Mapa: o Reino Unido do dom musical

Já publicamos por aqui o site “Map of Metal”, um trabalho muito bem feito que traz ótimas informações da história do metal de uma forma bastante interativa. A dica continua válida, a propósito.

Hoje, durante minhas leituras, vi um Tumblr interessante, o “Pictures by James Chapman“. O cara, um físico britânico de 24 anos, faz como hobby ótimas ilustrações e vídeos do YouTube de temas em geral, principalmente entretenimento (para os amantes de seriados americanos, não deixem de conferir esta imagem). Além disso, ele comercializa sua arte, imprimindo versões em alta resolução.

Em uma destas ilustrações, ele se inspirou para fazer uma mapa do Reino Unido e trazer uma seleção de nomes da música da seguinte forma:

– Artistas solo: onde eles nasceram / cresceram;

– Bandas / grupos: onde se conheceram / formaram.

Clique na imagem para ampliá-la:

UK_musicallygifted

Achei bem legal e ainda por cima é uma ótima forma de explorar possíveis lugares relacionados aos artistas e bandas em cada local, em conjunto com nosso post que lista lugares, roteiros e dicas.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:Artistas, Black Sabbath, Curiosidades, Deep Purple, Dire Straits, Iron Maiden, Judas Priest, Led Zeppelin, Motörhead, Off-topic / Misc, Pink Floyd, Queen, Rolling Stones, The Beatles, The Police, Whitesnake

3 respostas

  1. Todos os links são muito legais, tanto o principal deste post, quanto os outros do texto, acabei revisitando o Map of Metal também.
    Explorando a mapa principal , foi interessante ver bandas sozinhas em determinadas cidades menores, como o Whitesnake e o Jethro Tull.
    Outras duas cidades são destaques que saltam de cara , pela importância indiscutível para o nosso gênero de predileção .
    Birmingham – por trazer o Sabbath e o Judas
    Londres – pela quantidade justificável de bandas de extrema importância, como o Maiden e o Led.

    E fica como curiosidade que a maior banda de todos os tempos não tenha tido , pra mim, sucessores que nem próximo chegam dela.
    Liverpool poderia ser bem mais prolífera , não ? Bem, acho que a tal “bandinha” já deixou muito em sua época, de qualquer maneira..

    Deixa o Frank ir pra Hollywood mesmo…

    Alexandre Bside

    Curtir

    • B-Side,

      excelente sua análise do mapa – seus comentários sempre acrescentando algo bacana a todos.

      Birmingham, que cidade, não? Industrial em sua história, comercial atualmente, mas que entregou 2 sinônimos de heavy metal do mundo e que competia nos anos 60 com Liverpool pelas atenções no cenário musical. É que os Beatles não deixaram muito…

      Falando no Fab Four, Liverpool parece viver ainda às sombras dos Beatles (mas convenhamos: deve ser a maior sombra do planeta, haja “escuridão”).

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

  2. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: