49º Podcast Minuto HM – 20/maio/2022

Fala, galera. Mais um trimestre se vai, mas não sem o tradicional podcast (quem sabe com mudanças, ainda este ano?). Mas, enquanto isso, um pouco do 49º Podcast Minuto HM e que contou com os seguintes participantes:

  • Eduardo [dutecnic] como host;
  • Alexandre B-Side;
  • Kelsei;
  • Claudio e
  • Rolf.

Bom, quero começar agradecendo a participação de todos acima, mas em especial ao Claudio que, mesmo chegando no mesmo dia de uma LONGA viagem de carro, não deixou de comparecer e prestigiar o papo! A cara do Claudio na última foto retrata bem como ele estava mais para frente do papo :-).

Também quero agradecer a regata cinza por mais uma participação!

Foi um podcast de emoções, afinal, troquei de computador e sempre fica aquela sensação de dúvida da gravação. No final, deu certo e B-Side, espero que você tenha menos trabalho para o teaser :-).

Outra coisa que queria passar a desde já discutir com todos é o formato do podcast. Não haverá mudança para o próximo, isso já adianto – afinal, será a emblemática edição CINQUENTA. Mas, depois dela, quero deixar aberto para ideias que sejam factíveis do ponto de vista operacional e “trabalho de bastidores”, mas principalmente, tentar trazer mais gente para o papo. Penso até em usar o WhatsApp, já que parece que lá todos “geram” mais tempo, e tentar… penso também em live no YouTube (teria que testar, etc). E aceito sugestões!

De resto, aquela doideira de sempre, com um podcast que durou 5 horas e 33 minutos e que, incrivelmente, falamos provavelmente mais de música que de termas diversos! Hahaha…

Enquanto já começávamos a definir a próxima lição de casa, dominada pelo Kelsei nesta ocasião em termos de sugestões, o próprio Kelsei trouxe o vídeo abaixo, que já faz a ponte para falarmos da própria lição de casa desta edição e da próxima…

Lição de casa (podcast anterior): no throwdown mwio doido que tivemos para essa edição, tivemos resultados totalmente díspares entre os participantes e o tal “voto popular”. Enquanto os participantes que ouviram os discos votaram no Ambrosia (3 a 0, inclusive), o popular, talvez pela força do nome do Supertramp foi para uma vitória igualmente unânime. Resultado final: Ambrosia para os participantes do podcast ; Supertramp para a galera que votou online. Fica a dúvida: quem votou online ouviu o álbum do Ambrosia? 🙂

Também falamos do Live…In The Hear Of the City, do Whitesnake, banda que também parece estar se despedindo de todos em uma possível/provável última tour. Aqui foi literalmente “chover no molhado”, dado um álbum espetacular, que vale a pena deixar abaixo para quem não conhece…

Streaming / download do teaser do podcast anterior: Todos podem curtir o teaser aqui, ou ainda usar os links na sequência para escutá-lo por streaming no Amazon Music / AudibleApple Podcasts, Audacy, Deezer, Facebook Podcasts (somente nos EUA), Gaana, Google Podcasts, iHeartRadio (aparentemente, este, somente nos EUA também), Player FM, ou, claro, no Spotify. Também pode dar play diretamente abaixo:

Streaming / download do podcast completo:

O podcast completo desta edição pode ser ouvido abaixo (por streaming) e/ou “baixado” aqui (315 MB) – também disponível no player abaixo:

Sempre lembrando também da página no blog para os podcasts e teasers a partir de 2021, já disponível no menu “Podcasts” e diretamente aqui.

Lição de casa (próximo podcast):

Já sobre a lição de casa do próximo podcast, teremos um throwdown do Iron Maiden que, na verdade, é triplo: Dance Of Death x A Matter Of Life And Death x Senjutsu. E aqui o objetivo é reverso: queremos saber o melhor álbum para entre os três para, no final, sabermos qual é o “pior” da configuração da banda como sexteto (esses foram os 3 eleitos como “piores” desde o Brave New World). Então, quem ficar por último determinará, pelo menos dentro deste contexto, o tal pior álbum em fase sexteto da Donzela.

A pesquisa já está valendo:

Lembrando que o “voto popular” acima poderá ser usado para algum “desempate” no dia da análise dos álbuns, se necessário. Importante: quem participará do podcast não deve votar nas pesquisas. Assim, aos participantes mais habituais, por favor não votem até o dia do próximo podcast – e só votem no dia (ou um pouco antes, claro) caso não consigam participar da próxima edição…

A lição de casa também continua com o Shaman, álbum Rescue.

A playlist da lição de cada em nosso canal no YouTube (não deixem de fazer a inscrição no canal) está atualizada com os álbuns e o throwdown da próxima edição:

Por fim, deixo novamente um “salve” aos participantes e um convite desde já a todos para a edição especial número cinquenta do podcast. Incrível: CINQUENTA podcasts, todos os trimestres, sem falhas. Nenhuma rotina / empresa possui algo que acontece assim, sem falhas. Podem olhar. Viva o Minuto HM!

Vejo vocês TODOS em agosto… 

Up the Minuto HM! 🙂

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:AC/DC, Accept, Alice Cooper, Artistas, Black Sabbath, Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, DIO, Dream Theater, Extreme, Green Day, Guns N' Roses, Instrumentos, Iron Maiden, Judas Priest, Kiss, Led Zeppelin, Músicas, MetallicA, Minuto HM, Off-topic / Misc, Pesquisas, Podcasts, Queen, Rainbow, Resenhas, Scorpions, Shaman, The Beatles, The Winery Dogs, Van Halen, Viper, Whitesnake, Yes

4 respostas

  1. Muito maneiro esses encontros.
    Acxhei que vc fosse comentar da sua análise dos shows do Metallica …..são sempre muito boas.
    Ouvi Dirty Window e pela mãe do guarda ………….

    Curtir

  2. Pessoal, mais uma ótima oportunidade de trocar idéias e aprender. Sempre preciso agradecer todos que por aqui comparecem. E sentir falta daqueles que não conseguiram.
    A se destacar, além do bom humor dos participantes ( a pegadinha da discografia do MetallicA e a camiseta cinza do Rolf são obrigatórias , sempre….) o esforço do Cláudio em aparecer depois de umas 12 ( douze ) horas dentro de um carro.
    Cláudio, valeu mesmo !!!!
    Outro destaque é o disco do Whitesnake que enfim ouvimos, tantas vezes depois de citado. Uma obra prima, hoje assim o considero.
    Em relação ao novo pretenso formato de podcast, acho que talvez o melhor caminho seria o YouTube, mas não sei como isso funciona , só sei assistir….
    E Dirty Window, bota mãe do guarda nisso…

    Até agosto, um número histórico nos aguarda!

    Alexandre

    Curtir

Leave a Reply

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: