Aos 51 anos, falece Nick Menza, ex-Megadeth

Uma enorme tristeza esta notícia que acabo de ler neste domingo pela manhã.

O batera alemão Nick Menza, que gravou com o Megadeth simplesmente o Rust In Peace, Countdown To Extinction, Youthanasia e Cryptic Writings, faleceu ontem, 21/maio/2016, em pleno palco com o OHM, na cidade de Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos.

As primeiras informações – ainda não oficiais – é que Nick sofreu um ataque cardíaco fulminante. A sua banda, OHM, estaria em sua terceira música do show quando o baterista simplesmente caiu de seu kit.

nickmenza

NIck tocou no que considero o “néctar” do Megadeth, ficando na banda de 1989 a 1998 com breve retorno em 2004. Também foi companheiro da banda de outro com passagem mais que marcante pelo Megadeth, Marty Friedman, de 1992 a 1996.

O show acontecia no Baked Potato Jazz Club, no bairro de Sun City.

O post será atualizado por comentários caso mais notícias ou informações relevantes cheguem.

Uma perda gigantesca ao thrash e a música em geral de um baterista que deixou um legado impressionante, e deixa nosso plano tão antes da hora.

Aproveitemos nossos músicos enquanto é tempo.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: Artistas, Megadeth, Off-topic / Misc

13 replies

  1. Pessoal, criei hoje um novo widget que deverá ficar de forma fixa de agora em diante na home page do blog, chamado “RiP”.

    A ideia é prestar uma singela homenagem com uma foto do último músico que perdemos. De acordo com as perdas, vou alterando a foto.

    Sei que falando assim chega a parecer um pouco “bizarro”, masoquista, sei lá, mas a ideia é tão somente homenagear aqueles que acabam nos deixando.

    O widget inicialmente ficará posicionado na quarta coluna à direita de widgets na parte inferior da home page, entre o widget de notícias que hoje é do Blabbermouth, a verdadeira fonte de informações atualizadas do mundo do metal, e nossos widgets de estatísticas de usuários online e hits de acesso.

    Ao se clicar na foto, o “internauta” será redirecionado ao post do blog, categoria, ou notícia externa de fonte da informação.

    Tomara, de verdade, que essas atualizações não sejam tão frequentes.

    RiP Nick Menza.

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  2. Caramba. É quase inacreditável. Tive a oportunidade de ver o Nick com o Megadeth por diversas vezes e a explosão que ele transmitia na bateria era impressionante. Grande perda.

    Like

  3. Rolim, obrigado pela referência e pelo post que acabam sendo uma forma de lembrar e homenagear a pessoa. Eu concordo com o seu comentário do néctar. Chocado com a forma como tudo se deu e pela precocidade. RIP Nick Menza

    Like

  4. Mais uma noticia triste neste ano maluco. Aliás, mais maluca ainda foi a forma ( meio ainda inexplicável também) que aconteceu esta perda.
    Nick está nos meus álbuns favoritos, alem desses muito bem citados e que são a nata do Megadeth, só consideraria o Peace Sells em um patamar parecido ( ainda que eu propriamente não ache este tão bom quanto pelo menos três dos 4 álbuns onde Menza participa).

    Que descanse em paz, Nick Menza, sua obra fica registrada para sempre.

    Alexandre

    Like

  5. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  6. Devastador.

    Uma tristeza que é cercada de mistério conforme dito na postagem.

    A música foi seu último som e de certa forma o nosso.

    Difícil concluir que saberemos de anos tão intensos porquanto a idade dos medalhões, mas 2016 já é, facilmente, em minha opinião, apenas com incompletos 5 meses, o ano mais triste da história do rock.

    Com relação ao widget, não esperava nada mais nobre do que uma atitude tão simples, mas que objetiva reverenciar (e lembrar) a memória de quem tanto nos deu.

    Daniel

    Like

    • Bonito comentário, Daniel, agradeço e realmente 2016 já está na “história”… e como disse, talvez seja o ano que lembremos no futuro onde essa parte da história “começou” mais intensamente (apesar de Lemmy ter ido ainda no final do ano de 2015 e para mim ali foi o marco).

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  7. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  8. Os bonitos e emocionantes tributos de Mustaine e do Megadeth a Nick Menza.

    Pena que sempre tem aqueles que não colaboram no minuto de silêncio, uma vergonha para essa minoria.

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: