Cobertura Minuto HM – Black Sabbath e Megadeth no RJ – parte 2

Everyone is getting ready for tonight's show in Rio!

A post shared by Black Sabbath (@blacksabbath) on

Por aqui na Apoteose, que hoje é o antro do heavy metal no país, o movimento já começa a aumentar, mas tudo dentro de uma organização. A entrada da pista normal e arquibancada está sendo feito pela Presidente Vargas e da Premium, pela rua lateral. A maior fila está para a galera que vai pegar ingressos ainda.

Aguardo ansiosamente pelo amigos locais que deverão me encontrar em breve. Já é possível escutar gritos pelo headliner faltando mais de 1 hora para o início previsto do Megadeth.

Faz um lindo dia de sol e calor na cidade e não há qualquer indício de chuva, o que deve garantir uma ótima noite para novamente celebrarmos a história do heavy metal tão perto dos felizes presentes.

O sinal de celular e de rede de dados começa a mostrar que quando o local encher, provavelmente tudo vai parar, mas tentarei voltar aqui mais tarde com mais info ou fotos.

20131013-170256.jpg

20131014-063138.jpg

20131014-064018.jpg

20131014-063152.jpg

20131014-063216.jpg

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: Agenda do Patrãozinho, Black Sabbath, Cada show é um show..., Curiosidades, Megadeth

17 replies

  1. Parece que a entrada para a pista normal / arquibancada, algum tempo depois da publicação do post e, claro, com a aglomeração da chegada das pessoas, fico bastante comprometida.

    O espaço está aberto para quem estava lá e passou por problemas.

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  2. Recado especial ao Flavio Remote, Alexandre B-Side e Rolfístico: amigos, queria agradecer novamente pelo ótimo encontro e final de semana… fiquei muito feliz mesmo em poder novamente fazer parte da amizade de décadas de vocês e compartilhar desta emoção com vocês. Jamais esquecerei da noite de ontem e o que tudo isso representa em todos os sentidos.

    As fotos deste post, que tem menos de 24 horas neste momento, já têm um valor como se fosse a coisa mais histórica que este blog possui.

    Muito obrigado mesmo…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Amigos, um resumo de algumas mensagens trocadas entre Remote, B-Side, Rolf e eu nestes últimos dias (de 14 a 17 de outubro de 2013) relacionados a este final de semana com show do Sabbath no Rio, em resposta à mensagem acima. O intuito aqui é, como de costume, registrar e imortalizar o momento aqui no blog – é a essência do nascimento deste lugar novamente em prática:
      ______________________

      Rolf:

      Muito legal isso aqui
      Eu faço minhas as suas palavras…num dia em que esta difícil ficar de olho aberto, eu estou muito feliz por isso

      Remote:

      Não consegui nem responder – acho que precisava de algum olho aberto ontem, mas gostei muito do fim de semana também, os dois ensaios (…) e a cereja do bolo – o show do sabbath, onde desta vez não vi a emoção maior do Rolf, em compensação nós três meros mortais, sucumbimos a dita, e eu e ale alem de pasmos, não aguentamos a execução de war pigs sem nos emocionar, e o Eduardo, eu vi também em Black sabbath seu olhos vermelhos ….
      E aí ficam confirmadas para o proximo ensaio as duas musicas- uma homenagem mais que justa ao nosso fim de semana. Fiquei com vontade também de tocar Snowblind – mas tenho que ver a tal concatenação vocal/baixo ou uma alternativa com vocês nos vocais…

      Abraços e até
      Flavio

      B-Side:

      Eu também li o correio ontem, mas não consegui nem um esforço mínimo para responder , desculpem-me..

      Foi realmente um fim de semana mágico, alguns momentos de pura emoção, que vieram, é claro, da minha parte,pela lembrança de coisa da minha época de adolescente.

      Eduardo, você nasceu na geração errada , mas é o nosso irmão mais novo . Além dos outros dois que tenho no blog, você é o temporão (…). Assim, o reforço aqui é que todos nós nos preocupamos muito com esse irmão mais novo, e que tem hoje talvez ( ou certamente, eu ouso dizer ) mais disposição…Cuide-se, irmão mais novo, nós o queremos muito bem.

      Mudando de alhos para bugalhos, alguns momentos deste fim de semana que fizeram a tal conexão com o passado me fizeram muito feliz. O ensaio jam session com o Rolf na guitarra e o Bruno na bateria me fez lembrar da minha primeira guitarra, a única que não mais tenho, aquela Flying V Azul calção cujas cordas ficavam a meio metro de distância do braço… Se eu pudesse, teria ela de novo. Mas tocar sons como Romance Ideal me lembram aquela fase, onde eu não sabia nada e o Rolf já sabia tudo. Continuo sem saber direito, mas pelo menos o solo dessa música já está quase bom. Quem sabe um dia ele fica bom..

      A emoção foi ficando maior quando o Rolf foi parar na casa da minha mãe e fez questão de lembrar do corredor do prédio e principalmente do quarto que eu dividia com o Flávio. Bem, eu devo estar ficando velho mesmo, por que quando começou War Pigs, eu lembrei de vários momentos na adolescência,misturei com os momentos já emocionantes da tarde , do fim de semana super agradável que passei com vocês três (…) e aí eu vi o Tony Iommi ali pertinho e lembrei da primeira fita cassete que eu ouvi de metal sem contar o KISS, que tinha simplesmente, Black Sabbath, War Pigs, Iron Man e NIB ( versões Live Evil) .Lembrei de como aquilo foi importante para eu até hoje, quase trinta anos depois , estar podendo ter o privilégio de ter dividido aquele momento com vocês.Importante não, como aquela fitinha foi FUNDAMENTAL para isso, que eu prezo tanto…
      E aí eu não me emocionei não, eu chorei mesmo, copiosamente. Espero que vocês entendam que essa forma mais quieta de ver os shows nada tem a ver com falta de emoção , e anteontem talvez essa minha maneira de sentir cada espetáculo tenha sido mais latente para todos vocês.

      Ou então,mais provavelmente, eu estou é ficando velho mesmo…

      Que venha o próximo show, que o coração não baqueie por ele

      Grande abraço amigos e muito obrigado !!

      Alexandre

      Rolf:

      Eu me emocionei ao vê-los naquele estado. Ver o Flávio e o Bside emocionados daquele jeito foi incrível. Foram duas coisas inesperadas: ver a história ali e vê-los depois de tantos anos no metal algo que os fez se emocionarem daquele jeito
      Eu me emocionei com o show pelo contexto histórico e por vezes me arrepiava com a dinâmica do show e idéia de estar ali fazendo parte da história mas morte do Dio me deixou mais “durão” ou endurecido sobre emoção. As coisas passaram a fazer menos sentido pra mim não sei dizer por que
      Obrigado a todos por tudo novamente
      Me perdoem pelo parco texto. O Flávio resumiu bem
      Ainda procuro também me restabelecer fisicamente e neurologicamente da “conta” que chegou da semana passada (…). Enfim grande abraço a todos. Vcs são meus irmãos

      Rolf:

      Bside eu li essa mensagem aqui e queria ter podido responder a altura
      Mas deixa pra lá
      Eu nunca vou conseguir passar o sentimento de ter voltado a casa de vcs, (…) andado por aqueles corredores, revisto o quarto aonde eu aprendi tudo que levo hoje comigo. Não há texto que eu tente escrever que eu consiga ser fiel para tentar transmitir algo do que foi aquela experiência. (…) Eu jamais esperaria que eu pudesse reviver aquilo que fizemos no domingo de tarde. E dizer que sou grato fica pequenino demais pra tentar expressar algo. Eu ainda estou com um sentimento de conforto interno muito grande em ter visto todos muito bem em sua casa. (…)

      O Rolim eh parte integrante de todo esse pacote aqui e que isso sempre fique registrado nessas mensagens. Muito temos a agradece-lo. Eu principalmente por ele não desistir de mim nas minhas ausências ele eh perseverante e isso eh o que faz a diferença entre irmãos.
      Eu não chorei no show do sabbath de 2013 mas deixei pra fazer isso em outra ocasião e confesso que elas chegam de um jeito muito mais nobre e significante pra mim. Então fico feliz por sabbath com Dio e esta madrugada terem me emocionado desse jeito também mais do que no show ultimo em que estivemos
      Obrigado por tudo

      Remote:

      Olha eu não esperava muito do show, até pelo que você, Rolf, ressalta, a questão do Dio é muito forte, e embora tenho até que elogiar o Ozzy (apesar de desafinar aqui e ali), que teve uma performance melhor do que eu esperava. Mesmo com o ótimo show, a banda com DIO era muito superior e infelizmente não poderemos ver mais e daí entendo o seu sentimento.
      Acredito que com Dio a emoção seria muito maior, mas a dupla Geezer-Iommi não tem preço e descobri no domingo que me emociona mesmo, trazendo toda a carga histórica minha e de vocês com o rock n roll, e também porque minha admiração pelos dois gênios é incomensurável.
      Ainda não consegui me emocionar tocando com vocês, mas acho que porque fico muito ocupado com os brinquedos que inventei manipular.
      A estafa pegou para quase todos, desde o caçula Eduardo, até nós gêmeos – os velhos da galera, que bom que você ainda conseguiu superar e esteve super presente em tudo. É bom pensar em redução deste planejamento semi suicida que a gente monta de vez em quando.
      Mesmo com todos os percalços foi um fim de semana inesquecivel e obrigado a todos.

      Eduardo:

      (…) Rolf, desistir de vc? Eu? Se não fosse vc, o que seria esta amizade que tenho com os gêmeos? Digo, o que seria de tudo? O nome MINUTO HM? Eu seria outra pessoa… nada dessa mágica teria acontecido… vc é o núcleo comigo disso tudo, cara…

      B-Side:

      Eduardo e Rolf :

      Vocês dois trouxeram com muita clareza nos emails abaixo a importância que cada de vocês para essa brincadeira ter a graça que vem tendo :

      Eduardo, você é um visionário, com a questão do blog! É realmente incrível ver quantas coisas fora dele ( independente dessas páginas virtuais serem incríveis e preciosas) surgiram; Os shows, os encontros, os ensaios, os podcasts, tudo muito legal, é realmente um privilégio fazer parte disso e quase inacreditável ver aonde pudemos chegar ,menos de 5 anos depois da idéia inicial . E o acontecido no fim de semana é um resumo de tudo, obrigado mesmo!

      Rolf, (…) Amizades como a de vocês , a do Bruno também, são coisas perpétuas, vão comigo pra onde eu for. (…)

      Quanto ao som e esses eternos exageros de vocês, eu só posso dizer que ele vale quando todos podemos participar . A minha intenção de ensaiar é de congraçamento , uma confraternização musical mesmo. Se alguém está um pouco mais treinado para uma canção ou outra , é talvez por que a vida está menos atribulada ou por que conseguiu ao longo do tempo se dedicar um pouco mais à essa paixão,que é a música em todas as suas possibilidades . Assim, não há espaço na minha cabeça para qualquer outro sentimento com vocês ( com o Bruno, com o Marcus) que não seja de alegria de estarmos juntos. E das músicas sairem, de cada um de nós apreciar os demais participando da festa. O resto é balela…E isso de estar tocando da forma tal ou outra é um exagero, sem dúvida . E agradeço muito a chance de tocar com vocês , sempre . Que seja atirei o pau no gato, que seja A Change of Seasons!

      Um abraço fraterno

      Alexandre

      Eduardo:

      Muito obrigado, B-Side… realmente jamais imaginaria tantos coisas indiretas saindo daqueles e-mails organizados em uma página… é impressionante mesmo tudo que estamos tendo… obrigado…

      (…)

      ______________________

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  3. Grande show! Não sei se terá uma resenha sobre os shows, mas aqui deixo minha rápida impressão!

    Achei a apresentação do Megadeth mediana, o som estava embolado nas guitarras e o baixo inaudível. Mesmo assim, fez o que uma banda de abertura deve fazer: esquentar para o principal.

    Sabbath achei incrível, um dos melhores shows que já vi. Iommi é um monstro. Ele é a prova que ser virtuoso ou tocar extremamente rápido não é necessário para ser grande. Como alguns acordes podem ser tão poderosos?

    Acredito que Ozzy estava acima da média (melhor que Mustaine, com voz baixa em muitos instantes) e sabe ser animado mesmo com deficiências físicas e voz falhando em alguns momentos.

    NIB, Fairies wear boots e Paranoid apoteóticos.

    Abraços!

    Like

    • Glaysson, a ideia é que tenhamos as resenhas destes shows que estão por aqui, sim. Por enquanto, só chegamos até a do MetallicA no RiR deste ano, a ideia é ter do dia 20/set/2013 em diante… a deste show do Rio deverá ter a assinatura dos gêmeos… vai demorar um pouquinho, entretanto… e este cansaço todo? Cara, estou cansado, hahaha…

      Humildemente, gostaria de falar que não concordo em falar que a apresentação do Megadeth foi mediana. Eu achei um ótimo show. Em SP sim, o problema de som no show do Megadeth foi latente, mas no Rio, achei bem satisfatório, ainda que o baixo possa sim ser considerado “baixo” mesmo, mas isso é algo que é meio comum nos shows deles.

      O show do Sabbath merece mesmo um post a parte, então vamos esperar um pouco… mas sim, Ozzy se mostrou em melhores condições nesta tour do que TODAS as anteriores que pude ver nos anos 2000. Da minha parte, já antecipo que um pedido de desculpas será feito. Mas, para mim, o Ozzy era totalmente secundário quando se tem Iommi e Butler à esquerda e direita dele, respectivamente…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  4. Olá,

    lamento não termos nos encontrado, mas depois de mais de 5 horas em pé (das 4 da tarde até o fim do show do Black Sabbath) e sem sinal no celular, só me restou voltar para casa depois de um show MARAVILHOSO. Quero ver meterem o malho no Ozzy, que em minha opinião estava muito acima da média de todos os áudios que já ouvi do Sabbath em seu ‘mark 1’.

    Aguardando a resenha.

    (Remote sai sério nas fotos para poder diferenciar do BSide).

    Like

  5. Acabo de ler tudo, o post e comentarios….

    Nesse momento tentando imaginar o que esse show foi! Infelizmente eu nao tive como atender a esse chamado….. Se para mim, o Sabbath ja tem uma importancia enorme… Para voces ele eh a essencia!

    Volto a falar o q disse no show do Maiden: por** que saudade dos brothers of metal

    Eu sugiro uma resenha compartilhada…. Com as percepções dos participantes! E depois consolidar! Com caras desse calibre, e com esse conhecimento todo…. Certeza q vai ser um excelente material!! Por** na boa, ninguem manja mais q vcs 4 (Remote, BSide, Rolf, Eduardo)

    Abração rapaziada!!
    Renato

    Like

    • Renatinho, obrigado por comentar aqui, e especialmente por comentar o que você comentou… me colocar no meio do trio carioca é uma honra sem igual para mim, ainda que um exagero sem tamanho para meu caso…

      Nós estamos tentando nos organizar com estas resenhas. É muita coisa acontecendo ao mesmo tempo e as coisas só deverão dar uma acalmada lá pela segunda semana de novembro, mas mesmo que a resenha não seja compartilhada, você sabe que por aqui isso acaba não existindo, pois os comentários sempre fazem este papel.

      Para registro: tentei te ligar do show do Rio também, mas o celular Vivo estava Morto (bem morto mesmo). Nem ameaçou ligar…

      Estamos com saudades também da companhia e quem sabe no próximo dia 08/nov/2013 não matamos um pouco disso, ainda que virtualmente, no podcast?

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: