Finalmente foi definido o novo baterista do Dream Theater

É pessoal, após todo esse tempo da saída do Mike Portnoy do Dream Theater, e de toda a novela da escolha de um novo batera, hoje foi divulgado no site oficial da banda que o escolhido para substituir o “monstro” foi Mike Mangini.

Com os fãs ávidos por informação, que não nos era dada, o Dream Theater e a Roadrunner records, decidiram fazer um “reality show” sobre o épico processo de escolha do novo baterista. Este reality show possui 3 capítulos e ainda bem que foi finalizado rapidinho. Em cerca de 10 dias foram veiculados os capítulos e hoje terminou a saga!

Mangini, por alguns vídeos no YouTube e por você ter sido escolhido para fazer parte de uma das bandas mais privilegiadas em termos de qualidade de seus instrumentistas, se não for a mais privilegiada, formalizo aqui os meus Parabéns! Seja bem vindo!! Tenho certeza que você sabe o peso que agora está em seus ombros (ou mãos e pés) e que, indubitavelmente, você será comparado ao Portnoy.

Se é que posso deixar aqui um conselho, nunca tente ser Mike Portnoy. Simplesmente seja Mike Mangini e nos surpreenda com sua “condução” da bateria do Dream Theater.



Categorias:Artistas, Curiosidades, Dream Theater, Instrumentos

27 respostas

  1. Folks,
    Terminada a novela, fica a impressão de que a substituição é temporária e entre amigos. Um estava de saco cheio e tinha e queria outras coisas para fazer, o outro já era o escolhido para a substituição temporária – criou-se uma novela para aumentar a audiência e condecorar a substituição com o marketing desejado.
    Creio que Portnoy volta, aliás no fim do video eu quase li: Produced & Directed by Mike Portnoy ao invés de Mike Leonard.
    Only time will tell…
    FR

    Curtir

  2. Assisti aos videos por curiosidade. Não conheço muito (pra não dizer nada) do DT.

    Não vi muita disposição dos caras da banda para receber alguém que “mudasse” o som da mesma. Ficou claro que queriam alguém, pelo menos para as músicas antigas, que fizesse o que o Portnoy fez. Nada de novidades.

    Neste sentido, até pela preparação prévia, parece que o brasileiro foi bem… mas no final, ficou uma sensação de que tudo já estava definido desde o começo pelo Mike Mangini.

    Como “leigo”, fiquei impressionado com a audição do Marco Minneman… O cara toca “fácil”…

    Curtir

  3. Complementando, ficou claro que o Aquiles conseguiria COM TEMPO reproduzir. Levaria um tempo de adaptação… Mas sei lá. Até a língua é barreira nessa hora.

    Curtir

  4. Continuo achando que houve um marketing sem precedentes, e por que não dizer, nada condizente com a postura mais sóbria da banda até hoje. Mas o que no final importa é a música…Então hoje terminou-se o reality show que incomodou à alguns ( eu ,inclusive) e agradou a outros . O capítulo mais importante, na verdade, ainda vai ser apreciado por todos, e esperemos que valha à pena, muito mais pela qualidade do material que vai ser mostrado neste próximo álbum do que simplesmente pela categoria do escolhido ( aliás, todos os sete são fenomenais, cada um no seu estilo).

    Como fã, não posso fazer nada além de torcer para que o álbum novo seja ótimo, sabendo da real dificuldade que tal desafio será para eles sem o Mike original.

    Alexandre Bside

    Curtir

  5. Foto da bateria usada por Mangini no Dream Theater.

    Usada no estúdio de gravações do DT, a foto foi tirada, ao que parece, pelo Jordan Rudess.

    Em tempo, são 4 bumbos, 2 de 22 polegadas, um de 26 e um de 18.

    Sem o baterista, numa visão maior:

    Curtir

  6. Que kit de bateria é esse? Tem alguns elementos da bateria que só ele tocando em pé … HEHEHEHE Mas como é a batera do Dream Theater, tudo é válido e tudo pode … HEHEHEHE

    Mangini já entende o que é “substituir” Portnoy … tem que ter uma performance de palco marcante também!!!!

    Abraços

    Curtir

  7. As fotos foram trazidas de um texto do site modern drummer, publicado em 05.05.
    No texto, Mike explica alguns detalhes sobre o uso da “traquitana” toda que esteve a sua disposição nas gravações do novo álbum do Dream Theater.
    Não se sabe ao certo se é esta a bateria que ele vai usar ao vivo, mas certamente será algo parecido.
    Segue o link para quem tem noção de inglês :

    http://www.moderndrummer.com/modern-drummer-blogs/Mike%20Mangini%20of%20Dream%20Theater/

    O cd novo está previsto para sair no outono ( dos EUA), e algo notavelmente diferente é que Mangini já terminou suas partes, e não parece estar acompanhando o restante do trabalho( o que é natural em gravações padrão- o baterista grava e normalmente se manda …)
    Acontece que Portnoy gravava e acompanhava todo o restante do processo ( inclusive fazendo alguns backings – que normalmente são feitos ao fim das gravações ).
    O que essa mudança pode acarretar é algo que teremos de esperar …

    Alexandre Bside

    Curtir

  8. Vídeo em que Petrucci comenta que a entrada de Mangini não é para efeito de “tapa-buraco”:

    Mais do assunto: http://www.roadrunnerrecords.com/blabbermouth.net/news.aspx?mode=Article&newsitemID=158149

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  9. Only time will tell….

    Curtir

  10. É claro que ele não ia comentar que o Mangini, recém-escolhido, passou pelo processo para ser um tapa-buraco … a idéia é que ele continue no DT mesmo …

    Mas a ausência de Portnoy pode começar a pesar … Como o Flavio Remote comentou acima … only time will tell …

    Curtir

  11. Falando no novo disco do DT…

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  12. A estréia de Mangini tocando com a banda ao-vivo será em 04/julho/2011!

    http://migre.me/57w2w

    [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  13. Aos bateristas e interessados na parte mais técnica, o novo kit da bateria do Mangini.

    Montagem do kit:

    Solo:

    Pedais:

    Fonte e mais informações: http://whiplash.net/materias/news_849/134108-dreamtheater.html

    [ ] ‘s,

    Eduardo.

    Curtir

  14. Mais um vídeo “explicando” por que ele foi escolhido:

    Curtir

    • Daniel, wow… fantástico vídeo… e ainda no final do minuto 4, temos o baixista falando! Hahaha…

      Brincadeiras à parte, não há nada que não sejam elogios ao talento, ao lance do eye contact, que acho tão importante.

      Agora, estamos falando de usufruir de um legado, e aí sempre teremos a questão da renovação, que são “outros quinhetos”…

      [ ] ‘ s,

      Eduardo.

      Curtir

Trackbacks

  1. Como foi o processo de escolha do novo baterista do Dream Theater « Minuto HM
  2. Dream Theater divulga nome e faixas do novo álbum « Minuto HM
  3. Dream Theater divulga sua turnê sulamericana « Minuto HM
  4. Entrevista de Mike Mangini « Minuto HM
  5. Cobertura Minuto HM – G3 (Joe Satriani, John Petrucci e Steve Morse) em SP « Minuto HM
  6. Aventuras em Manhattan – Especial Minuto HM – Parte 3 | Minuto HM
  7. Dream Theater anuncia data para novo álbum! | Minuto HM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: