A era do YouTube

youtube-logo

Estamos aqui, boa parte de nós, “chocando em casa”, fazendo com responsabilidade o que é sugerido pelos órgãos de saúde, certo ? Senão, que tal fazer, hein, pessoal? Bem, eu ainda trabalho de forma presencial, invejo aqueles que não precisam, mas estou tentando fazer a minha parte, me ausentando de casa somente no estritamente necessário. Assim, acaba que fico mais em casa, mesmo tendo de sair quase todos os dias. Então vai aqui uma dica para aqueles que estão com o tédio em alta, vou citar bons canais de música no YouTube, a maioria deles bem conhecida, para ajudar no conhecimento musical e para passar o tempo.

A verdade é que esses canais do YouTube estão cada vez mais consolidados e hoje são uma autêntica realidade e o caminho natural para o que se via em TV, aberta ou não, e também nos blogs, sites, etc. E sim, além do YouTube, há vários outros caminhos na internet, como o Instagram, Facebook, etc. Eu, porém, ainda sou avesso à maioria desses. O YouTube me basta, e com sobras. No entanto, esse também é um espaço para debater ideias, assim quem quiser indicar outras alternativas que não o Toutube, sinta-se à vontade, seria muito bem-vindo.

Enquanto isso, seguem os canais que tenho visto ultimamente:

1) O canal do Gastão, ex-MTV, é um dos mais acessados dessa lista, com atuais 194 mil inscritos. O ex-apresentador tem profundo conhecimento e bagagem não só do metal, mas de outros estilos também. Há entrevistas, espaço para novidades, perguntas e respostas, imagino que todos que aqui chegaram não estão vendo qualquer novidade nessas linhas de indicação, mas, convenhamos, deixar a dica do canal dele é, além de justa, obrigatória.

Aqui ele fala do Machine Head, do Deep Purple, por exemplo:

2) Outro bem acessado e mais polêmico é o do Régis Tadeu e aqui é separar o “joio do trigo”. Atualmente com 240 mil inscritos, o apresentador é conhecido por opiniões radicais , inclusive contrárias a bandas que são da apreciação da maioria de nós, como o Dream Theater. Pode causar insatisfação em boa parte de nós por algumas declarações, mas ao mesmo tempo traz entrevistas bem interessantes como a que fez recentemente com o Eloy Casagrande, do Sepultura.

Aqui a entrevista citada, com quase 100 mil visitas:

3) O mais acessado dessa lista (287 mil inscritos) até agora sem muitas novidades é o Panelaço, canal apresentado pelo João Gordo. Aqui vale a entrevista e a intenção teórica de uma boa alimentação. A verdade é que já há uma contradição aqui, se é que vocês me entendem. No entanto, as entrevistas trazem momentos muito bons. Recentemente vi uma com o Paulo Xisto, também do Sepultura, onde ele cita alguns bastidores envolvendo alguns de nossos heróis, que ele teve a oportunidade de conhecer.

Aqui a entrevista citada :

4) Mudando um pouco a direção para canais um pouco menos conhecidos, mas igualmente respeitado pela qualidade, vou trazer aqui o canal do Collector’s Room, vindo diretamente do blog para o mundo do YouTube.  O trabalho é de longa data, 2014, e tem muita coisa boa. Ricardo Seelig tem muita bagagem, opiniões próprias, do tipo doa a quem doer, e deixa muito conteúdo à disposição, como uma análise completa da discografia do Iron Maiden. Nesse momento, está desenvolvendo também a discografia Sepultura no canal.

Playlist da discografia Iron Maiden (ainda que não precisemos disso, visto a espetacular discografia que o Kelsei vem fazendo por aqui…)

5) De acesso um pouco mais restrito e indicado àqueles, que como eu, estão há anos tentando aprender a tocar algo da guitarra, segue aqui mais um brasileiro, atualmente radicado nos EUA, um ótimo músico que traz dicas de equipamentos, como pedais e amplificadores, determinadas sonoridades, e alguma irreverência e brincadeiras politicamente incorretas. Silas já tem mais de 64 mil inscritos e pretende (ou pretendia) fazer clinicas de guitarra no Brasil a partir de junho. Vamos ver se a pandemia permitirá. Entre os vídeos, vou indicar um onde ele explica como foi gravado aquele som maravilhoso do Somewhere in Time.

Aqui o vídeo com o amp do Somewhere in Time. Cara, que sonzeira… é de arrepiar…

6) Last but definitely not least… um canal carioca de Metal, Hard, etc. O Resenhando traz a experiência de profundos conhecedores do Rio de Janeiro em Metal. Cláudio Borges leva a Headbanger, loja de CDs, vinis, etc, aqui na Tijuca e é lá que os vídeos são gravados, com o comando do Daniel Dutra e a participação bem humorada do Jay Roxx. É de se elogiar tanto o trabalho do resenhando aqui no YouTube quanto a importância da Headbanger para nós todos. O canal é o mais novo de todos que indiquei, já tem pouco mais de 7 mil inscritos e ainda não completou um ano. Nele, há dicas interessantes de bandas antigas e novos projetos e foi por um desses vídeos que eu conheci a dupla de rock progressivo Fleesh, dupla essa que em breve terá um review de seus álbuns por aqui. Entre os 60 vídeos que já estão disponíveis na página do Resenhando, há um especial Hard Rock em três partes altamente recomendado. Basta checar:

Bem, por enquanto é isso, espero que algumas dessas dicas agradem os habitantes do Minuto HM. E ajudem todos nós nesse momento delicado. Nos comentários, outras dicas são super bem vindas, quem puder indicar, agradeço também.

Saudações,

Alexandre Bside



Categorias:Bandas Independentes, Curiosidades, Deep Purple, Entrevistas, Off-topic / Misc, Sepultura

12 respostas

  1. Conheço todos (ou quase). O guitarristico deixo para o meu irmão mesmo, os outros são altamente recomendáveis.
    Vou listar mais alguns:
    1) Lost In Vegas – Dois apreciadores de rap fazem a tal “Reaction” a musicas, e há muitas do “nosso universo”. Particularmente recomendo por terem opinião mais distanciada como um fã do “nosso universo” e também pela bom entendimento da dupla nos aspectos predominantes das canções, mesmo sendo “outsiders”.
    https://www.youtube.com/channel/UCJPOmOZzDxZZxPWFgeE50hQ
    2) TONYZZ KISS UNIVERSE – Videos e materias do Kiss, resgate de videos antigos e shows de todas as epocas da banda.
    https://www.youtube.com/channel/UCXGsypJ5hgRjWZWKB0utjMg/feed
    3) Michael Brandvold – Podcast também de Kiss, com ex integrantes, produtores, atuais integrantes, ex membros do staff da banda, escritores. Muito material, mas precisa paciência, porque normalmente os videos são longos (e inglês).
    https://www.youtube.com/channel/UCN4s_1STAK8jlrb-95voX8g

    Curtir

  2. Assisti ao Resenhando
    Nunca tinha visto
    Peguei o capítulo do Hard

    Flávio e Alexandre
    Deveríamos fazer algo assim
    Ou vocês enfim

    Muito legal

    Curtir

  3. Ótimas dicas Alexandre, desses que você citou o que eu gosto mais é o Resenhando, de longe!
    O Gastão é profissional no assunto, porem acho que as vezes ele mistura muito os estilos e isso nem sempre me agrada, mas é de uma qualidade incrível. Já o Regis, também é profissional, mas apela muito… e naquele “aposto que vc não sabia”, acho que é isso, ele “dá umas bolas bem fora”. Mas como entretenimento passa. Também gosto bastante do Collector’s Room.
    Porem acho que o maior problema desses canais, não é nem o conteúdo, pois cada um assiste o que quer, mas acho que a nova geração NÃO está usando canais como estes como MAIS uma fonte entretenimento e conhecimento, mas sim deixando de lado os conteúdos escritos, como os que temos aqui. A impressão é que alguns estão ficando com preguiça de ler e isso é preocupante. Estero que eu esteja errado quanto a isso.
    Mas voltando ao assunto, esse vírus e consequentemente o confinamento tem sido terrível, mas se pudermos eleger uma coisa boa é o fato de que por causa dele temos a oportunidade de ler muito mais por aqui!

    Curtir

    • Ótimo comentário, JP . A geração atual prefere algo mais imediato mesmo, no meu parco entendimento, assim entendo como um caminho natural a adoção de vídeos que em tese dão ” menos trabalho” para quem acompanha.
      Acho que uma coisa deveria acompanhar a outra. Esse seria um sonho grande. E o mais importante é qual seja o formato escolhido, haja respeito à opiniões divergentes e busca pela qualidade. Nós, enquanto consumidores, temos a chance de escolher. Basta não assistir ou ler, se não interessar. Basta avaliar se mesmo com algumas restrições , há ganhos em ver/ler aquele determinado conteúdo.

      Enfim, está tudo nas mãos de todos.
      Que façamos um bom proveito !

      Alexandre

      Curtir

  4. Olha só… realmente a leitura ainda é a minha fonte preferida de informação. Não que eu seja um leitor muito assíduo, mas o conteúdo escrito é muito mais aprofundado (pelo menos aqui no minuto HM)e nos da mais possibilidades de reflexão. Mas os conteúdos nos canais do YouTube já são uma realidade. Dos citados acima eu conheço o canal do Gastão, o do Regis Tadeu e o Resenhando. Sem dúvida o conhecimento musical dos caras é inegável. Dos 3 eu gosto mais do Resenhando. O formato é um pouco diferente, com debates já que são 3 pessoas, o que da uma dinâmica mais interessante na minha opinião. Além disso os caras curtem muito o Kiss declaradamente o que para mim é um ponto a mais. Além disso é muito engraçado quando um pega no pé do outro. Então além do conteúdo de alta qualidade se tem um entretenimento a mais.
    Mas todos são muito válidos e têm muito conteúdo. É só escolher o assunto e talvez o que se identifica mais.
    Esse do Gastão falando do Machine Head é muito legal.
    O Resenhando discutindo as bandas de Hard Rock dos anos 80 também vale a pena conferir.
    Valeu!

    Curtir

  5. Cláudio, acho que o Collectors pode ter material que te agrade, mas pode trazer opiniões divergentes também, o que pra esse grupo aqui não entendo ser um problema.
    Vale uma checada.

    Alexandre

    Curtir

  6. Mais um:

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

Trackbacks

  1. Discografia HM – Fleesh: música de qualidade no Rio de Janeiro? Existe, está no underground… – Minuto HM
  2. Brian May: trechos de clássicos do Queen de perto e mais – Minuto HM

Leave a Reply

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: