Tributos e covers levados ao extremo

Galera,

O Eduardo meio que havia sugerido um post acerca do Transatlantic (uma superbanda de progressivo formado pelo incansável baterista do Dream Theater Mike Portnoy), ou algo em torno das covers executadas pela banda, visto que havia mandado um link contendo pedaços do Abbey Road em uma execução “live” deste Transatlantic. Sem dúvida, “coverizar” músicas não é novidade no universo musical,seja ele metal, progressivo ,etc… o próprio Transatlantic já gravou em versões extras de seus CDs, algo como Shine On You Crazy Diamond (Pink Floyd) e uma “jam” despretensiosa de ” Oh, Darling (Beatles). Mas o que trago aqui é algo levado mais a fundo pelo citado baterista acima. 

Listo uma sequência de tributos efetuados pela banda “de ofício” de Portnoy e outros formados por superbandas que trazem não só Mike como também Paul Gilbert em suas formações …tais tributos mostram uma execução maior de diversas músicas de uma banda (os tais projetos paralelos de Portnoy e Gilbert) ou então uma execução na íntegra de um determinado CD de uma determinada banda (aqui a cargo do Dream Theater).

A coisa começou quando o Dream Theater surpreendeu a todos que estavam no dia 19 de fevereiro de 2002 em Barcelona para o bis da turnê de promoção do então álbum 6 Degrees Of Inner Tourbulence. O que se sucedeu ao setlist normal foi a execução na íntegra do CD Master Of Puppets, do MetallicA. Algo pode ser visto no YouTube, como por exemplo este vídeo trazendo a própria música do MetallicA:

Ainda na mesma turnê, a banda resolveu atacar a versão na íntegra de The Number Of The Beast (Iron Maiden). E o fez em pelo menos três ocasiões, como o exemplo abaixo, em Londres (21/10/2002), Paris (24/10/2002) e Atenas (07/11/2002):

Independente da qualidade das covers (alguns podem principalmente questionar o vocal, que é no mínimo muito diferente dos originais ,já a parte instrumental está muito fiel), o que se vê nestas performances é uma reconhecida homenagem à aqueles que de alguma forma influenciaram a banda. Mas a coisa não parou por aí…. em 2005 (nos dias 11 e 25 de outubro), o homenageado foi o multiplatinado The Dark Side Of The Noon do Pink Floyd, que encabeça este post.

Dream Theater: "official bootleg"

E por fim (até o momento) em 2006, a turnê japonesa do CD Octavarium traz um tributo a um disco ao vivo, Made In Japan do Deep Purple , executado na íntegra em 13 e 15 de janeiro. Quem quiser checar, pode ver uma versão de Highway Star abaixo:

Portnoy, porém, resolveu também homenagear 4 bandas em projetos que contavam com vários outros músicos, mas sempre com Paul Gilbert nas guitarras. Interessante é ver o músico por vezes utilizar perucas ou barba por fazer para caracterizar os heróis coverizados (Jimmy Page e Pete Townshend).

Os detalhes destes projetos vem a seguir:

Em 2003, o projeto Yellow Matter Custard (pedaço da letra de I Am The Walrus) homenageou em 2 shows nos EUA simplesmente os Beatles, com a seguinte formação: Mike Portnoy, Paul Gilbert, Neal Morse (teclados, voz, violões, guitarras, baixo) e Matt Bissonette (baixo,vocal) foram tocadas: Magical Mystery Tour, Dear Prudence, Dig A Pony, She Said, She Said, I Call Your Name, You Can’t Do That,  When I Get Home, Nowhere Man, Rain, Free As A Bird, Come Together, I Am The Walrus, While My Guitar Gently Weeps, Drum Solo/The End, Baby’s In Black, I’ll Be Back, No Reply, The Night Before, You’re Gonna Lose That Girl, Ticket To Ride, Everybody’s Got Something To Hide Except Me And My Monkey, Oh, Darling, Think For Yourself, Wait, Revolution, I Want You (She’s So Heavy), You Know My Name (Look Up The Number), Lovely Rita, Good Morning, Good Morning, Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band (Reprise) e A Day In The Life.

Ainda em 2003, dois shows homenagearam o Led Zeppelin, sob a alcunha de Hammer Of The Gods (pedaço da letra de Immigrant Song), Mike Portnoy e Paul Gilbert, contando também com Daniel GIldenlow (vocais) e Dave LaRue (baixo). O set contou com as seguintes músicas: The Songs Remains The Same, Heartbreaker, Livin’ Lovin’ Maid (She’s Just A Woman), The Rover, Houses Of The Holy, Misty Mountain Hop, Immigrant Song, The Rain Song, Dazed and Confused, In The Light, Celebration Day, Night Flight, The Wanton Song, Out On The Tiles, Moby Dick/Drum Solo, Ten Years Gone, Black Dog, The Ocean, Thank You, How Many More Times e I’m Gonna Crawl.

Por fim, em 2005, mais dois projetos: Cygnus And The Sea Monsters (um tributo ao Rush) e Amazing Journey (ao The Who). Com Portnoy, Gilbert, Sean Malone (baixo) e Jason McMaster (vocal), o tributo ao Rush tocou em 18 de setembro as seguintes músicas:2112 (na íntegra), Cygnus X-1, Hemispheres (também na íntegra) e YYZ (contendo um solo de bateria).

A formação Amazing Journey é talvez a mais conhecida: além de Portnoy e Gilbert, estiveram presentes Gary Cherone (Extreme, Van Halen) e Billy Sheehan (Dave Lee Roth, Mr Big). Foram tocadas: Baba O’Riley, Sister Disco, Substitute, Pictures Of Lil, I Can See For Miles, Young Man Blues, A Quick One While He’s Away, Bargain, Behind Blue Eyes, The Real Me, Love Reign O’er Me ,Overture, It’s A Boy, 1921, Amazing Journey/Sparks, Eyesight To The Blind, Christmas, The Acid Queen, Pinball Wizard, Tommy Can You Hear Me?, There’s A Doctor, Go To The Mirror, Smash The Mirror, I’m Free, Tommy’s Holiday Camp, We’re Not Gonna Take It, Who Are You, Won’t Get Fooled Again e My Generation.

Em todos estes projetos acima, é muito interessante notar os kits de bateria que Portnoy trouxe para tocar… desde a simplicidade do kit dos Beatles até uma maravilhosa réplica do kit de Neil Peart no projeto do Rush, o que se vê são detalhes meticulosos que beiram à loucura… Paul Gilbert também utiliza guitarras diferentes das que estamos acostumados a ver, inclusive uma de dois braços no tributo ao Led Zeppelin…

Por fim, posso atestar que todos os tributos são válidos de uma checada. Divido a minha preferência entre o The Dark Side Of The Moon executado pelo Dream Theater e o Yellow Matter Custard .

Quem gosta das bandas homenageadas não deve perder a oportunidade. E pra quem gostar muito do que viu, ainda pode comprá-los neste site, que “oficializou” todos os bootlegs.

Até a próxima.

Alexandrebside.



Categories: Artistas, Bootlegs, Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, Dream Theater, Extreme, Iron Maiden, Led Zeppelin, Músicas, MetallicA, Pink Floyd, Rush, The Beatles, The Who, Van Halen

20 replies

  1. Alexandre. Parabéns e muito obrigado por toda essa informação. EU conheço o Dream Theater e já os vi tocando outras músicas, inclusive algumas músicas tema, como o tema dos Simpsons e do filme Missão Impossível.

    Vou dar uma olhada nesses vídeos e olhar no site do Portnoy para verificar esses projetos off-Dream Theater.

    Mais uma vez Obrigado.

    Like

  2. B-Side, valeu… outro post-petardo de vossa autoria!
    Consegui ouvir e compartilho da sua opinião final… na verdade, eu já havia ouvido na íntegra as versões do Master e do 666. Em Master of Puppets (música), se fechar os olhos, não dá para saber se é ou não o Hetfield tocando… é impressionante! Do 666, Hallowed Be Thy Name é surreal…

    Sobre Beatles, muito legal o nível insano de detalhes… sensacional mesmo.

    [ ] ‘ s e obrigado pela excelente contribuição.

    Eduardo.

    Like

  3. News do Transatlantic, diretamente do twitter do Portnoy (o link é válido pelas fotos, ou tentem arriscar o Google Translator para o texto…)

    http://grablewski.com/archives/1581

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  4. E como Portnoy está temporariamente “desempregado”, ele tem arrumado uns “bicos” , um deles é o retorno do magnífico projeto Yellow Matter Custard, contando novamente com Paul Gilbert e Neal Morse . Quem já viu o projeto anterior , que contava com o Matt Bissonette, não pode se queixar, pois foram shows sensacionais… O baixista desta vez é Sulton Kasin, do Utopia , e espero que alguma coisa em vídeo seja novamente disponibilizada.
    São três shows em fevereiro , nos dias 25, 27 e 28 em Los Angeles, Chicago e New York. Imperdível para os fãs dos Beatles , pois a dupla Portnoy/Gilbert é capaz de ” encarnar” com muita maestria seus heróis .

    Alexandre Bside

    Like

  5. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  6. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  7. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Like

  8. Novidades sobre o novo CD duplo do Transatlantic, chamado “Kaleidoscope”, com pré-venda para 27.12.2013: a banda lançou um clip da faixa “Shine”.

    Detalhes do clip/álbum no seguinte link da Prog Rock Magazine:

    http://www.progrockmag.com/video/transatlantic-premiere-shine/

    E o clip de “Shine” (particularmente não gostei nada da música… e não gostaria que o Transatlantic seguisse este caminho, após o excelente “The Whirlwind”, pois esta parece mais uma música solo de Neal Morse… mas vamos aguardar o resto do CD, que tem várias faixas longas e alguns covers interessantes)

    Like

    • Abilio, a música não é ruim RUIM, só não tem nada demais… o ruim é ver o Portnoy com esse kit de bateria que deve ser menor até que o da minha escola… é muito desperdício… esse negócio dele cantar, apesar da voz não ser ruim, também é um desperdício, em minha opinião.

      A banda que sempre se diferenciou por poder fazer qualquer coisa mais prog, viajar mesmo, agora simplificou de vez nesta oportunidade e, como você disse, tomara que esta seja apenas uma exceção (é o que parece) em relação à sonoridade do disco que está chegando.

      [ ] ‘ s.

      Eduardo.

      Like

Trackbacks

  1. Em 21/abril/2011, “a data da data” para o novo baterista do Dream Theater… « Minuto HM
  2. Bateristas e suas obsessões « Minuto HM
  3. Aventuras em Manhattan – Especial Minuto HM – Parte 3 | Minuto HM
  4. Discografia The Winery Dogs – Parte 1 – Álbum: The Winery Dogs « Minuto HM
  5. Cobertura Minuto HM – Marillion no RJ (10/05/2014) – resenha « Minuto HM
  6. Versões, covers ou tributos que (ainda) não existem – ou que poderíamos ficar sem… | Minuto HM
  7. Consultoria do Rock – “Melhores de Todos os Tempos: 2000″, com participação do Minuto HM – Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: