Cobertura Minuto HM – Download Festival Paris 2016 – Iron Maiden, Ghost, Anthrax – parte 1: será?

Salut! Comment ça va?

Começar esta cobertura me lembra muito começar a do Van Halen, que já está completando 1 ano… são muitos incertezas…

Incertezas tanto pelo lado pessoal quanto pelo lado da natureza: pelo lado pessoal, são tentativas de embarque à Paris com passagens do tipo “stand by”, ou seja, não confirmadas, embarcando se houver disponibilidade. Tenho 3 tentativas: hoje, amanhã e quarta. Saindo na quinta, dado o fuso horário de 5 horas de diferença para Brasília, já seria extremamente arriscado perder até mesmo o início do Maiden, que está agendado as 20h35, ou seja, nesta época, com luz do dia, já que o pôr do sol deste dia será as 21h53!

A segunda incerteza é justamente pelas condições climáticas. São Pedro vem “caprichando” na França, Bélgica e (ainda mais na) Alemanha. Como muitos devem ter vistos, Paris, por exemplo, recebeu chuvas que levaram o Rio Sena a níveis não vistos há 3 décadas e meia praticamente. Museus foram fechados, inclusive o Louvre, o mais importante do mundo. Na Alemanha, o Rock Am Ring 2016 foi cancelado após 80 pessoas sofrerem acidentes pelas condições climáticas.

As coisas vão, entretanto, se restabelecendo nesta semana com a previsão atual. O Louvre, por exemplo, reabre nesta quarta. A água começa a baixar. Há previsão de chuva para terça e quarta, mas chuvas, digamos, “normais”. Elas voltariam a partir de sábado novamente e entrariam na próxima semana. Para o Download 2016, que começa nesta sexta-feira, dia 10, é um risco para as duas datas no final de semana. Mas, realmente, para o dia do show, neste momento, há 0% de chance de chuva – aliás, é o ~único~ dia que está assim nos próximos 10. Será mesmo?

Engraçado foi como surgiu tudo: tendo a possibilidade do embarque, dei uma checada no SongKick para Paris. Aí vi um show do Paul McCartney em 30/maio/2016. Quase parei ali mesmo para tentar começar uma logística. Ao continuar checando, achei o Iron Maiden. Claro, o festival! Como não seria possível ficar tanto tempo (chegar pelo menos para 29/maio/2016 e sair pelo menos 11/junho/2016), era tentar “escolher” algo que não se escolhe, pelo menos para mim…

Como não conseguiria mesmo escolher entre os 2, a decisão ficou por outras variáveis de viagem, voos, valores e logística em geral, sendo que o Download “venceu” por fatores externos ao gosto musical, hehehe. Então foi feita a compra do ingresso com um seguro (que custou EUR 5,00), ou seja, a qualquer momento posso cancelar e não perder o dinheiro (até o hotel tem cancelamento grátis). O mais impressionante é que eles entregam os ingressos físicos, e não virtuais, para o mundo todo. Peguei logo a edição laminada, mais bonita. Comprei em uma quinta a noite (já sexta na Europa) e tudo chegou na segunda-feira da outra semana. Coisa de primeiro mundo.

Mas falemos sobre o festival:

dwdfr2016_poster_website_en_0

A edição Paris do Download 2016 contará com 3 palcos montados no Hipódromo Longchamp, já fora do centro da cidade. O festival é “car free”, ou seja, não é acessível para as pessoas por carro. Haverá serviços de transfer gratuito para o festival e de volta à cidade aos que não ficarão lá para acampar.

Como de costume, a organização separou / espalhou os nomes pelos 3 dias a fim de trazer a quantidade máxima de pessoas para as 3 datas. Os portões se abrirão as 15h00 com último show da noite previsto para 23h30 no primeiro dia do festival. O festival não tem restrições de idade: pessoas com menos de 16 anos devem vir acompanhadas de um adulto e caso alguém queira trazer uma criança com menos de 10 anos, existe uma clara recomendação disso não ser feito, mas é permitido.

Os horários dos shows que “interessam” neste primeiro dia são:

  • Anthrax: 19h30 – 20h20 (Stage 2)
  • Iron Maiden: 20h35 – 22h35 (Main Stage)
  • Ghost: 22h30 – 23h30 (Stage 2)

Ou seja: é tentar ver boa parte do Anthrax e perder a metade inicial do Ghost…

Agora é torcer pelas variáveis finais: voo e tempo. O voo já está bastante complicado, já que a disponibilidade de hoje depende basicamente de pessoas perdendo o voo. Mas vamos ver… e o tempo anda variando bastante, tem hora que chove, tem hora que não chove… enfim…

Essa cobertura pode parar nesta parte mesmo com atualização de comentários. Espero que não…

À bientôt.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:Agenda do Patrãozinho, Anthrax, Artistas, Cada show é um show..., Ghost, Iron Maiden, Off-topic / Misc

5 respostas

  1. Excelente meu amigo
    Nos traga tudo por ai
    So em saber que tudo deu certo pro embarque eu fico muito feliz

    Curtir

  2. Bons shows meu caro !! Ir para esses festivais europeus é fantástico ! Já tive a oportunidade no Hell Fest e Sonisphere 2014… o maior desafio para mim foi a volta para o hotel, pois não fiquei em acampamento e a organização falhou no transporte de volta, lembrando que esses eventos ocorrem em locais afastados das grandes cidades….. horas em filas na noite gelada europeia….

    Enfim, aguardando suas postagens …

    Curtir

    • Armando, muito obrigado e dos 3 dias do festival por aqui, eu só fui no primeiro, que foi sexta. Hoje em Paris é o último dia e na Inglaterra o Iron Maiden toca justamente hoje novamente no mesmo festival, edição original.

      Sobre estas questões de logísticas, será justamente isso que trarei na parte 3 desta cobertura, deixando uma quarta e última para falar mais dos shows.

      Obrigado por acompanhar e comentar.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: