Cobertura Minuto HM – Kiss em SP [End Of The Road World Tour] – parte 2: “The Demon makeup”, pré-show e Live Blogging

Como diria Galvão Bueno: “bem, amigos, estamos diretamente de Guayaqui”… quer dizer, “vai se criando um clima”… mas, neste caso, de terrível não tem nada! É dia de Kiss! De terrível, mesmo, somente a previsão do tempo de hoje: depois de “duzentos” dias de tempo bom até ontem, hoje, é claro, o dia só está mais bonito que o cabelo do Rolf! Mas, pelo menos na previsão em torno das 9h00 de hoje, não haverá chuva durante. Vamos ver…

Na primeira parte, trouxe um pouco das expectativas e do que viria. Bom, aqui estou eu no preparo.

11h00 – uma garoa característica da cidade assola o pedaço. Enquanto isso, festinha de Dia da Mães antecipada na escolinha dos pequenos – com direito a um pai com uma camisa (assim sim, camisa) da NFL do Carr – não entendo nada de NFL, mas já garanto que o Carr que interessa aqui é o saudoso melhor batera, o Eric.


11h50 – papo com Marcus Batera – será que ele se desenrola para também entrar na maquiagem e batom hoje? O tempo dirá…

17h40 – No Uber e devidamente “masked” – o God of Thunder não está se pronunciando e o tempo nublado PARECE estável, pelo menos na região do Tatuapé.

Agradecimentos mais que especiais para minha esposa que teve a paciência de fazer (e refazer em alguns momentos) o The Demon. Fiz um vídeo time lapse que, depois, deverei publicar aqui. O processo demorou cerca de 90 minutos e foi baseado no vídeo acima, mas também em fotos. O Marcus não conseguiu fazer, e agora rumamos ao ponto de encontro, onde a diversão total começará.

Vídeo Time Lapse do processo do makeup:

18h00 – pingos no pára-brisa do carro. É claro.

18h15 – 19h45: encontro no Shopping West Plaza com Marcus, Rolf e o “Rhino Records”. É muito bom ter dois “Neubarth” juntos – a diversão é em dobro. Comemos hambúrgueres, teve batata e Coca (e eu de água com gás). Tudo que os campeões precisavam. Ao andar pelo shopping cheio de crianças, muitas me encaravam por longos segundos, a maioria com paúra das boas. Assustei uma garota na saída do banheiro, mostrei a língua pra menina do McDonald’s, ou seja, tudo com respeito e brincadeira, deu para dar muita risada.

20h00 – 21h15 (início do show): entrada tranquila da pista Premium. A pista mais próxima do palco só encheu mesmo a partir das 20h30. O clima – não o meteorológico, que ameaça pelo menos garoar – é muito bom, com a chegada de outros “masked”. Saí para achar o merchan e fiquei decepcionado, m se tratando de Kiss, mais ainda: umas camisetas sem graça… quando me convenci de uma, já não tinha tamanho M. Mr. $imon$, essas verdinhas minhas você não levou. Além disso, o celular ficou “mortinho” da vida dentro do estádio, também dificultando as próprias máquinas dos PDVs do estádio com sinal. Uma lástima.

21h00 – 21h15: expectativa. Mesmo vídeo de entrada de tours anteriores. ALLLLL RIGHT SÃO PAULO, YOU WANTED THE BEST, YOU GOT THE BEST… aquela coisa toda. Vai começar.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:Agenda do Patrãozinho, Curiosidades, Kiss, Led Zeppelin

4 respostas

  1. Mais bonito que o meu ninho de curió na cabeça não existe!!!!!!
    É Kiss
    É Rock and roll

    Curtir

  2. Como diria Zagallo, fomos surpreendidos novamente…. Eu nunca tive vontade de encarnar um dos 6 mascarados , mas endosso a idéia, achei muito bacana e convenhamos, isso precisa de uma boa dose de coragem, então parabéns !
    Espero que o show tenha sido legal e fica a pergunta: seus pequenos lhe viram em full make up? Assustaram- se?

    P, S. : Hats off para a senhora Rolim!

    Curtir

    • B-Side, foi uma realização para mim, de verdade – 23 anos depois. Único arrependimento de toda a experiência foi de não ter feito nos shows anteriores. Nunca fui muito fã de super heróis (Super Man, Batman, etc) – o mais próximo talvez seja o Kiss, mesmo.

      Os pequenos viram todo o processo. O Eric ainda é pequeno, mas ficou na dúvida se era eu mesmo depois que a maquiagem ficou pronta… já o Ivan ficou rindo quando o branco estava na cara, gostou dos desenhos, mas na hora que o preto mesmo foi preenchido e o “Demon” chegou, ele ficou com medo e saiu de perto… tive que dar tchau de longe, e ele não quis mais olhar, hahaha.

      Que você faria a do alavanqueiro, da tia, isso aqui ninguém tem dúvidas, hehehe…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

Leave a Reply

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: