Iron Maiden “Secret Concert” (Marquee Club) – 1985

Fala, galera, (B-Side, acho que você vai curtir este post)

transcrevo aqui no Minuto HM um artigo interessante de um show muito peculiar feito pelo Maiden no ano de 1985 (ano que a banda também se apresentou pela primeira vez no Brasil, no Rock In Rio 1). Apesar de já possuir esse show há muito tempo em minha galeria, acho que os que não conhecem poderão ter a chance agora de provar um gosto único na história do Maiden.

Nota do Redator: os vídeos (que têm, na verdade, apenas o áudio das músicas) apresentados ao longo do texto foram encontrados por Eduardo, do Minuto HM.

A lendária casa de shows Marquee Club (Londres) abrigou em dezembro de 1985 uma apresentação histórica, seguramente a mais inusitada em toda a trajetória dos integrantes do Iron Maiden.

A formação completa do grupo estava presente, mas Steve Harris, Bruce Dickinson e Dave Murray só subiram ao palco durante o bis. Antes disso, presenciaram a avassaladora performance de uma banda com três guitarristas, capitaneada por Adrian Smith e Nicko McBrain.

A trupe atendia pelo nome “The Entire Population of Hackney” (“Toda a População de Hackney”, brincadeira com um distrito de Londres).

Adrian se encarregou da voz principal na maior parte do tempo. No repertório, músicas como “Reach Out”, composta especialmente para o projeto, além dos cover “That Girl” e “Juanita”. As três se tornaram mundialmente conhecidas alguns meses depois, quando gravadas pela Donzela e lançadas como B-sides de singles do álbum “Somewhere In Time”.

O set teve duas músicas do Iron Maiden: “Losfer Words (Big’Orra)” com a formação instrumental e “2 Minutes to Midnight” com Bruce nos vocais.

Para felicidade dos fãs, o show foi inteiramente gravado. As 15 músicas foram parar no bootleg “The Entire Population of Hackney” ou “Iron Maiden Live In London”, renomeado mais tarde para “Iron Maiden Secret Concert” na versão que hoje circula na Internet.

Detalhes do show e links relacionados ao bootleg integram o especial “Aquecimento: Iron Maiden no Brasil”, série preparada pelo Riffola com conteúdo inédito em português.

Os dois primeiros episódios já estão online. O primeiro vídeo legendado mostra o improviso humorístico de Bruce Dickinson no show de Porto Alegre em 2008. No segundo, Adrian Smith aparece como frontman de três bandas e explica como trouxe mais peso em sua guitarra quando voltou ao Maiden.

A fonte do texto é esta aqui. Infelizmente, o link mencionado do Riffola no texto (este aqui) não está funcionando, e parece que foi removido em caráter definitivo.

Outras músicas deste noite totalmente “B-Side”:

Buscas no YouTube! podem trazer ainda mais resultados / opções relacionados.

Aqui está o setlist da noite, segundo esta fonte:

Juanita

See Right Through You

Reach Out

Chevrolet

Silver & Gold

That Girl

Fighting Man

School Days

She’s Gone

Try

Losfer Words (Big ‘Orra)

2 Minutes To Midnight

Rosalie

Tush

Esta mesma fonte (Let’s Rock) colocou um texto sobre a noite – veja abaixo o que eles comentam:

Com o término da Slavery Tour de 1985,os caras tiraram seis meses de merecidas férias, nesse meio tempo Adrian Smith e Nicko McBrian decidem trampar num projeto solo e chamam amigos como Dave Colwell: os violões (Samson) aquele que escreveu Reach Out (Wasted Years B-side), Andy Barnnet: Violões (Urchin & FM) e Martin Connoly (o amigo de Nicko), o set list inclui canções de todos os membros e ainda cover do Thin Lizzy, ZZ top e duas músicas de Adrian.
Foram dois concertos,essa gravação é do primeiro dia. Bruce Dickinson e Steve Harris se juntaram a banda na hora dos Bises com Losfer Words, 2 Minutes To Midnight, Rosalie e Tush.

Sem dúvida, uma grande noite. Repetições futuras? Duvido.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: Artistas, Bootlegs, Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Iron Maiden, Músicas, Setlists, Thin Lizzy, ZZ Top

4 replies

  1. É Eduardo, voce acertou…Apesar de estar meio sem tempo, dei uma paradinha aqui e tem coisas realmente bastante interessantes,como a Reach Out que junto com a That Girl são músicas bem legais,embora um pouco distante do estilo puramente Maiden. É notório que essas tem muito mais a cara do Adrian do que da fórmula Maiden , que sempre precisa passar pelo crivo de Steve Harris . A junção dos dois estilos ( e muitas vezes contando também com Bruce Dickinson) nos diversos ótimos e marcantes momentos da carreira da Donzela , como The Prisioner, Two Minutes to Midnight,Die with your boots on , The Evil that Men Do, mais recentemente Paschendale ( já muito bem “dissecada” antes aqui no Minuto Hm), enfim a lista é bastante grande .. O artigo é ótimo e ainda traz uma bela foto da guitarra usada por Adrian na World Slavery Tour. Uma das mais bonitas guitarras que vi Adrian empunhando, talvez a sua “irmã gêmea” usada no clip de Aces High ainda seja um pouco mais bonita .
    Obrigado pela lembrança e desculpe a demora em responder

    Alexandre Bside

    Like

    • Fala, B-Side,

      bom ver você por aqui, como sempre. Realmente, as músicas são fora do que podemos chamar de “convenção Steve Harris”. E isso é um grande barato… ouvir o Bruce e Adrian envolvidos com outra sonoridade é muito interessante também.

      A carreira solo do Bruce é outra coisa que falta aqui no blog ser destacada, e acho que isso é mais uma tarefa minha atrasada no meio da correria.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  2. Post linkado em um fórum de Iron Maiden na Europa… (escrito em alemão, creio eu):

    http://ironmaidenforum.siteboard.eu/f20t7229-the-whole-population-of-hackney.html

    Hallo aus Brasilien, freunde!

    [ ] ‘s,

    Eduardo.

    Like

  3. Mais um desses shows secretos:

    “Em 19 de setembro de 1990, ambientando o recém-chegado Janick Gers, o Iron Maiden faz um de seus tradicionais concertos surpresa, usando o nome The Holy Smokers. O show aconteceu em Milton Keynes, Inglaterra, no Woughton Centre.
    Nesse vídeo, além de entrevistas, podemos assistir a banda executando “Wrathchild” e “Public Enema Number One”. Apesar da filmagem estar em preto e branco, é multicâmeras, o que faz valer a conferida.”

    Fonte: http://www.ironmaidenbrasil.com.br/2011/06/iron-maiden-show-secreto-como-holy.html

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: