Resultados Polls # 43, 44 e 45: Between Two Hearts eleita melhor música do Lock Up The Wolves

Continuando nossa série de pesquisas que faz parte da discografia-homenagem a Ronnie James Dio, chegamos aos anos 90 e, com eles, veremos como as 3 etapas das votações do Lock Up The Wolves se comportaram – e, já adiantando o “tom” do post, tivemos este surpreendente (e agradável, para muitos) resultado final.

Como o álbum possui 11 faixas, a primeira etapa de votações foi ainda mais dura, já eliminando 5 destas. A votação, confirmando uma tendência que estamos notando sempre que as primeiras etapas dos discos são iniciadas, começou bem embolada, com a faixa-título tirando a inexistente unanimidade (ainda não observada em nenhuma etapa das pesquisas) logo de cara.

Conforme os dias da primeira fase foram passando, Twisted e Night Music foram dando sinais que seriam as primeiras eliminadas. A disputa continuou bastante intensa (apenas para não repetir “embolada”) entre as outras 9 músicas do disco. Na ponta das que buscavam a classificação, apenas Lock Up The Wolves foi a “menos” ameaçada do período, indicando que chegaria forte para brigar pelo retorno das faixas-título como campeãs. Mas veremos depois que “os lobos” não estavam tão “locked” assim…

O desenho da “degola” começou a ganhar traços finais com Why Are They Watching Me e Evil On Queen Street chegando ali nas outras duas já mencionadas, ainda que esta segunda não tivesse uma grande diferença de número de votos principalmente para Hey Angel (2%) – e, enquanto isso, as outras 7 músicas do disco continuaram voto-a-voto trocando de posições na votação.

Mas uma hora a brincadeira tinha que se concluída e os resultados finais estão apresentados abaixo:

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.

A segunda etapa chegou e tudo que conferimos acima de “tendências” pode, a partir de agora, ser literalmente descartado, nesta surpreendente etapa, que também mostra que, quando o escopo da disputa fica mais específico, os resultados realmente são outros. Foi realmente uma loucura esta etapa intermediária (em comparação direta com a primeira), como vamos conferir agora.

Foi possível observar um novo equilíbrio na peleja, com Wild One, My Eyes, Walk On Water e Born On The Sun ficando algumas vezes empatadas e trocando de posições discretamente. Comento isso pois Between Two Hearts, que nunca havia sido apontada com força para uma classificação para a final do álbum, ficou ali, quietinha (e sem dúvidas sob uma violenta influência pelo excelente ensaio do DW que ocorreu no dia anterior da abertura desta etapa e que contou com esta faixa no repertório), garantindo uma surpreendente e agradável vaga para a grande final. Mas, no meio deste bolo todo, contra quem?

A verdade é que até os últimos momentos da pesquisa, não dava para responder esta questão – apenas Wild One tinha seu lugar mais certo no caminho da degola. Aliás, não foi possível fechar a pesquisa no dia programado porque ainda tínhamos um nó para ser desfeito, justamente para acharmos a resposta desta pergunta. Lock Up The Wolves estava garantindo seu até esperado lugar na final (e, da mesma forma que comentei acima, se tivesse entrado, talvez tivéssemos outro resultado na última etapa) mas, para embolar a coisa de vez, Born On The Sun chegava na disputa.

Tivemos que esperar mais um dia para vermos se rolava o desempate e, garantindo a surpreendente final, My Eyes conseguiu sua passagem, desbancando tanto o single do álbum como a faixa-título nesta incrível disputa!

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.

Chegava a final e, com o single e Lock Up The Wolves eliminados, será que My Eyes faria frente para Between Two Hearts?

No começo, My Eyes estava conseguindo mudar o jogo a seu favor em relação à etapa anterior – tendo apenas um voto contra 3. Mas a virada não só aconteceu bem rapidamente, como a vantagem a favor de Between Two Hearts acabou sendo expressiva, sendo esta a favorita para praticamente 2/3 dos eleitores! Assim, nesta disputa entre essas faixas mais “bsides”, a resposta para a pergunta acima foi dada com muito menos aperto que na etapa anterior:

Obs.: cliquem aqui para ver esta etapa e os comentários que fizemos durante a votação dela.
E assim termina esta espetacular disputa das músicas do Lock Up The Wolves, contando com uma conclusão igualmente espetacular. Como de costume, a sequência será dada com a publicação do post-resenha do álbum.
Além disso, como veremos em breve na discografia, aquela formação tão especial do Black Sabbath se reuniria novamente depois, entregando ao mundo um extraordinário álbum de heavy metal, tão apreciado por muitos aqui no Minuto HM: Dehumanizer! Mas é bom nem começar a falar disso agora – é hora de realmente respirarmos MUITO fundo (todos nós) e já partirmos para a dura eliminação de músicas da obra-prima – a primeira etapa já está aberta! Boa sorte a todos nós…
[ ] ‘ s,
Eduardo.


Categories: Black Sabbath, Curiosidades, DIO, Discografias, Músicas, Pesquisas

8 replies

  1. Não achei tão surpreendente assim o resultado final. Between Two Hearts é uma boa musica, merece a vitoria, apesar de eu ter votado nela para ser eliminada. E sem duvidas que ganhou um gostinho especial após o ensaio do DW. Obrigada por isso, pessoal 😉

    Só fiquei um pouco triste aí nesta pesquisa, conforme falei nos comentários da votação, pela eliminação precoce de Evil On Queen Street. Tem uma pegada blues muito legal, uma excelente performance do Dio e um solo bem legal. Merecia ao menos ir para a segunda fase…

    Like

    • Bem, Su, a questão de ser surpreendente é se analisarmos que estas músicas não tem o “apelo” das outras, principalmente de Lock Up The Wolves e do single Wild One. Na verdade, havia dúvida até se ela a campeã não seria eliminada logo na primeira fase…

      Então, não é questão de merecimentos (aliás, se fosse por isso, pesquisas assim nunca deixariam a gente feliz), mas sim de uma música como ela chegar a classificar após um resultado intermediário na primeira etapa e ter sido a menos votada nas fases seguintes…

      Concordo com você quanto a Evil On Queen Street, principalmente quanto ao vocal de Dio ali. Também acho que merecia passar de fase…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

    • Suelen, eu adoro a musica (Between) tb, aliás é um dos motivos por estar no repertorio do Dw, claro, mas nunca imaginava ser a vencedora, se estivéssemos na bolsa de apostas, eu perderia meu dinheiro todo. E o mais incrível é que o fato de ter sido tocada no ensaio não altera o resultado. A não ser que vocês (Suelen e Eduardo) tenham feito campanhas em prol da vencedora, o que não parece ser, já que você votou em My Eyes para vencer. Pode ter havido uma espécie de telepatia – para os que votaram e não assistiram o ensaio? – um caso tipico do sobrenatural de almeida? O fato é que Between ganhou a final com sobras, independente dos nossos votos (Eu, você, Ale e Eduardo) e talvez tenha mais reputação do que eu pensava. Em relação a uma provável vencedora, eu imaginava a faixa título ou o single (Wild One), e correndo por fora, My Eyes, e aí quase tanto fazia, pois gosto muito das 4 (incluindo aí a vencedora). Em relação a Evil on Queen Street, também achei (mais uma vez) estranho ela sair de cara, realmente não merecia, mas ao mesmo tempo não é comum termos um blues(moderno) na carreira solo do baixinho, não é? E a interpretação na música é realmente mais uma aula…
      FR

      Like

      • Bom, agora que passou… eu não fiz campanha e NA FINAL, também vote para My Eyes ganhar (ou seja, votei em Between). A influência ocorreu mais na etapa anterior… e sim, ela ganhou com folga, e é isso que é surpreendente (sobrenatural?)…

        Na primeira etapa, apostar em Between como vencedora também me faria ficar (mais) pobre…

        [ ] ‘ s,

        Eduardo.

        Like

  2. Essa sem dúvida foi a final mais surpreendente até agora , e , por consequência teve uma vencedora ainda mais surpreendente, pois My Eyes ainda era por mim considerada favorita na final.
    O interessante é que Between Two Hearts chegou próximo da degola na primeira fase , vejam só…
    Acho que o sobrenatural de Almeida participou intensamente dessa votação, foi incrível mesmo.
    Não posso esquecer, é claro, de parabenizar o Metalmático Eduardo e seus cálculos precisos .
    Por fim, preciso dizer que me diverti muito nas etapas de votação do Lock Up the Wolves e estou me divertindo bastante com o sofrimento de vários de nós nessa etapa atual, o clássico Dehumanizer !

    Saudações

    Alexandre Bside

    Like

    • Pois é, B-side, a grande vencedora quase caiu na primeira fase, o que mostra as diferenças quando o escopo diminui, como comentei no post. Eu também apostada na vitória de My Eyes, dei minha contribuição, mas é isso aí…

      Estava aqui pensando: quando Between Two Hearts for brigar com outras músicas da era-Dio, acho que era será degolada com uma violência incrível, não? Ou estaria errado novamente?

      Obrigado pelos elogios e sim, foi muito divertido este Lock Up The Wolves… mas o Dehumanizer começou ainda melhor, hahahaha…

      A propósito: Remote, já votou no Dehumanizer?

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Like

  3. Uma incrível violência, sem dúvida … Também assim espero, Between two hearts não tem a menor chance …. Já foi longe demais .. Mais que é merecido, ah, isso é ..

    Like

Trackbacks

  1. Discografia-homenagem DIO – parte 10 – álbum: Lock Up The Wolves « Minuto HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: