14º Podcast Minuto HM – 08/novembro/2013

“Este podcast está sold out“.

Foi assim que o Rolf definiu esta edição do podcast, a última de 2013, que quebrou 2 recordes: o de número de participantes, com direito a 2 estreantes, ambos de Curitiba (Abilio e Claudio). E adivinhem qual foi o outro recorde quebrado?

Acertou quem pensou o óbvio: o de duração: mesmo começando mais tarde, foram OITO HORAS e QUARENTA E SETE MINUTOS HM de papo – e a coisa só acabou pois os 4 heróis que chegaram ao final (gêmeos, Schmitt e eu) estávamos totalmente esgotados. Da minha parte, uma hora que fui até a cozinha, acabei ligando a luz, achando que estava, na verdade, desligando-a… sim, já era dia…

Há de se destacar as estreias que tanto acrescentaram às discussões: Abilio e Claudio FINALMENTE participaram do nosso papo. Fico muito feliz em ver mais um reencontro de décadas sendo feito, graças ao blog, entre Claudio, os gêmeos e o Rolf, e também pela presença do Abilio, que aproveitou para tocar várias coisas na guitarra para nós e explicar detalhadamente como surgiu a nossa primeira música-tema! Também deve ser destacado o retorno do J.P.!

Assim, chegamos à casa da dezena com os seguintes participantes:

  • Eduardo [dutecnic] como host;
  • Flavio Remote;
  • Alexandre B-Side;
  • Rolf;
  • Abilio;
  • Claudio;
  • J.P.;
  • Marcus Batera;
  • Daniel e
  • Eduardo Schmitt.

Talvez o assunto que mais levantou boas discussões neste encontro tenha sido uma questão levantada pelo Claudio sobre o uso de teclados para “preenchimento” – os desdobramentos foram muitos e a enxurrada de conhecimento destes mestres foi ótima. E os vinis do Remote… ah, os vinis, que ainda deverão aparecer em post(s) por aqui! E mais:

A capa do Vinil Holandês

A capa do Vinil Holandês

Como de costume, o podcast pode ser ouvido (por streaming) e/ou “baixado” no 4shared aqui (483 MB). Para fazer o download em formato MP3 para seu computador, clique no botão “Download Now” – o arquivo virá com a tag já devidamente formatada para seu MP3 player.

Vale destacar ainda o já tradicional e excelente trabalho do B-Side com o teaser da edição anterior, que pode ser escutado / baixado aqui (9,1 MB) ou pelo iTunes.

Quanto à lição de casa para o 15º Podcast, que deverá ser realizado em fevereiro/2014, as sugestões foram:

  • Abilio Abreu – Open Windows To Nothingness – sugestão do próprio;
  • Bad Company – Bad Company – sugestão do Eduardo Schmitt;
  • The Beach Boys – Pet Sounds – sugestão do Remote e
  • Avenged Sevenfold – Hail To The King – sugestão do B-Side.

Obs.: os álbuns acima, assim como todas as versões da nossa música-tema, já estão em playlists na nossa Rádio Minuto HM, podendo ser apreciados do seu computador ou do seu dispositivo mobile.

O espaço, como sempre, está aberto para os comentários! Obrigado a todos por esta sensacional edição e até 2014…

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: AC/DC, Aerosmith, Agenda do Patrãozinho, Alice in Chains, Artistas, Avenged Sevenfold, Backstage, Bandas Independentes, Black Sabbath, Blaze Bayley, Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, Def Leppard, DIO, Discografias, Dream Theater, Entrevistas, Exodus, Ghost, Guns N' Roses, Instrumentos, Iron Maiden, Kiss, Led Zeppelin, Manowar, Marillion, Mötley Crüe, Músicas, Megadeth, MetallicA, Minuto HM, Motörhead, Off-topic / Misc, Pantera, Pink Floyd, Podcasts, Queensrÿche, Resenhas, Rolling Stones, Rush, Sepultura, The Beatles, Trilhas Sonoras, Van Halen, Whitesnake, Yes

30 replies

  1. Pessoal,
    Muito bom ter participado desse podcast, principalmente por ter revisto the old friends e ter conhecido pessoalmente novos amigos. Pena q a luz caiu geral. Espero conseguir participar mais das publicações e dos próximos bate papos. Alto nível as discussões. Achava que tinha mais participações. Abraço. Claudio

    Like

    • Claudio, paremos para pensar um pouco como este blog é importante para estas reconexões que estão rolando! A vida, por mais que afaste as pessoas por conta de tantas e tantas variações e incógnitas do destino, também nos presenteia quando queremos e conseguimos, em um espaço comum, nos reunirmos.

      O Minuto HM acaba sendo um grande facilitador para este processo, pois possibilita, mesmo à distância, que nos organizemos para isso. E, melhor ainda, nos possibilita encontro reais, ainda mais importantes quando acontecem!

      Obrigado pela sua primeira participação nos podcasts, que foi ótima e muito acrescentou, e até o próximo!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

    • Muito interessante tua participação no podcast, Claudio. Gostei muito da tua coragem em criticar os tecladinhos na música pesada. Minha opinião sobre o assunto é próxima a tua. Uma pena que tivemos pouco tempo no podcast para poder discutir melhor isto.

      Like

  2. Realmente foi uma ótima madrugada, na qual tive o imenso prazer de conhecer “vocalmente” os grandes mestres que povoam os posts do blog!

    Também foi muito legal o lançamento do “Minuto HM Theme” + Musical Stamps, pois acabou sendo minha estreia “ao vivo online”, no momento em que toquei para todos a música, no intuito de comemoramos este lançamento!

    E a conversa atingiu níveis inimagináveis, com a controvérsia dos teclados, sendo que ao meu ver um dos pontos altos da noite foi provocado pelo Daniel Jr., que, com seus poderes persuasivos inquisitórios, conseguiu fazer com que pronunciássemos heresias sobre o MetallicA, é claro que sob total protesto dos participantes…

    Mas, no final, o que vale mesmo é a celebração dessa nossa amizade através do Rock n’ Roll!

    Que chegue logo Fevereiro!

    Abraços,

    Abilio

    Like

    • Abilio, o que disse ao Claudio serve também para você. Eu confesso que não imaginava que vocês 2 “retornariam” de forma tão presente ao blog e, claro, isso me deixa muito feliz. E, claro, colocar uma “voz” tanto para você, quanto para o Claudio, após tantos e tantos anos…

      Valeu pelas “live presentations” do debut da música-tema e quem sabe em uma próxima não tenhamos uma verdadeira banda tocando?

      E sobre o Daniel, é assim mesmo… só ele para fazer a gente achar as músicas “menos estrondosamente excepcionais” do …And Justice For All… hahahaha…

      Até o próximo podcast!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  3. SIm, mais uma pérola : A categoria : Estrondosamente Excepcional.
    Impagável mesmo…

    Em relação ao podcast, agradeço à todos pela generosa troca de idéias e quanto me acrescentaram a nível de informações.

    Excelente a vinheta que o Abílio trouxe e que completa mais uma lacuna que estava pendente. Eu não vejo pessoa melhor para fazer com tanto brilhantismo a vinheta, que ficou realmente a ” cara ” do blog.

    Queria saudar o Cláudio pelo reaparecimento, e que bom ter podido matar as saudades desta amizade de adolescência . A distância hoje é maior, e esse é mais um mérito do Minuto HM, de estar podendo encurtar o caminho. O depoimento histórico sobre o show do MetallicA em 89 foi de estarrecer e mesmo para mim que já sabia de alguma coisa, sensacional!

    Aos companheiros de sempre, ( já posso acrescentar neste pacote os amigos Schmidt e JP) um muito obrigado e que estejamos todos reunidos aqui em fevereiro.

    Por fim, peço que considerem alguma mancada na parte ” DJ” que me coube neste podcast. Que bom que foi só uma questão pontual, teremos a competência do Eduardo de volta no próximo.

    Saudações e até fevereiro!

    Alexandre Bside

    Like

    • Começando pelo fim, me pareceu muito bem feita tua participação como “disc jockey”. É uma função importante para o desenrolar das discussões e cumpriste a missão com louvor.

      Outro ponto alto do podcast foi contada pelo Daniel, descrevendo o que ocorreu durante o show do Sabbath. Foi bastante tocante mesmo. Ainda serviu para eu reviver as emoções que senti durante os shows do Sabbath. Creio que ocorreu o mesmo com todos, não é mesmo?

      Quanto a esta nova classificação: a menos estrondosamente excepcional, foi dura. dos 4 primeiros álbuns de Mettalica? do Moving Pictures, do Machine Head… sacanagem do Daniel…

      Por fim, creio que quem atravessa uma (várias) madrugada (s) conversando sobre música atinge um grau de amizade bastante significativo. Fiquei feliz de ter encontrado os gêmeos e meu xará líder do MHM no Rock in Rio e novamente Eduardo e Rolf no show do BS em São Paulo. Gostaria de ter comentado este fato no podcast, mas faltou tempo…

      Ficamos na contagem regressiva para o próximo podcast em fevereiro.

      Like

      • Pois é Schmitt, pra quem não estava lá pode parecer loucura, mas apesar das quase 9 horas de papo, faltou tempo mesmo pra gente colocar todos os assuntos na pauta!

        Tenho ouvido (rindo sem parar) aos poucos o mp3 do podcast, e já imagino a dificuldade que será para o Bside fazer o teaser, são pérolas após pérolas…

        E também notei uma coisa, se Alexandre é o “Bside”, eu sou o “BonusDisc”… hahahaha

        Abraços,

        Abilio

        Like

    • B-Side, queria deixar registrado um agradecimento mais que especial ao seu compromentimento / preocupação em ajudar com a questão do DJ… saiba que tudo foi perfeito e que, inclusive, o áudio ficou melhor que o que eu faço, pois o computador que uso para por o som não é bom, e acaba ficando as vezes com som baixo, etc.

      Valeu mesmo.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  4. Post deste podcast publicado no Whiplash: http://whiplash.net/materias/news_821/192229.html

    Vamos ver se conseguimos mais gente corajosa em nos ouvir… 🙂

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  5. Primeiramente gostaria de agradecer ao Eduardo “The Boss” e a todos que estiveram presentes pela oportunidade de participar de mais um Podcast. Infelizmente, desta vez minha conexão estava muito ruim, conseguia entender 60% de tudo que era dito, 30% eu deduzia e 10% não tinha a mínima ideia do que se tratava. Mas, mesmo assim foi extremamente gratificante!!! Porem o maior problema foi mesmo trabalhar no sábado, pois havia feito um compromisso bem cedo, então foi um dia bastante duro, afinal fiquei ate as 3:00hs, depois tomar banho e tentar dormir após todo turbilhão de assuntos discutidos… acho que foi no máximo um cochilo de 1 hora. Mas valeu a pena.
    Mais uma vez obrigado a todos pelos bons momentos de distração e principalmente por me fazerem lembrar como LIMELIGHT e’ linda!!!
    Apenas para citar e encerrar gostaria de pegar emprestada uma frase do grande Alexandre: “foi um grande privilegio poder compartilhar esses momentos com todos vocês !!!”

    Like

    • J.P., nós que agradecemos sua sempre importante presença, sentida na oportunidade passada. Seus aportes são sempre um grande destaque do papo, dado o vasto conhecimento…

      Sobre a dureza do dia seguinte, pense que podia ser pior: a gente podia ter feito o podcast em uma segunda-feira, imagina o resto da semana, hahahaha.

      Muito obrigado novamente, em nome de todos, e até fevereiro (para o podcast, pois esperamos contar sempre com você nos posts, comentários e tudo mais).

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  6. J.P., é sempre um privilégio trocar idéias e aprender com verdadeiras enciclopédias como você. Aqui eu só aprendo, acredite…

    Alexandre

    Like

  7. Eu achei que esse foi o melhor dos podcasts, ultrapassando os ótimos anteriores. A presença do Claudio com a sua controvérsia sobre teclados foi sensacional. As tradicionais chamadas de TexPix do Daniel, A estreia também do Abilio, literalmente performing live, a enciclopédia JP, sempre um fera, Marcus com as listas das menos estrondosamente espetaculares, Rolf e o mais bem sucedido amputado Roberto Carlos, sempre é incrível a capacidade de nos surpreender com as tiradas e os herois da resistencia, os dois mestres Eduardo e meu irmão, que cambaleamos até o final, neste novo recorde histórico de duração.
    Já estou com o metade do dever de casa por aqui e já estou ouvindo-os. Já prevejo bons frutos nesta que a única coisa definida do Podcast, as avaliações dos discos. O Pet Sounds e o Primeiro Bad Company prometem. Os outros vou adquirir em seguida. Aliás já adquiri também a sugestão dos Eduardos – continuo tentando com as pedras rolantes e sua brincadeira com os Beatles em Let it bleed.
    Vamo que vamo e até o proximo, já ansiosamente esperado.
    Abraços
    Flavio

    Like

    • Remote, é muito legal que, mesmo a gente já tendo feito 13 podcasts antes (fora tantos e tantos outros papos), sempre dá essa sensação de que estamos nos superando cada vez mais. As presenças do Abilio e Claudio realmente incrementaram, e muito, não somente as discussões, mas como o papo em geral e, claro, a diversão.

      N~qao imagino um podcast sem o Rolf trazer uma nova pérola… ele é o maior criador que conheço… mas o “menos estrondosamente espetaculares” do Marcus foi igualmente sensacional!

      Sobre os discos, espero que goste do Let It Bleed… para quem não ouviu o final do podcast, este foi uma “indicação extra” que os Eduardos fizeram…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

      • Já dei uma ouvida em 3 dos indicados (incluindo o extra para mim RS Let it bleed). Primeiras impressoes: 1 achei bem estranho, daqueles que precisam várias audições, outro é melhor do que esperado, mas não me convenceu ainda, e a indicação do seu xará é uma grata surpresa, se bem que eu tinha anunciado algo como indicativo de que iria gostar, mesmo sem conhecer nada, era uma suspeita – e parece que vai confirmar.
        AInda tem mais dois, que ainda não adquiri..

        Like

  8. Se tempo é dinheiro, o podcast do Minuto HM é auto-sustentável, exclamação!

    Like

  9. Faculdade Minuto HM. Tive uma ideia. Mais informações em breve.

    Like

  10. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  11. Como falamos do show do MetallicA pelo Brasil em 1989, especialmente o do Rio, vou deixar mais um presente por aqui: o show em São Paulo!

    Agradecimentos ao Glaysson pela indicação do vídeo.

    Que banda… que show…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

Trackbacks

  1. Resultados Polls # 81 e 82: Black Sabbath “13″ e “Live… Gathered in Their Masses”, os melhores de 2013 « Minuto HM
  2. Discografia Rush – Parte 3 – álbum: Caress of Steel – 1975 « Minuto HM
  3. Convite – conferência para gravação do 15º podcast do Minuto HM – fevereiro/2014 « Minuto HM
  4. 15º Podcast Minuto HM – 21/fevereiro/2014 « Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: