Resultados Polls # 46, 47 e 48: I eleita melhor música do Dehumanizer

Continuando nossa série de pesquisas que faz parte da discografia-homenagem a Ronnie James Dio, chegamos, senhoras e senhores, a esta obra-prima chamada Dehumanizer!

Esta foi nossa mais longa votação até o momento: foram 3 semanas para uma das 3 etapas, ou seja, faz muito tempo que não temos um post consolidando os resultados de uma pesquisa (aperitivo) e a sequência com a resenha do álbum (o prato principal). E nada melhor do que falar deste álbum, não?

O Dehumanizer conta com 10 (impecáveis) faixas e foi muito duro para muitos de nós sairmos “limando” músicas em todas as etapas. É difícil escolher uma apenas e foi uma tarefa dolorosa eliminarmos 4 + 4 + 1 música para que I fosse a grande vitoriosa. Aliás, mais uma vez eu esperava uma unanimidade para uma música na primeira etapa (a própria I) e, mais uma vez, me enganei, visto que ela recebeu um voto logo no começo da votação. Logo no final do primeiro dia desta primeira etapa, já não havia unanimidades…

Buried Alive e Too Late iam ganhando muitos votos, se juntando a Sins Of The Father (que trocou algumas vezes de posição com Buried Alive na posição de primeira eliminada), gerando a insatisfação da galera que normalmente escreve no blog. O cenário ia se desenhando, com uma interessante disputa entre Letters From Earth e TV Crimes como a última a ser eliminada.

Do lado das menos votadas, After All (The Dead) conseguiu se manter por um tempo, mas I logo assumiu a posição e viu de camarote a briga das duas primeiras músicas do disco na disputa com ela.

E, assim, era hora de encarar os resultados da votação para seguirmos para a segunda etapa. Confesso que até agora não é fácil olhar o quadro abaixo:

De qualquer forma, a primeira etapa foi, sem dúvidas, a mais “engraçada” entre a galera do blog que, por aqui e por e-mail, divertiu-se com “questionamentos” entre os eleitores, com direito a muita diversão e risadas conforme cada um ia falando as músicas votadas. Havia até ameaças de macros de e-mails a qualquer comportamento considerado “inadequado”, o que garantiu de vez a gozação geral da galera. As sadias discussões e brincadeiras culminaram em muitos comentários, histórias malucas, enfim, tudo devidamente registrado e consolidado aqui.

A segunda etapa chegou e era hora de conferir, principalmente, a então provável briga entre Computer God e After All (The Dead). Minhas apostas eram para a segunda faixa.

Em mais uma etapa sem unanimidades, mesmo para I (e, novamente, logo no início), After All (The Dead) ia se mantendo a finalista com I, mas logo TV Crimes começou a incomodar esta então confortável posição. Correndo por fora, Time Machine podia até ser considerada candidata para se classificar, ainda que sempre sem a força das demais citadas.

Enquanto Computer God e After All (The Dead) disputavam voto a voto uma vaga, I foi se consolidando mesmo como a primeira classificada, como esperado desde antes do início das votações. Na ponta das eliminadas, Master Of Insanity foi dando adeus à brincadeira (infelizmente)…

E aí veio a consolidação da grande surpresa: TV Crimes não só tinha menos votos que as 2 primeiras músicas do disco, como começou a brigar pela posição de melhor música da etapa com I! É isso mesmo: TV Crimes superando I. Estranho, não? E ela chegou a passar a então favorita absoluta, em uma das maiores surpresas de todas as etapas dos discos já votados, não vencendo pela margem mínima.

Ao final, Computer God e After All (The Dead) acabaram tendo 16% dos votos cada, com as duas “morrendo abraçadas na praia” com exatamente o mesmo número de votos e virtualmente empatadas com Time Machine.

Tudo isso confirma o que temos acompanhado nas votações dos discos anteriores: nem sempre a primeira etapa determina o curso das próximas – pode dar tendência apenas, mas nunca dá para “cravar” nada quando o escopo diminui nas etapas seguintes…

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.

I então faria a final com a TV Crimes. Será que teríamos a maior zebra das votações?

Resposta: apesar da vantagem não ter sido esmagadora, não, TV Crimes, no confronto direto, não conseguiu incomodar I, que levou com a preferência para mais de 60% dos metaleiros que votaram nesta etapa, para um certo “alívio” geral da nação (e meu inclusive, diga-se de passagem):

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.
E assim, mais de 2 meses depois, termina a votação do Dehumanizer, que alternou momentos de alegria, desespero, risadas, sufocos, “ameaças”, enfim, um caminhão de emoções.
Agora é hora de aguardarmos com ansiedade pela caprichada resenha do álbum da inigualável dupla Remote e B-Side, que fechará este capítulo tão especial da história do Dio, do Black Sabbath e do heavy metal como um todo.
E, enquanto isso também, já está aberta aqui a primeira etapa de votações para o próximo disco da carreira do baixinho de grande voz: trata-se do Strange Highways, de 1994.
Até lá!
[ ] ‘ s,
Eduardo.


Categories: Black Sabbath, Curiosidades, DIO, Discografias, Músicas, Pesquisas

8 replies

  1. Essa votação foi sem duvidas a mais dolorosa, principalmente na etapa 2. Olhei os comentários da etapa 1 – estão impagáveis, e só o Eduardo para registrar aquela sequencia. No fim deu I, mas não foi fácil como se pensava, já que TV Crimes deu um pouco de trabalho. Ao mesmo tempo que fico triste com a saida de Too Late e Master – não dá para reclamar da vencedora que é excelente também.

    Like

  2. Excelente trabalho metalmático , Eduardo, como sempre… Dois diferenciais vimos nessa pesquisa: Primeiro, sem dúvida, votar foi bastante complicado, em alguns momentos ( principalmente na primeira etapa) me vi como no filme ” A escolha de Sofia “. Quem mandar pro sacrifício ?
    O segundo diferencial foram os comentários , que estão realmente impagáveis …
    Por fim, apesar de excelente canção, I nem de perto esteve entre as minhas preferidas , mas isso eu já vou acostumando, fazer o quê …

    Saudações

    Alexandre

    Like

    • B-Side, obrigado como sempre pelos elogios e realmente a primeira fase foi a mais dolorosa, pois o disco é tão coeso (para não dizer que é do %$%#$%#$) que fica difícil achar alguma variável para facilitar no processo de decisão…

      Eu tive que dar votos nos milésimos para as músicas para poder tentar votar de uma maneira racional…

      Que I não é sua favorita não me surpreende, afinal, seu apelido não veio de graça…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  3. olha ainda bem que I ganhou senão teríamos um ataque terrorista ao blog da família do metal…….melhor do que ver I como vencedora foi o processo como um todo ……a enquete por si ´so é um sonho …aonde poderiamos ver algo sim? so aqui ……muito divertido

    Like

    • Rolfístico, olha, é difícil termos um resultado que agrade a todos por aqui. A vitória de I agradou muito a você e a mim, mas não a todos…

      Enfim, com um disco destes, fica difícil também ficar triste. Mas nesta final, também entendo que I deveria ser facilmente a vencedora.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

Trackbacks

  1. Discografia-homenagem DIO – parte 11 – álbum: Dehumanizer « Minuto HM
  2. Cobertura Minuto HM – workshow Vinny Appice em SP – parte 2 (resenha) | Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: