Água Brava – entrevista exclusiva para o Minuto HM

Galera,

após o nosso post de homenagem à banda carioca Água Brava, conseguimos reencontrar o Ivo que, gentilmente, nos concedeu uma entrevista exclusiva a fim de divulgar essa informação maravilhosa do retorno da banda.

Fiquem abaixo com a entrevista, feita pelo Rolf do Minuto HM com o Ivo, da AB.

Estão todos convidados a deixar uma mensagem para a banda para que ela volte a “botar a Água para ferver”!

————————————————————————————————————

Minuto HM: Quais foram os motivos que levaram a reunião sua com o Daniel Cheese para retornar o AB?

Ivo – O Daniel foi o responsável por tudo isto que está acontecendo. Eu relutei muito, pois Água Brava foi o meu projeto de vida, e na época não rolou. Foi complicado. E achei que tínhamos perdido o timing. Mas agora, em 2011, quando começamos a tocar no estúdio dele e comentar com as pessoas mais próximas, a resposta foi tão positiva e o apoio foi tanto, que respirei fundo e disse: fui…

Minuto HM: Vocês pretendem relançar o material da banda? – se sim, qual o nome do material? Quais são as músicas/faixas?

Ivo – Queremos regravar as músicas do material que conseguimos através de ensaios gravados em K7 e vídeos caseiros da época. Poderemos finalmente gravar as músicas da forma que elas merecem. “Tudo que eu queria”, “Enquanto a bomba não vem”, “Pressão”, “Veneno”, “Esquizofrenia”, “Túnel do Tempo”, “De que adianta”, e por aí vai… o nome do trabalho é um só: “ÁGUA BRAVA”.

Minuto HM: Vocês estão a procura de um baterista que também cante ou os vocais serão assumidos por outro integrante?

Ivo – Queremos um baterista que toque o que nós precisamos. Que faça “O” som do ÁGUA BRAVA: peso, precisão e criatividade. Um “Neil Bonham” por exemplo… [risadas]… quanto aos vocais, ainda estamos pensando.

Minuto HM: Será um processo independente? Ou alguma gravadora será contactada?

Ivo – As coisas acontecem passo a passo. Mas uma coisa é certa: queremos gravar nossas músicas como elas sempre mereceram. Quanto à gravadoras,  caso ocorra, tudo será analisado sem precipitação.

Minuto HM: Existe previsão de lançar um novo material? Se sim, quais seriam as influências?

Ivo – Vamos primeiro caprichar no que já temos, mas material novo, acho que não vai faltar. As influências serão sempre, uma guitarra distorcida, um baixo pesado e ágil e uma batera que suporte isso tudo.

Minuto HM: Durante este tempo que o AB ficou em freeze, o que você e  o Daniel Cheese fizeram musicalmente?

Ivo – Ápos a interrupção do ÁGUA BRAVA, toquei na banda ROSA RADIOATIVA, depois participei do Rock in Rio 2 (Maracanã) com o Serguei, fizemos muitos e muitos shows. Após, com Ivo Meirelles, tive a oportunidade de tocar na França (eventos durante a Copa do Mundo), Holanda e Alemanha (World Music Exposition), foi sensacional. Depois, fiquei muito tempo sem tocar e só voltei devido ao “‘ÁGUA”. O Daniel lançou um CD solo muito bom chamado Skavish, basicamente instrumental. Estudou Engenharia de Áudio nos EUA e há tempos participa de gravações e produções  de músicos brasileiros consagrados de Jazz, MPB e Rock.

Minuto HM: Recado final e agradecimentos – Muito obrigado por tudo, Ivo. Nós estaremos cobrindo o Rock in Rio e de quebra nós vamos tocar num estúdio na Tijuca para “brincarmos”… e adivinha? “Opressão” será tocada e está no repertório!

Ivo – Os ensaios (Eu e Daniel) estão rolando muito bem! As músicas nos surpreendem! Nada como a experiência… a nossa ideia é gravar primeiro e depois “O SHOW”. Grande abraço e manterei contato para divulgar qualquer novidade. Mais uma vez: Muito Obrigado!

Rolf.

Contribuiu: Eduardo.



Categorias:Agenda do Patrãozinho, Bandas Independentes, Curiosidades, Discografias, Entrevistas, Músicas

24 respostas

  1. Puxa vida…o Agua Brava ta voltandoo??!! Nossaa!! Era fã e acompanhava o trabalho desses caras…inicio dos Anos 80…Fui conhecendo o som da banda através da programação diária da extinta Rádio Fluminense FM, a “Maldita”! Acho q ainda tenho no meu baú algumas fitas K7s com algumas coisas gravadas dessa época…”Tudo que eu queria nessa vida era tocar rock n roll…” caraaca, que riff instigante tinha essamúsica! Naquela época, tive o privilégio de assistir 3 apresentaçoes bombásticas da banda: A primeira no finado teatro Leopoldo Fróes (Niteroi), outra no Ginásio La Sale (ambos em Niterói) e depois na badalada festa roqueira de aniversário da rádio “Maldita” no Canecão, RJ, com Celso Blues Boy e outras bandas do cenário roqueiro daquela época. Passado alguns anos…acho q meados dos anos 90…certa vez, fui a uma loja carioca, chamada MUSIX, comprar um bom amp de guitarra. Chegando la me deparei na vitrine com uns Marshalls Valvestate, ao qual decidi imediatamente fazer um “test drive”. Agora imagine quem veio me atender: o Ivo, caraa! Lembro-me q conversamos rapidamente sobre a banda, cheguei até mandar o riff de “Pressão” no meu “test drive” no Marshall, e lembro-me até da surpresa do Ivo ao ouvir aquela minha “singela homenagem”, rss” Foi muito legal. É isso. Tem coisas que guardamos mesmo na lembrança…Sem imaginar, acabei conhecendo então pessoalmente um músico de uma banda que eu adoraava! E terminando, saí de lá com meu primeiro Marshall, comprado a prestações a “perder de vista”, rss, e feliz da vida, rs!! Bons tempos aqueles!! Vlw!

    Curtir

    • Olá Flávio, excelente seu comentário e histórias há 3 décadas com a banda, cara…

      Agora é torcer para que este retorno aconteça mesmo, e o quanto antes.

      Valeu!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

    • Flávio, muito legal a sua história envovendo o Água Brava, o Marshall Valvestate , o Ivo na condição de vendedor da loja e sua singela homenagem tocando Opressão no test-drive. Tendo também um Valvestate Marshall, eu não poderia imaginar outro final que não fosse a compra do amplificador . E tenho certeza que você ficou muito feliz com o mesmo, assim eu estou até hoje.
      Parabéns pela história e vamos juntos pela torcida para o Água Brava

      Alexandre

      Curtir

  2. Mais um brilhante trabalho e serviço em prol do Metal Nacional e principalmente ao Água Brava.
    Rolf e Eduardo, parabéns à vocês , e vamos ficando na torcida para que a coisa saia da teoria.
    Achei sensacional a idéia de regravar os temas que o Àgua Brava tocava no início da década de 8o e que ,se não me engano, ficaram sem registro fonográfico , exceto por um compacto que tinha a Opressão.
    Considerando também a falta de estrutura que tínhamos naquele momento pré-histórico para o metal, certamente qualquer gravação não teria capturado toda a potencialidade que as canções mereciam , visto várias e várias bandas que gravaram na época com uma sonoridade tão aquém do que desejavam. Assim, regravar tudo hoje , com a capacidade dos dois ( Ivo e Daniel), aliado ao conhecimento adquirido em anos de formação musical e experiência de estúdios , é uma cartada certa e honrosa para perpetuar o trabalho do AB, ainda que não tendo mais o Jacaré em sua formação, infelizmente.
    Estou aqui na torcida para o projeto sair , podem contar comigo para tudo que eu puder fazer estando no Rio de Janeiro.

    Alexandre

    Curtir

  3. Flavio Rios, primeiramente, muito obrigado pelo seu post aqui no blog. Ficamos agradecidos por compartilhar a sua história. Acho que sobrou pouco para acrescentar aqui após os comentários do Alexandre e do Eduardo. Todos nós que somos fã de metal estamos felizes em ver os fãs do Agua Brava surgindo e se unindo através aqui do blog. Eu espero que o Ivo Ricardo e o Daniel – que são os grandes homenageados – estejam tendo essa oportunidade de aocmpanhar por aqui todo o desdobramento dessas manisfestações de reconhecimento dessa grande banda de Metal nacional. Flávio, continue conosco aqui no blog e seja muito bem-vindo.

    Ao Ivo Ricardo: que essas poucas, porém, sinceras manifestações positivas já colocadas aqui nos posts se revertam em motivação para vocês colocarem ai “na estrada” os planos de vermos material – antigo e novo – do Agua Brava. Executar a parada agora é o “Where the rubber meets the road” ……

    Curtir

  4. Obrigado pela força galera! Eu e Daniel estamos ralando muito nas nossas músicas. Às vezes paramos e pensamos: Como nós conseguíamos fazer aquele som, há tanto tempo atrás?
    Estamos nos esforçando ao máximo para que o som fique daquela forma que nós sempre procuramos. As manifestações de apoio e carinho com a banda, nos dá a intuição que está valendo e vai valer muito, colocar essa “Água” pra rolar. Valeu mesmo!!!! Eu lembro da estória do Valvestate do Flávio, foi surpresa mesmo, ele tocar o riff de Pressão! Eu era sócio da Musix, mas fazia questão de atender a todos e com muita satisfação. Também foi uma época boa da minha vida. Abraços a todos do Minuto HM e em breve, mais notícias do ÁGUA BRAVA.

    Ivo Ricardo

    Curtir

  5. Blz ….Grande Ivo…Tive a oportunidade de conviver e tocar com a minha antiga banda Carruagem ..fazendo abertura dos shows do Agua Brava..Fico feliz de ver a possibilidade dessa grande banda voltar ao cenario musical. Sorte pra vcs ..Abração. ( Sergio ,batera do Carruagem ).

    Curtir

  6. ÁGUA BRAVA – divulgando a comunidade no orkut e a página no Facebook:

    http://www.orkut.com.br/CommMsgs?cmm=7140994&tid=5669999478108564841

    http://www.facebook.com/#!/pages/%C3%81gua-Brava/249424225098500?sk=app_129982580378550

    Novos agradecimentos ao Ivo por também mencionar o Minuto HM nas redes sociais do AB!

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  7. Olá, sou filha de uma amiga antiga do Ivo, Rita. Minha mãe sempre comentou da banda e como ele é uma pessoa muito boa de corãção, fez referencia ao amigo jacaré do qual ensinou a ela dirigir e deu apoio na hora que mais precisava. Gostaria de fazer uma coletânea ou obter algum cd da banda. Se alguém possuir, por favor entrar em contato. Agradecida, BIBI .

    e-mail ; bibi.g.c@hotmail.com

    Curtir

  8. Valeu Edu, é isso mesmo.
    Precisamos viabilizar a produção do CD e se cada um contribuir com um merreca, teremos o total necessário. Bora lá galera. Você investe na banda mas ganha recompensas…
    http://www.embolacha.com.br/projeto/168-agua-brava-cd-e-show-vamos-botar-essa-agua-pra-ferver/

    Curtir

  9. Olhem aí:

    ________________________________________________

    Descrição do vídeo:

    “Alô comuna de curtidores do Água Brava !

    Se você não aguenta mais escutar jingle bells, dá uma escutada aqui no que está sendo gravado….

    Queremos aproveitar que tá todo mundo no recesso do Natal para lembrar de participar do movimento de financiamento participativo do CD e Show do Água Brava .

    http://www.embolacha.com.br/projeto/168-agua-brava-cd-e-show-vamos-botar-essa
    Você colabora antecipadamente para a produção do CD e do Show e ganha com isso! A partir de R$ 35,00 e, de acordo com o valor escolhido, você pode garantir o Download das músicas antes de prensarmos o CD; o CD físico autografado pela gente; Camiseta; seu nome impresso nos agradecimentos do CD; Ingressos para o Show; direito a visita ao estudio; visita aocamarim depois do show e até poderá participar como backing vocal nas gravações.”
    ________________________________________________

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

Trackbacks

  1. Minuto HM – Retrospectiva 2011 « Minuto HM
  2. Daniel Cheese e a volta do Água Brava! « Minuto HM
  3. Metal no Rio de Janeiro. Por que é tão difícil ? Conheçam a banda carioca Dreadnox « Minuto HM
  4. Tributo à Maldita – Água Brava de volta, 27 anos depois « Minuto HM
  5. Cobertura Minuto HM – Água Brava no Rio Rock & Blues Bar – parte 1 « Minuto HM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: