Resultados Polls # 55, 56, 57 e 58: As Long As It’s Not About Love eleita melhor música do Magica

Continuando nossa série de pesquisas que faz parte da discografia-homenagem ao Dio, entramos nos anos 2000 com um disco temático: Magica.

Magica (2000)

Magica (2000)

Desta vez, pelo tamanho do álbum, a pesquisa foi realizada de maneira ainda mais cadenciada, em 4 etapas eliminatórias. Como tivemos na votação anterior, este é um disco que conta com uma música muito executada quando da morte do baixinho, e justamente uma música que dava sinais de sua força rumo ao título: As Long As It’s Not About Love.

Essa votação, principalmente em sua primeira etapa, foi a mais não-tradicional que já tivemos, dada as faixas “reprise” e bônus. Além disso, há a Magica Story, que não é uma música… além das músicas que funcionam mais como “conectores” à outras… enfim, veremos detalhes do álbum na vindoura resenha.

A primeira etapa, portanto, seria realmente mais para fazer eliminações dessas coisas que propriamente dizer como o disco é para o gosto da galera. Novamente: por ser temático, fica estranho eliminar música. Mesmo assim, esta primeira fase já daria indicações ainda que rudimentares do que veríamos nas próximas e já poderia dar os primeiros sinais de possíveis favoritas.

E foi exatamente assim. Do lado das favoritas, Lord Of The Last Day e Fever Dreams despontavam, como esperado, como candidatas a brigar de frente com As Long As It’s Not About Love – as 3 receberam apenas 1 voto/cada – 1% do total para cada.

O “meio” ficou enroscado, sem definições claras durante as duas semanas, mas a ponta das eliminadas não teve muitas alterações. Challis e Annica eram duas que estavam ali, na luta para se salvarem e, no final, conseguiram. Assim, narrativas, instrumentais e reprises daria mesmo o tom desta primeira etapa eliminatória, com 57% dos votos juntas. Assim, as faixas “Magica” foram “limadas”, além da “líder” Discovery:

resultados-poll-55-etapa1

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.

Já a segunda etapa teria uma pequena mudança: Otherworld acabou recebendo 16% dos votos e caiu em terceiro lugar – uma surpresa dada a boa receptividade que estava tendo na primeira etapa, mas também confirmando mais uma vez que, quando o escopo é diminuto, as tendências não se confirmam mesmo por aqui. Quem “trocou” de lugar com ela foi Challis que, no início das votações, era justamente uma das que puxava a fila das eliminadas, mas conseguiu se recuperar.

As outras eliminadas foram justamente as que estavam na sequência da etapa anterior, inclusive na mesma ordem! E, do lado de baixo, Fever Dreams, que era uma das favoritas, continuava confirmando que estava forte para a briga, porém Lord Of The Last Day já mostrava que o páreo seria com ela, sendo que nesta etapa ela já tirou a vice-liderança de Fever Dreams.

Assim, demos adeus à maioria dos personagens da história – Challis ainda conseguiu resistir, liberando seu caminho para tentar se casar com a filha do coisa-ruim :-):

resultados-poll-56-etapa2

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.

Na terceira etapa, mais uma vez tivemos as eliminações já apontadas na etapa anterior, ainda que com mudanças de posição em relação à segunda etapa. Fever Dreams era a única que realmente brigava para se manter, mas Lord Of The Last Day não deixou.

Challis, único personagem que ia resistindo, puxou a fila da eliminação – do ponto de vista da lógica observada até então, era esperado. A única que continuava não sendo ameaçada era As Long As It’s Not About Love que, nesta etapa, abriu ENORME vantagem até mesmo contra Lord Of The Last Day, mostrando que estava “a parte” mesmo da briga desta com Fever Dreams. Somadas, foram 32% contra apenas 5%:

resultados-poll-57-etapa3

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.

Chegamos, finalmente, na última etapa. Logo no primeiro dia de votação, a distância entre as finalistas já foi aumentando, mas durante a primeira semana, chegamos a ter um 4 a 3 a favor da futuro vitoriosa, mas indicando que poderíamos ter uma reviravolta daquelas!

Mas a reação não se confirmou e, com o retorno da folga, a linda balada confirmou o favoritismo observado em todas as fases e venceu:

resultados-poll-58-etapa4

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.

Como de costume, a sequência se dá com o post da resenha do álbum, que já está saindo do forno e trará em detalhes a rica história do disco e muitas curiosidades da época, e com o início das votações para o próximo álbum – Killing The Dragon – cuja primeira etapa já está aberta aqui.

Até breve e muito DIO a todos.

[ ] ‘ s,

Eduardo.


Categories: Curiosidades, DIO, Discografias, Músicas, Pesquisas

7 replies

  1. Perfeita a análise , Eduardo, mais um capítulo finalizado com propriedade !
    Eu confesso que esperava ver Lord of the last day vencedora, e por razoável margem, assim considero até uma surpresa ver esta bela balada vencer a etapa ” mágica” .
    Talvez o fato da veiculação da música por ocasião da morte do baixinho de grande voz tenha ajudado nessa vitória, que é muito merecida, diga-se de passagem, mas ainda assim não esperava ver isso acontecer .
    Estamos chegando ao fim, faltam apenas três etapas !
    Mas o ano promete, com a sequência que vai definir a grande vitoriosa da carreira do grande DIO!

    Alexandre

    Like

    • B-Side, obrigado pelas sempre generosas palavras.

      No início, esperava ver Fever Dreams nesta final, pelo apelo até mais comercial da música. Com Fever Dreams fora da final, eu acreditava mesmo na vitória da balada, fato confirmado muito provavelmente mesmo pelo fato da veiculação que ela teve, assim como a vencedora anterior, a partir do triste acontecimento de maio/2010…

      Sim, estamos chegando mais para o final, o que me lembra da Discografia Kiss… começa a dar uma sensação boa do trabalho excepcional que está sendo feito mas, diferente da discografia da banda do linguarudo, de não termos chance de uma sequência natural…

      Será bem legal confrontarmos todos estes petardos depois… muito sofrimento ainda por vir, mesmo, hehehe…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  2. Eduardo, estou pensando em alguns posts para acompanhar os resultados relacionados às músicas vitoriosas de cada banda ( Rainbow, Dio e Sabbath) . Algo com conteúdo dos álbuns ao vivo que tiveram o Dio nos vocais . Seriam posts para serem publicados após o final dessas segundas etapas . Acha uma boa ?

    Like

    • B-Side, creio que seria muito bom mesmo, valorizaria inclusive o trabalho das próprias pesquisas dando ainda mais “caldo” para explorarmos possíveis versões históricas. Sem contar que daria uma “fechada” no trabalho com relação às resenhas, um ótimo complemento.

      Excelente!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  3. Ótima análise e eu sempre apostei na vencedora – desta vez foi sem surpresa para mim. O capítulo Magica já está no forno.
    Abraços

    Like

    • Valeu, Remote… mas tem que falar no começo a aposta, lá nos comentários da própria pesquisa, ok? Senão, não vale, hehehehe…

      Cara, já dei uma passadinha de olhos no Magica e fiz alguns ajustes, mas quero desgustar o material com a devida calma, pois já vi que é mais um capítulo histórico e um material único, como de costume… chegarei lá!

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

Trackbacks

  1. Discografia-homenagem DIO – parte 14 – álbum: Magica « Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: