Cobertura Minuto HM: Glenn Hughes em SP – 18/set/2016 – Carioca Club – Live Blogging e resenha

Há um público bom na casa. Mais gente que o Malmsteen. São 20h30 e no som do Carioca Club só funky pesado com muito baixo slap rolando.

Há um stand com merchandise a venda. Há tempos não via isso nos shows aqui. 

O show começou às 20:35. Não há o mesmo jogo de luzes que vi nos shows do Accept e Malmsteen aqui. O som está excelente.
  
  

  

Entusiasmado, Glenn Hughes mostrou energia e humildade em sua apresentação em São Paulo entregando aos fãs um show muito bem executado e competente. Embora tenha sido o show mais simples do ponto de vista de produção de palco comparado aos shows do Accept e do Malmsteen neste mesmo lugar, onde haviam excelentes jogos de luzes cobrindo e abrilhantando a apresentação, no do GH havia apenas um modesto jogo de luzes com poucos amplificadores no palco.

Depois de ver esse show eu pensei com os meus botões por que não tinha ido buscar a obra desse cara antes. É um artista completo: canta, toca, performa e se comunica muito bem. O show foi ótimo e agora busco a história dele no Trapeze, banda a qual eu não conheço quase nada.

O equilíbrio entre o groove e o peso foram perfeitos e seu virtuosismo no baixo é de impressionar. Já a voz é algo extraordinário. Como pode chegar nessa idade, nesse ponto da carreira e estar nessa forma?

Glenn Hughes comentou sobre a indicação do Deep Purple ao evento Rock And Roll Of Fame. Pediu aplausos efusivos quando mencionou Jon Lord e Tommy Bolin. Dois excepcionais músicos que se foram e que engrossam a jam session do céu. O músico ainda agradeceu muito o público em São Paulo diversas vezes pelo apoio em sua carreira ao longo dos anos.

Glenn Hughes informou que seu novo trabalho será lançado em 04/nov/2016 e a expectativa é grande.

<div style=”text-align: center;” class=”setlistImage”>Glenn Hughes Setlist Carioca Club, São Paulo, Brazil 2016, 2016 World Tour

Grande abraço a todos

Rolf Henrique

RolfDio

Edição: Eduardo.



Categories: Agenda do Patrãozinho, Artistas, Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, Músicas, Resenhas, Setlists

17 replies

  1. Esse eu não consegui ver desta vez, mas tenho certeza que foi um bom show!
    Tive o privilégio de ver o Glenn Hughes no Monsters of Rock de 1998 e gostei!
    Cara importantíssimo para o rock!

    Like

  2. Eu também estava lá, Flávio Leonel, e foi impressionante ouvir a potência vocal do Sr Hughes tão de perto, pois o show foi cedo, ainda sem a lotação plena. Boas lembranças daquele momento, aliás do festival todo..
    Rolf, cade o resto ?

    Alexandre

    Like

  3. Rolf, ainda estou me acostumando – e muito feliz, diga-se de passagem – com você postando ao vivo aqui, ainda mais porque a sequência de shows está excelente e você capturou a essência que é registrar estes momentos únicos. E sei que esta semana tem mais!!

    Bom, excelente a primeira parte e me junto ao coro do B-Side – aguardamos pela segunda parte e especialmente em saber como está a voz do lendário Hughes. Já mandei este post a ele informando que vem mais, então olhe a responsabilidade…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  4. Eu lamento muito ter dado pouquíssima atenção a este senhor de 64 anos, cujo o talento é absurdo. O que eu conhecia de GH estava limitado às histórias fora do palco. Recentemente o vi em um dvd junto com o BCC (Black Country Comunion) e o queixo caía com a desenvoltura de um ex-junkie em uma SUPER banda, que certamente os egos não propiciaram a continuidade do projeto.

    Para quem não ouviu o single do seu próximo trabalho, veja que beleza de canção e como o som poderoso ainda não “largou” uma das maiores lendas do rock:

    Daniel

    Like

  5. É o Chad Smith do Red Hot Chili Peppers na bateria

    Like

  6. Amigos complementei o post
    Vou negociar com o nosso presidente a subida de vídeos em que Mr. GH fala com o público e demonstra uma gratidão ao seu público única
    Obrigado a todos pelos comentários

    Rolim obrigado a você pela paciência em me adestrar aqui nessa prazeroso tarefa de dividir essas experiências com todos aqui

    Flávio Rangel obrigado por nos dar a honra de ter o Roquereverso aqui conosco

    B Side espero que você goste do final do post

    Like

  7. Obrigado Rolim
    Essa semana foi sem igual
    Amanhã tem Tim Ripper

    Like

  8. Show do Hughes é satisfação garantida. O cara é um mágico com sua voz. Pra quem, como eu, já leu a biografia dele, é praticamente inacreditável que ele tenha sobrevivido, ainda mais neste “shape”. A humildade dele, creio eu, advém do reconhecimento pessoal que ele já poderia, faz muito, ter se juntado a grande jam celeste. E, assim, cada dia deve ser vivido com reverência.
    Sobre o show: Rolf, o set não foi um tanto curto? quanto tempo durou a apresentação?

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: