Cobertura Minuto HM – Marillion Weekend 2017 – Santiago (Chile) – parte 0: sincronismo inexplicável do pré-show

Essa deve ser a primeira vez que uma cobertura pré-show começa com uma parte “zero”. Dentro do possível, por aqui no blog procuramos registrar o pré-show também, iniciando pela primeira parte pré-show, que é algo que normalmente se deixa de lado para ir direto à resenha. Bom, para mim o resultado direto disso é ter uma lembrança completa… isso começou praticamente desde o início do blog com os primeiros shows assim que o celular permitiu a chegar a isso, ainda em 2010.

Bom, por que este então é a parte zero de uma cobertura? Vamos a uma daqueles doideiras da vida…

Os que acompanham o blog e nossos podcasts com atenção – diria MUITA atenção – vão se lembrar do Abilio querendo realizar um sonho: participar do Marillion Weekend 2017 em Santiago, Chile. Ele nos comentou sobre isso ainda no ano passado, que se organizaria para participar, que teria um tal de “Swap The Band”, que ele faria a inscrição para participar e tudo mais. Bom, deixo ao Abilio a futuro comentar mais sobre o processo.

Mas aí vem o dia-a-dia cada vez mais maluco de todos nós. Justo o Abilio deu uma sumida geral da internet, e do blog – os períodos coincidem. Limpou o WhatsApp tendo uma das inspirações o tais comentários que sempre fiz lá dos exageros e como isso nos afasta como indivíduos. Mas, de novo, deixo essa bola para ele a futuro se quiser falar.

Pulando a momento presente. Santiago, Chile, 18h02, 20/maio/2017. Estou na capital chilena a trabalho por uns dias. Neste sábado, revolvo fazer 2 passeios por vinícolas. Fico o dia todo fora e, claro, na volta o vinho dá aquele sono. Não queria cochilar na van. Pego o celular e dou aquela geral nas fotos. Volto ao menu e sem motivo explicável, clico nos contatos. Aquela mania de abrir aplicações no celular sem motivos que imagino que aconteça com muitos. O nome “Abilio”, por ordem alfabética, ali aparece. Penso: “caramba, o Abilio sumiu – será que ele está bem?”.

Mando uma mensagem a ele: “Abilio, tudo joia? Quanto tempo. Passando para dar um abraço e espero que esteja bem”. Mais nada. Atenção novamente: são 18h02 e estou na estrada voltando para Santiago. No mesmo minuto (hm), chega a resposta: “fala, velho. Tô no Marillion Weekend. Tirei fotos para car*** e aguarde meu comeback”.

O papo engata uma segunda marcha. Do meu lado, não lembrava que o Marillion Weekend era em Santiago. Ele me manda umas 3 fotos, sendo uma dos Andes. Aí até eu, que sou uma topeira, ligo o “A” com “B” e solto aquela pergunta mais óbvia do planeta que poderia fazer: “cara¨¨¨, você está em Santiago?”.

Esticando a segunda marcha para a terceira, lá vamos nós falando das possibilidades. Meu planejamento de sábado a noite era nenhum – hotel, cochilo, jantar, talvez trabalhar e arrumar coisas, pois no domingo (hoje), acordaria bem cedo novamente para uma saída andina. O vinho estava na cabeça. O frio era outro fator que desanimava. Mas o Abilio solta a frase principal: “vamos lá hoje – tem ingresso”. E isso era, obviamente com a possibilidade rara e aquele sincronismo inexplicável das pessoas desse blog, um “chamado” completo.

Falamos sobre ingressos e tudo mais. Não confirmei ao Abilio, afinal, estava na estrada e nem sabia de nada do show, horários, preços. A “La U” (aquela que o Corinthians acabou de eliminar da Sulamericana) acabara de ter vencido o campeonato nacional (imaginem o restante das equipes daqui). A festa pelo centro da cidade estava grande, os chilenos são muitos apaixonados por futebol, ainda que, tirando essa geração, a do Zamorano e Marcelo Salas (e a de 1962, que eles têm orgulho por terem sido terceiros em ano de Pelé), o futebol aqui seja aquele horror. Digo isso porque a van teve que desviar dos “hinchas”.

Confesso também que isso de ter ingresso na hora – justo para mim, que tento planejar tudo – era algo que estava esfriando como a noite em Santiago. O Abilio estaria offline ao sair de seu local de hospedagem. Preocupante. E como o histórico Teatro Caupólican também é com lugares marcados, assistir o show “sozinho” de uma banda que eu conheço os hits dos hits apenas era outro fator que pesava contra. A abertura da noite seria por uma banda argentina as 20h00 e o Marillion as 21h00. Cheguei no hotel as 19h28, olhei para tudo, peguei a jaqueta de couro e a camiseta do Dio (única coisa de metal que tinha trazido de roupa pessoal desta vez, e por outra incrível coincidência, justo em semana especial Dio aqui no blog) e pensei: “fo**-se, vou salvar a noite”. Falamos novamente e o Abilio disse: “não se preocupe, eu te acho lá”. Bom, lembrando que o Abilio e eu só nos conhecemos no ensaio do “Rolim e os MinutinhoS MetallicoS” / Rock in Rio 2013.

No caminho, mais desvios pelos torcedores. Mas cheguei. Enquanto buscava a bilheteria, pronto: O Abilio me achou mesmo antes. “Abilio, e aí?” e aquela emoção toda do momento que já valeu a noite para mim. “Abilio, onde pego ingresso?”, pergunta um preocupado paulistano Eduardo. Eis que “magicamente” surge um “ser” e me entrega um ingresso. Esse “ser” era o cara que o Abilio havia vendido NA SEXTA o ingresso de uma pessoa que viria. Eu “recomprei” um ingresso vendido no dia anterior ao lado dele. Que doideira. Estar justo em Santiago, pagar menos de R$ 100,00 para ver o show em local especial em local privilegiado, com o Abilio e a galerinha  que veio com ele nesta aventura, e ainda participar da gravação do DVD da banda, que escolheu a América do Sul ao invés da Holand, Polônia e Inglaterra? Que sincronismo.

Vou parar por aqui e deixar as fotos abaixo. Jamais me atreveria da falar da banda aqui, não manjo nada. E para que faria isso com o Abilio nos prometendo um comeback com as noites de sexta, deste sábado e de domingo? Assim, essa cobertura voltará com quem é de direito.

Na rua em frente ao teatro

Merchan oficial

Estrutura antiga do teatro, que mais lembra um estádio de futebol

 

Foto horrorosa, mas mostrando o teatro ainda vazio durante a banda de abertura. Depois, o teatro encheu como esperado (mas não lotou completamente)

 

Banda de abertura

 

“Abilio, estou com uma camiseta do Dio aqui”

Eduardo, Abilio e a bandeira que a galera espera aparecer no futuro DVD do show

Abilio e a galera sensacional que embarcou nesta aventura

Bandeira sendo pendurada para o show

A vida é realmente muito louca. Afinal, o Abilio era amigo do Claudio, que era amigo dos gêmeos, que eram amigos do Rolf, que trabalhou comigo. Claro, todos de cidades diferentes no Brasil, depois. Os e-mails que uniram essa galera inicial deram origem a este blog nascer. Então é “trivial” pensar um encontro internacional como este, não? Que doideira. Realmente, Abilio: o sincronismo é inexplicável.

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categories: Agenda do Patrãozinho, Cada show é um show..., Curiosidades, Marillion

5 replies

  1. Cara, são 5:47 hs da manhã( horário aqui no Rio de Janeiro)…….Acordei agora há pouco, tenho um compromisso às 06.30hs, vou sair em 10 minutos (hm). Como eu nunca preciso de despertador para ocasiões em que preciso acordar mais cedo, deu 5 horas e eu já estava de pé… Nada por fazer, já arrumado pra sair, resolvo ajustar as partes finais do teaser, faltam três dias para o podcast. Não faltava muita coisa, agora menos ainda, coisa de mais uma meia hora no máximo de tempo pra ajustar. Resolvo dar uma passada no blog, vejo um comentário do JP sobre a última parte da discografia do Dio, sempre muito legal, como todos os comentários do JP. Ainda vou lá, para agradecer e estender o papo sempre bacana, mas outra hora….Dou de cara com isso aqui, galera, isso aqui é mágico!!!! Sem brincadeira nenhuma, é tal sincronicidade, é o aumento do dólar, é o furacão no grande buraco azul de Belize, é o que qualquer um quiser pensar…..
    Tô lendo isso tudo aqui e pensando que quem não tem acessado o blog não sabe o que está perdendo…
    Mais do que isso, é esperar a tal cobertura, pensando na qualidade ímpar desta banda, e pelo jeito, vamos ter algo ainda maior, que é o tal swap the band. Daí eu leio o texto de novo, lembro que no teaser “daquele” podcast tem o momento onde o Abílio relata a possibilidade.Lembro claramente da época em que fiz a edição , da importância que eu achei por bem em dar à aquele trecho.
    Daí eu lembro do ensaio do Rock in Rio, com o Abílio dividindo as guitarras comigo, de termos tocado Kayleigh e Lavender, dessa banda sensacional…
    Eduardo, Abílio, não me matem do coração. Eu peço, publiquem logo essa continuação, por favor….
    Um grande abraço, e é com imensa felicidade que eu agradeço vocês dois por terem me iluminado e deixado mais leve essa madrugada aqui no Brasil, faltam 5 minutos para as 6 da manhã.

    Um muito obrigado à vocês, fico aqui na espera da continuação….

    Alexandre

    Like

  2. Eu também senti bem o “thriller” na narração do post do Rolim sobre tudo dar certo
    Imagino o momento se “corte” na cabeça do Rolim que decidiu ir e depois viveu a tensão de tudo dar certo. E deu! E lá vai nosso presidente sendo provavelmente uma das pessoas mais experientes com shows e ainda somando a shows internacionais
    Isso sim é um curriculum
    Rolim fez Mackenzie fez Fundação Getúlio Vargas isso ai não é curriculum não
    Curriculum é Marillion no Chile, Van Halen nos Estados Unidos, Motley Crue nos Estados Unidos e por aí vai
    Já o Abilio que emoção que deve ter sido
    Ele que comentou sobre essa experiência com um entusiasmo imenso dev ter sido algo de uma emoção muito forte

    Like

  3. Nossa o comentário do B Side foi muito emocionante também
    E cadê a parte 2?

    Like

  4. Muito muito legal isso!

    Isso só comprova uma teoria minha: no mundo temos 2000 pessoas, todas as demais são NPC.

    Like

  5. Esses sincronismos são o máximo! Só o Rock and Roll faz isso por você e só quem curte entende esse sentimento. Também já tive o privilégio de assistir um show com o Abílio, o Queensryche! Alias acho que foi o ultimo show que assisti. Saudade de assistir algo ao vivo…

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: