MetallicA – encontro com o roadie de Lars Ulrich em Buenos Aires (WorldWired Tour)

Estou hospedado aqui em Buenos Aires e há uma grande movimentação aonde estou devido ao Lollapalooza daqui.

Vi esse cidadão totalmente paramentado como roadie crew e vi que ele havia dado um par de baquetas para o americano que estava com ele.

Me aproximei e ele estava ocupado no celular, mas foi bem gentil. Perguntou se eu iria ao show da Argentina e comentou que eles estavam indo depois ao Chile.

Me deu duas palhetas muito iradas. São do novo disco e são extraordinárias. Se juntarão a outras coisas na minha estante com certeza.


Grande abraço a todos.

RolfDio e Eduardo.



Categories: Cada show é um show..., Curiosidades, MetallicA

8 replies

  1. Bacana Rolf! Não é todo dia que estas coincidências acontecem. Pena não ter rolado um papo mais demorado. Numa dessa você poderia ter dito que era batera também, já rolava uma amizade e o cara te convidava para o Back stage. Viagei heim!!!
    Mas pelo menos ganhou as paletas!!
    Valeu!
    Claudio

    Like

  2. Muito legal! Que bom que o cara foi simpático. Em 2015 eu cheguei de viagem na madrugada de sábado, no fim de semana do Monsters. Na saída para a imigração e bagagem estava o Manowar todo, além de uma dúzia de roadies. Não me aproximei, não estavam com cara de muitos amigos – mas também, como poderia ser diferente após tantas horas de viagem? Sem falar que dificilmente eles teriam algum souvenir pra mim, rs. Mas curti as sua palhetas!!

    Like

  3. Além do que ele tem para malucos, como eu, o Rolf tem um outro imã para essas coisas… é impressionante, hehehe. E o Rolf tem enorme capacidade de “leitura de cenário”, rapidamente identifica o que está acontecendo e se posiciona. Eu sou mega distraído e era capaz do próprio Lars pegar elevador comigo e eu falar “buenas noches” ou algo do tipo sem me tocar. É aquele negócio – quando não esperamos, aí que eu não vejo nada, mesmo…

    Obrigado por me mencionar no texto, Rolf, apesar de eu não ter qualquer relação com o evento – afinal, estou neste momento no Brasil, hahaha. Está vendo? É um sinal que você está perdendo uma grande chance de ver a banda, que toca hoje em Buenos Aires e segue para um show já amanhã em Santiago (Chile), seguindo a agenda do contrato com o festival. Quem sabe no próximo não estamos juntos? Você fez falta no último sábado com a gente.

    As palhetas são bem legais e com certeza se juntarão aos seus outros itens especiais de heavy metal, que você cuida e expõe com muito cuidado e atenção.

    Legal a sorte, que venham outras situações como estas sempre, que “renovam” nosso espírito no meio da nossa rotina extenuante.

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Liked by 1 person

  4. Concordo inteiramente com o Eduardo, desde a questão da percepção imediata da situação quanto de ser um para-raio de malucos. Eu teria passado direto, certamente. E o legal é que o cara foi atencioso e lhe entregou um souvenir que muitos se estapeiam para ter nos shows.
    Valeu dividir a experiência aqui no blog!

    Alexandre

    Like

  5. Apesar das “toneladas” de palhetas que o Kirk jogou em Interlagos, elas sumiram rapidinho.
    Muito bacana, Rolf!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: