Guns N’ Roses no Rock N’ Roll Hall Of Fame

Por Leandro

Ou, “e agora Axl Rose? Arrumaram pra vc…”

Ao mesmo tempo em que alcança 13 milhões de fãs no Facebook, a banda obtém feito inédito em 29 anos de R&R Hall Of Fame – a indução da banda foi aceita em seu primeiro ano de indicação. Eu pessoalmente sou cético acerca dessas “instituições” (e aí incluo o Grammy, Oscar e similares) e não sei até que ponto isto é importante para os artistas. Que gera um aumento de receita instâneo nas vendas dos induzidos isto já é provado. Do ponto de vista de reconhecimento, todos gostam de ser reconhecidos. Resta saber o quanto isso é importante para a banda (mais especificamente Axl).

Axl & Izzy ao vivo em 2006

Axl & Izzy ao vivo em 2006

Axl & Duff ao vivo na O2 Arena em 2010 (Londres)

Axl & Duff ao vivo na O2 Arena em 2010 (Londres)

Ao mesmo tempo em que não descartou completamente uma reunião de um dos lineups clássicos (AFD ou UYI), na entrevista que deu para o That Metal Show, Axl não deixa muito claro o quanto assunto é importante pra ele e o assunto reunião fica no ar: “Eu não sei o que isto significa em relação a mim e à velha banda – eu não sei – tudo ainda está indefinido. É uma honra estar na nominação e eu sei que existe definitivamente uma parcela dos fãs que realmente gostarão disto”.

No terreno dos sonhos, se estiver lendo isso aqui, fica minha humilde dica pro Axl para a cerimônia do dia 14 de abril de 2012. Três músicas: Welcome To The Jungle com o lineup de AFD, Better com o lineup de Chinese Democracy e Paradise City com todo mundo no palco pra fechar a parada de uma vez.

Enquanto isso, fora do campo de distorção da realidade, a banda continua sua turnê norte-americana, que até o momento vem sendo um sucesso – inclusive de crítica. Depois de tocarem Estranged no Rock In Rio, foi a vez de uma outra velha conhecida se juntar ao setlist depois de 18 anos. Civil War foi executada em Nashville no último dia 04 de dezembro. Modéstia a parte, com perfeição.

Entre outros induzidos estão Red Hot Chili Peppers, Beastie Boys (?), Donovan e Small Faces/Faces. Mais sobre os indicados aqui e mais sobre o R&R Hall Of Fame aqui.



Categories: Anthrax, Artistas, Cada show é um show..., Curiosidades, Entrevistas, Guns N' Roses, Músicas, Rumores, Setlists

50 replies

    • A entrevista é bem legal. Ele já esteve no That Metal Show e deu uma entrevista muito bacana por lá também, que já pude assistir. Tentou até “Stump The Trunk”, mas não conseguiu… 🙂

      Esta entrevista tem várias coisas muito interessantes e alguns comentários aos quais eu concordo totalmente… coisas como “Can’t we just be fuc*** people who played music and accomplished a huge goal in their life and just play a couple songs? It’s only rock and roll, my god! It’s not rocket science. “. A opinião dele de Axl talvez não aparecer também é uma coisa a considerarmos, já que ele acredita que os outros deverão marcar presença – como o Slash.

      Ainda preciso ver a entrevista de Axl, verei e volto para comentar especificamente disso – mas mesmo antes de ver, já tendo a concordar com Adler (que, como já vimos aqui no blog, é figurinha fácil nos programas do TMS: https://minutohm.com/2011/09/05/exclusivo-minuto-hm-nos-eua-gravacao-do-that-metal-show-parte-23/ ).

      O link também traz várias curiosidades legais, como o fato dele, Flea e Slash terem ido ao ginásio (escola) juntos. Enfim, vale mesma a leitura.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  1. Nem sei o que dizer sobre isso e sobre Rock & Roll Hall Of Fame. O evento é legal pelo fato de reunir ex-integrantes e celebrar as bandas indicadas etal, ver todos ali com seus discursos, mas concordo com o leandro… até que ponto isso é realmente importante para a banda.
    Bom se alguém tiver um ponto de vista mais amplo q o meu por favor escreva aqui para que eu forme algum conceito quanto a essa evento.

    Like

    • Julião, é por aí mesmo. E os “selecionadores” nem sempre conseguem (ou melhor, há tantos verbos – querem, podem, se interessam por, etc) em escolher artistas realmente relevantes. Deep Purple, Kiss, Rush, Dio, Mötley Crüe, a lista é grande …

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  2. Leandro, o post é ótimo, parabéns.

    Mais uma vez, chegamos na época sobre as tais induções ao R&R Hall Of Fame.

    Concordo contigo que o aumento em vendas é uma reação inicial mesmo, que já foi provada, até. E o Chinese Democracy, convenhamos, foi um fracasso total em vendas perto da expectativa que se foi gerada ao longo do lança / não-lança do disco – fato que se confirmou quando o disco passou a ser comercializado por ridículos USD 0,99, preço de uma faixa na iTunes Store.

    Eu também tenho a opinião que estas indicações são falsas, ridículas e todos os adjetivos ruins que se pode dar – manipulação, etc. E Eddie Trunk foi perfeito em suas colocações abaixo – como podemos levar a sério isso se tais bandas por ele citadas não fizeram parte ainda deste evento? E, de quebra, sobre “forçar” a tal reunião – chamando os organizadores, em Português bem popular, de “sem noção”:

    Scott, do Anthrax, respondeu a Eddie Trunk e deu sua opinião:

    Mas o que vale isso tudo? A possibilidade de termos as tais reuniões dos membros passados da banda – principalmente da dupla Slash e Axl. No final do dia, todos só estarão concentrados nisso. Não há mais nada que interessa, visto que os outros membros se dão bem com Slash ou mesmo com Axl.

    Muita água ainda vai passar nesta ponte e somente em abril de 2012 teremos as respostas. Minha opinião? Difícil mesmo rolar tal reunião, ainda mais se Axl não se importar com isso – algo que é a coisa mais concreta de tudo. Alguém discorda?

    Agora falemos de Civil War, que não era tocada por uma banda com Axl Rose (vou falar assim para deixar mais claro) desde 1993!!! A versão realmente ficou excelente, tanto em termos da competente banda que hoje acompanha Axl, quanto pela performance vocal dele, que surpreendente em muitos momentos e, em outros, não compromete. O retorno desta música é mais do que bem-vindo e traz o clima nostálgico que os fás tanto esperam para abril do ano que vem…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Edu, comentários muito bem colocados. Até que ponto levar a sério uma entidade cujos critérios de seleção são influenciados pelo lobby das gravadoras… Pensando que o lobista é uma profissão regulamentada nos EUA, talvez para eles não seja de todo o ruim. Do meu ponto de vista, e compartilho com o seu, não me apetece. Até pelos mestres que ainda estão de fora.

      Agora… É notório que o R&RHoF é mestre em reunir desafetos. Será que os caras têm (ou pensam que têm) alguma carta na manga? Eu não sei.

      Com relação ao comentário do Scott Ian, contextualizando, a banda/artista pode ser indicado quando completa 25 anos de seu primeiro álbum mais o legado posterior a tal e influência e outros critérios subjetivos. À época de AFD, o que estava surgindo? Talvez a banda tenha mesmo se beneficiado pela falta de concorrentes. Por outro lado pode ser pura inveja mesmo. rsrsrs Mas creio que não. Abs

      Like

  3. Acho que uma reunião comemorativa pode perfeitamente rolar, a não ser que as feridas estejam muito abertas ainda . O lado comercial também conta e muito e o fato do Chinese Democracy ser um fracasso retumbante de vendas corrobora firmemente com isso . Se lembrarmos o acustico do KISS em 1996, e todo o oba-oba que surgiu para a reunião da formação original , podemos perfeitamente fazer uma analogia e quem sabe, desta GNR reunion , uma vez rolando, não se segue uma verdadeira e muito rentável turnê com os 5 originais da banda . Tenho certeza que o problema está entre Axl e Slash , pois Duff não se oporia , e tanto qualquer um dos guitarristas base ( Izzy preferencialmente , mas se este não quiser , sem dúvida Clarke ) quanto um dos bateristas da fase áurea da banda ( Adler daria um de seus braços para isso acontecer , sem dúvida) estarão quando e se a tal reunion acontecer . O fato monetário pode fazer um peso monstruoso, e basta uma fagulha / pretexto como um encontro neste Hall of Fame para a idéia tornar-se real .
    Depois, tal como aconteceu com o KISS, Axl e Slash brigam , e cada um vai pro seu lado ( muitíssimos bem acompanhados de verdinhas para dar e vender, diga-se de passagem).

    Por fim, preciso registrar um merecido parabéns ao post, excelente mesmo , Leandro.

    Alexandre

    Like

  4. Bom, acabo de ver a entrevista do Axl (porque não dá para contar que o DJ Ashba “participou” do papo) com os 3 caras do TMS.

    Parece que, como nós, fãs, que temos que “esperar” pelo Axl surgir no palco horas atrasado, os caras também tiveram que pagar um preço e fazer uma entrevista totalmente atípica, fora do estúdio, em pleno backstage de um show as 6h00 da manhã!

    A entrevista é bem humorada, apesar de notar um certo nervosismo dos apresentadores em não falar nada do possível combinado que com certeza foi feito antes do papo ser iniciado.

    Algumas curiosidades legais, mas sempre tudo muito bem pensado, pouco articulado, e muita piadinha. Assim, muita coisa ficou sem respostas realmente interessantes…

    Outro fato foi Axl se arriscar a falar de ex-membros da banda lá dos primórdios, mas o cuidado que todos tiveram para não entrar em nenhuma questão que fosse necessário envolver o nome do Slash foi impressionante. E puxa, se estamos falando lá do AFD, UUI, não tem jeito…

    Enfim, vale sim curtir a entrevista, o formato dela, que é bem diferente, e valeu para dar algum material pelos carentes fãs que nunca tem algo assim. Mas na hora do vamos ver, falar do futuro, do próprio R&R Hall Of Fame, do sucessor do Chinese, etc., muita piadinha e a tradicional “sabonetada”…

    Mas Eddie Trunk e produção, com certeza, tiveram receio dele ou de seus colegas fazerem alguma pergunta que Axl se levantasse e fosse embora “for good”…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Edu, foi minha impressão tb. Entrevista totalmente “chapa branca”. E deu pra perceber o nervosismo dos caras. Não sei se se intimidaram ou, vai saber, foram instruídos a não tocar em “determinados feudos” sob pena do Axl levantar e ir embora. Uma pena, pq o Axl parecia bem relaxado e disposto a falar. Poderiam ter ousado mais.

      Quanto ao Ashba, tem uma entrevista dele de uns 10 minutos, no mesmo local, no site do TMS. Bem interessante tb, pois ele fala de GNR, Motley Crue, como entrou na banda, etc. Abs

      Like

      • Creio que intimidados eles não ficam, cara – são muitos anos de estrada já entrevistando e envolvidos no meio do metal. Cansados? A cara de Eddie Trunk diz tudo – afinal, eles estavam ser dormir e conduzir uma entrevista dessas cansados não é o melhor cenário do mundo…

        Mas eu não tenho dúvidas que eles foram sim totalmente preparados a não tocar no assunto Slash. Axl estava bem humorado até porque sabia que os caras não pisariam no tomate…

        [] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

  5. Olhem o Twitter oficial de Axl. Realmente, só saberemos mesmo NO DIA (e talvez com atraso, hahahaha)…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  6. Eddie Trunk realmente é uma das vozes mais influentes mesmo. E isso será no mínimo interessante…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Mais:

      E olhem o que o Slash colocou sobre tudo:

      Ou seja: ele (Slash) não deve ir…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  7. Uma entrevista recente de Axl Rose que aborda este e outros assuntos:

    E a aposta de Eddie Trunk:

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Olha, gente, eu esperava que seria bem confuso e cheio de “diz-não-me-diz”, mas a coisa está até acima do que se podia prever (e muito cedo).

      Então, vou parar por aqui e vamos aguardar por informações mais “concretas” e oficiais – se é que as teremos (creio que só no dia, mesmo):

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  8. Bom, o post está registrado e diversos comentários foram feitos por aqui – sem contar todas as declarações oficiais que estão também registradas, do DJ Ashba, Duff, Slash e até mesmo de Axl. Até um segundo post saiu por aqui, depois do tweet no mínimo curioso do Slash (https://minutohm.com/2012/02/07/slash-duff-e-axl-o-que-um-tweet-pode-dizer-ou-nao/).

    Mas com a hora se aproximando e as expectativas gerais aumentando, Axl Rose finalmente se pronunciou, com um texto bastante “direto”. Sem mencionar os nomes do Slash e até mesmo do Matt, a declaração, na íntegra, está abaixo:

    ____________

    Axl’s letter to The Rock And Roll Hall Of Fame, Guns N’ Roses Fans and Whom It May Concern
    by Guns N’ Roses on Wednesday, April 11, 2012 at 1:19pm ·
    To: The Rock And Roll Hall Of Fame, Guns N’ Roses Fans and Whom It May Concern,
    When the nominations for the Rock And Roll Hall Of Fame were first announced I had mixed emotions but, in an effort to be positive, wanting to make the most of things for the fans and with their enthusiasm, I was honored, excited and hoped that somehow this would be a good thing. Of course I realized as things stood, if Guns N’ Roses were to be inducted it’d be somewhat of a complicated or awkward situation.
     
    Since then we’ve listened to fans, talked with members of the board of the Hall Of Fame, communicated with and read various public comments and jabs from former members of Guns N’ Roses, had discussions with the president of the Hall Of Fame, read various press (some legit, some contrived) and read other artists’ comments weighing in publicly on Guns and the Hall with their thoughts.
     
    Under the circumstances I feel we’ve been polite, courteous, and open to an amicable solution in our efforts to work something out. Taking into consideration the history of Guns N’ Roses, those who plan to attend along with those the Hall for reasons of their own, have chosen to include in “our” induction (that for the record are decisions I don’t agree with, support or feel the Hall has any right to make), and how (albeit no easy task) those involved with the Hall have handled things… no offense meant to anyone but the Hall Of Fame Induction Ceremony doesn’t appear to be somewhere I’m actually wanted or respected.
    For the record, I would not begrudge anyone from Guns their accomplishments or recognition for such. Neither I or anyone in my camp has made any requests or demands of the Hall Of Fame. It’s their show not mine.
     
    That said, I won’t be attending The Rock And Roll Hall Of Fame Induction 2012 Ceremony and I respectfully decline my induction as a member of Guns N’ Roses to the Rock And Roll Hall Of Fame.
     
    I strongly request that I not be inducted in absentia and please know that no one is authorized nor may anyone be permitted to accept any induction for me or speak on my behalf. Neither former members, label representatives nor the Rock And Roll Hall Of Fame should imply whether directly, indirectly or by omission that I am included in any purported induction of “Guns N’ Roses”.
     
    This decision is personal. This letter is to help clarify things from my and my camp’s perspective. Neither is meant to offend, attack or condemn. Though unfortunately I’m sure there will be those who take offense (God knows how long I’ll have to contend with the fallout), I certainly don’t intend to disappoint anyone, especially the fans, with this decision. Since the announcement of the nomination we’ve actively sought out a solution to what, with all things considered, appears to be a no win, at least for me, “damned if I do, damned if I don’t” scenario all the way around.
     
    In regard to a reunion of any kind of either the Appetite or Illusion lineups, I’ve publicly made myself more than clear. Nothing’s changed.
     
    The only reason, at this point, under the circumstances, in my opinion whether under the guise of “for the fans” or whatever justification of the moment, for anyone to continue to ask, suggest or demand a reunion are misguided attempts to distract from our efforts with our current lineup of myself, Dizzy Reed, Tommy Stinson, Frank Ferrer, Richard Fortus, Chris Pitman, Ron “Bumblefoot” Thal and DJ Ashba. 
    Izzy came out with us a few times back in ’06 and I invited him to join us at our LA Forum show last year. Steven was at our show at the Hard Rock, later in ’06 in Las Vegas, where I invited him to our after-party and was rewarded with his subsequent interviews filled with reunion lies. Lesson learned. Duff joined us in 2010 and again in ’11 along with his band, Loaded, opening in Seattle and Vancouver. For me, with the exception of Izzy or Duff joining us on stage if they were so inclined somewhere in the future for a song or two, that’s enough.
     
    There’s a seemingly endless amount of revisionism and fantasies out there for the sake of self-promotion and business opportunities masking the actual realities. Until every single one of those generating from or originating with the earlier lineups has been brought out in the light, there isn’t room to consider a conversation let alone a reunion.
     
    Maybe if it were you it’d be different. Maybe you’d do it for this reason or that. Peace, whatever. I love our band now. We’re there for each other when the going get’s rough. We love our fans and work to give them every ounce of energy and heart we can.
     
    So let sleeping dogs lie or lying dogs sleep or whatever. Time to move on. People get divorced. Life doesn’t owe you your own personal happy ending especially at another’s, or in this case several others’, expense.
    But hey if ya gotta then maybe we can get the “no show, grandstanding, publicity stunt, disrespectful, he doesn’t care about the fans” crap out of the way as quickly as we can and let’s move on. No one’s taking the ball and going home. Don’t get it twisted. For more than a decade and a half we’ve endured the double standards, the greed of this industry and the ever present seemingly limitless supply of wannabes and unscrupulous, irresponsible media types. Not to imply anything in this particular circumstance, but from my perspective in regard to both the Hall and a reunion, the ball’s never been in our court.
    In closing, regardless of this decision and as hard to believe or as ironic as it may seem, I’d like to sincerely thank the board for their nomination and their votes for Guns’ induction. More importantly I’d like to thank the fans for being there over the years, making any success we’ve had possible and for enjoying and supporting Guns N’ Roses music.
     
    I wish the Hall a great show, congratulations to all the other artists being inducted and to our fans we look forward to seeing you on tour!!
     
    Sincerely,
    Axl Rose

    P.S. RIP Armand, Long Live ABC III

    Fonte: https://www.facebook.com/notes/guns-n-roses/axls-letter-to-the-rock-and-roll-hall-of-fame-guns-n-roses-fans-and-whom-it-may-/10150928055678222

    ____________

    Creio que o statement do Axl, concordemos com ele totalmente, parcialmente ou em nada, é claro como cristal: esqueçamos ele com Slash, possibilidade de reunião dos lineups do AFD / YYI ou Axl no R&RHOF…  ontem, hoje ou amanhã. 

    E o outro recado é: como o R&RHOF não é algo que efetivamente credencia algo na história – não serei repetitivo, visto que já falamos muito disso nos comentários deste post mesmo. Por fim, Eddie Trunk, claro, se deliciou com a recusa do “amigo” Axl:

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • Slash falando do assunto R&RHOF, provavelmente antes da declaração de Axl…

      Notem que, ao final do vídeo, o apresentador brinca com a “twittada” do Slash no dia do aniversário do Axl, que gerou o post da Carol Carvalho por aqui.

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

    • Muito bom o Axl ter enfim se pronunciado. E concordo com muito do que ele falou. Exceto pelo fato de ele ter ignorado completamente a existência do Slash (uma palhaçada sem tamanho essa picuinha), de resto ele está certo mesmo.

      Chega de ficar chorando por uma reunião do antigo Guns. É hora de seguir em frente! Essa atual formação do Guns já está bastante tempo tocando juntos (ou mais) que a antiga. É ate um desrespeito com os atuais músicos que acompanham o Guns ficar o tempo todo cobrando uma reunião.

      Like

      • Sim, eu também, Su. E essa babaquice dele nem FALAR o nome do Slash realmente tem que acabar – seria legal para mostrar que ele superou REALMENTE a situação e enterrar de vez o assunto.

        Mas sim, reunião do lineup original é assunto encerrado de vez agora. Creio que é bom para todos, menos para quem gostaria de ganhar umas notinhas com o assunto – seja em publicidade, vendas, shows, etc.

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

  9. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  10. Izzy’s Statement: http://blogs.seattleweekly.com/reverb/2012/04/izzy_stradlin_rock_hall_of_fa.php

    I have waited up to this point to see what would become of the GNR induction into RRHOF. I would like to say THANK YOU and GRACIAS to RRHOF for the acknowledgement of our works over the years as a band. BIG THANKS to all my bandmates who helped get us to where we are today. And, of course, THANK YOU to all of the people on this planet (including, but not limited to, the entire universe and beyond, etc., etc., etc.) who have supported Guns N’ Roses from day one. Adios, Amigos!

    Izzy Stradlin

    LONG LIVE ROCK N ROLL!

    Like

  11. Duff McKagan responde carta de Axl Rose sobre cerimônia do Hall da Fama do Rock
    http://www.rollingstone.com.br/noticia/duff-mckagan-responde-axl-rose-sobre-cerimonia-do-hall-da-fama-do-rock/

    “As canções e as mensagens que elas ainda carregam são o mais importante”, diz Duff; vocalista do Guns N’ Roses não participará da homenagem

    por Redação
    13 de Abril de 2012 às 15:20 Após Axl Rose afirmar que não irá comparecer à cerimônia de introdução do Guns N’ Roses ao Hall da Fama do Rock, Duff McKagan, baixista da formação clássica da banda, respondeu as declarações de seu ex-colega.

    “No fim das contas, não importa quem vai aparecer e quem não vai aparecer da banda original, e eu apoio qualquer razão que este cara ou aquele tenha para não comparecer. Está tudo bem. As canções e as mensagens que elas ainda carregam são o mais importante”, postou em seu blog no Seatlle Weekly.

    Desde o anúncio da introdução do Guns no Hall da Fama os fãs tinham esperanças de ver uma reunião da formação clássica da banda. Nas últimas semanas, Slash, Matt Sorum, Dizzy Reed, Steven Adler e o próprio Duff McKagan indicaram que pretendem participar da cerimônia.

    Duff acredita que a história do Guns N’ Roses é marcada por adversidades e a honra de fazer parte do Hall da Fama deve ser dedicada aos fãs. “Nessa noite eu não honrarei apenas a mim mesmo ou o jantar de frango que eles com certeza irão servir, mas todas aquelas pessoas que são fãs da nossa banda chamada Guns N’ Roses.”…

    Like

  12. Valeu pelos 2 comentários / contribuições, Leandro. Agora, só nos resta esperar pela noite de hoje e vermos os desdobramentos… melhor agora segurarmos um pouco e vermos se será meramente um evento político / social ou se haverá um pouco de emoção genuína, seja lá quem estiver presente…

    Estou falando isso apenas na esperança de termos algo bom que o evento possa gerar – afinal, o evento em si e toda sua negligência com outros grandes nomes tiram até mesmo a credibilidade da coisa.

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  13. O tal ódio mortal…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  14. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  15. Com Slash:

    Mais uma: http://t.co/NsDULMeT

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  16. Continuando a “cobertura”:

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  17. Mais…

    Discursos:

    Sweet Child O’ Mine, com Myles DETONANDO, Slash PERFEITO e apenas a foto de Axl ao fundo…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • SENSACIONAL! Slash inspiradíssimo fez questão de tocar o solo de forma perfeita! E sobre Myles, o atual Axl jamais faria melhor!! Inclusive no momento “where do we go, where do we go now…” o timbre de voz de Myles está muito parecido ao do Axl em Appetite. Dá pra fechar os olhos e imaginar que é o Axl que está la no palco cantando!

      E as fotos antigas no fundo, que saudade… Aquele é o Guns que sou fã.

      Like

      • Su, sim, era exatamente isso que eu vi: um Slash perfeito, tocando nota por nota, Myles “nailing” os vocais e a parte que você destacou de “where do we go, where do we go now” é realmente um timbre que lembra AQUELE Axl Rose, aquele da foto ao fundo, hoje apenas uma lembrança saudosa.

        Resta saber o que será transmitido na HBO depois e o que sairá de material oficial desta noite em CD / DVD / blu-ray – e se Axl tomará alguma ação até mesmo com o YouTube…

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

    • Agora Mr. Brownstone:

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  18. E um dia antes do R&RHOF, Duff McKagan, Matt Sorum e Gilby Clarke se reuniram em Cleveland no House Of Blues e tocaram 2 do Guns:

    Fonte / Mais informações: http://legacy.roadrunnerrecords.com/blabbermouth.net/news.aspx?mode=Article&newsitemID=172605

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

    • O recado foi dado pelo Duff : A música deveria ser maior que os problemas …Infelizmente o Sr Rose não pensa assim, o que nos deixou pelo lado positivo com a perfeição do vocal de Myles . E o Izzy, alguém sabe por que ele não apareceu ?
      A versão de Sweet Child O” MIne com o Adler na batera foi sensacional mesmo….

      Alexandre

      Like

  19. Do twitter do Axl (@axlrose), hoje (17/abr/2012):

    To: Cleveland, Ohio, Guns N’ Roses Fans and everyone who’s shown support for my decision regarding the Rock And Roll Hall Of Fame.

    I seriously didn’t plan on or expect the overwhelmingly positive response and public support for my decision regarding the Rock And Roll Hall Of Fame. With such a generous outpouring of solidarity from fans, media outlets, writers and other artists, I’m truly humbled, blown away and unbelievably relieved! To be honest, I thought it would go the other way and was just hoping to weather the storm. As I said, I sincerely didn’t want to disappoint anyone. It gets old being the outlaw even if “it’s only rock and roll”.

    It took a lot of focus and soul searching to be sincere and informative while making a genuine effort to be somewhat diplomatic. We made, what I feel, are real efforts to learn about the Hall and the Board, spoke as I said with the president and various members, and though I inducted Elton John and Bernie Taupin in ’94 saying something to the effect of “I’m learning what the Hall’s about…”

    I still don’t exactly know or understand what the Hall is or how or why it makes money, where the money goes, who chooses the voters and why anyone or this board decides who, out of all the artists in the world that have contributed to this genre, officially “rock” enough to be in the Hall?

    This isn’t an attack. These are genuine issues I don’t have enough verified information on to have more than rough ideas. Certainly not enough information to make any judgments about.

    I would like to apologize to Cleveland, Ohio for not apologizing to them beforehand for not attending [the ceremony] in their city. I think they know how much I genuinely love performing there. Cleveland does in fact Rock!!

    Now that the smoke’s cleared a little, any desperate, misguided attacks have been just that, a pathetic stab at gossip, some lame vindictiveness, the usual entitlement cr*p, he’s obsessed, crazy, volatile, a hater. I once bought a homeless woman a slice of pizza who yelled at me she wanted soup. We got her the soup. You can get your own.

    Again: HUGE thanks to the fans and to everyone for the incredible public support. My congratulations to the other artists inducted. And my apologies to the city and people of Cleveland, Ohio. I hope you’ll forgive me and we hope to see you again soon!

    Keep Rockin’,

    Axl

    Unlike my open letter to the Rock And Roll Hall Of Fame, Guns N’ Roses Fans and Whom It May Concern this was written for GNR’s official website, Facebook account and my personal twitter account and not intended as a press release. If anyone does choose to pick this up as has been done previously I’d appreciate if you’d run in full including this paragraph so as not to give a partial picture, have things taken out of context or to imply or inadvertently give the impression this was intended for other outlets.

    Thanks in advance. Peace -l

    Like

    • Minha opinião bem direta desse texto novo do Axl: blá-blá-blá. Únicos acertos dele são falar sobre a falta de critérios e da questão do dinheiro, coisas que já tinha se posicionado na mensagem anterior (já dava para ter entendido).

      De resto, papinho de dar sono. Perdeu uma grande chance de ficar quieto, apenas com o posicionamento anterior.

      O tweet:

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  20. Vídeo completo:

    Fonte:

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  21. Momento #ThankYouAxl do Slash:

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  22. Guns com Myles Kennedy, na noite do Hall of Fame, agora com vídeo exibido na HBO. Sweet Child o’ Mine e Paradise City

    Like

Trackbacks

  1. Slash, Duff e Axl: o que um tweet pode dizer… ou não… « Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: