trackbacks

  1. Convite duplo – conferências para gravações do 25º e 26º podcasts do Minuto HM – Minuto HM
  2. 25º Podcast Minuto HM – 07/outubro/2016 – Minuto HM
  3. 26º Podcast Minuto HM – 16/dezembro/2016 – Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: