Minuto HM – Retrospectiva 2022

E lá vamos nós para mais um post de Retrospectiva Minuto HM, em mais um ano que foi marcado especialmente em seu início pela continuação do drama do COVID-19, mas que, com o passar dos meses e o avanço da vacinação, nos proporcionou estar praticamente ao que tínhamos de dezembro de 2019 para trás…

O ano de 2022 também foi marcado por muita turbulência – o Kelsei que o diga, até venceu seu medo de avião, tudo pelo Iron Maiden – mas essa “boa” turbulência à parte, tivemos em geral um ano difícil em muitos aspectos para muita gente aqui, inclusive culminando em mais falta de tempo para estarmos juntos em nossos podcasts, posts e comentários – isso sem contar aspectos fora do escopo do blog. De qualquer maneira, um ano também muito bom em muitos aspectos, especialmente, claro, pelo retorno (com tudo!) de shows e eventos por todo o Brasil, especialmente na cidade (e estado!) de São Paulo, como veremos logo a seguir.

E como em 2021, quase junto com este post, o Kelsei publicou o seu agradecimento ao ano, trazendo inclusive um relato pessoal, além de resumos / comentários de álbuns lançados em 2022 – aqui está. Como sempre, obrigado, Kelsei! Então bora lá para a retrospectiva com alguns indicadores e acontecimentos no “Mundo Minuto HM” (data de corte: 26/dez/2022):

  • Em 2022, tivemos números praticamente idênticos aos de 2021 em relação a acessos: superamos 80.000 acessos – que incluem hits em páginas e/ou conteúdos (vide 2021, 2020, 2019,  2018 e  2017) mesmo com os blogs cada vez mais em desuso na internet (e com o Instagram se tornando basicamente um consolidado que é ter “identidade” na internet). A média diária, portanto, ficou em 219 acessos e 1.71 visualizações de posts para cada acesso real. Vale lembrar mais uma vez também que já há alguns anos não estamos fazendo qualquer tipo de divulgação em canais de massa, nem propagandas, nada – quando muito, são republicações em outros blogs / sites pelo mundo do nosso conteúdo.
  • Setembro foi o mês com o maior número de acessos no ano, seguido de perto de maio – graças aos shows do Rock in Rio 2022 e as passagens de Kiss e MetallicA pelo Brasil nas épocas.
  • O blog fechará o ano com um pouco menos de 1.425.000 visualizações desde sua criação.
  • Os 3 posts mais acessados no ano de 2022 no blog foram: Relembre as edições brasileiras do (Philips) Monsters Of RockIron Maiden: The Trooper – A CervejaOrigens e curiosidades dos nomes de bandas.
  • 173 países já acessaram o blog (+1 em relação a 2021). Brasil, Estados Unidos (suspeitando aqui, claro, de VPNs e afins) e Portugal fecham o top 3, e França e Canadá entram nos lugares de UK e Argentina, respectivamente, no top 5.
  • Até agora, 2022 teve: 56 posts (com este, 57), com 181 comentários (média de quase 3.2 por post), 14 likes, 61.300 palavras (sem este post – chupa, WhatsApp) – média de 1.095 palavras por post). Parece muito, mas em uma análise mais superficial, vejo uma redução drástica no tamanho de nossos posts.
  • Domingo foi o dia mais popular do ano em termos de acessos, sendo 22h00 o intervalo de hora mais popular (haja tédio de domingo a noite, hein, galera?). Essa hora representou 8% do total de visualizações.
  • No total, temos 12.263 itens publicados em nossa biblioteca de mídia (99% fotos) usando 17,1 GB de dados. O blog continua usando o pacote “Business” do WordPress para suportar essa volumetria toda, já bem superior ao espaço antes “free”, além da renovação anual do domínio (www.minutohm.com). Com o Real “valendo nada” frente ao dólar, confesso que renovar está doendo bem mais no bolso que na alma, como antes.
  • Continuamos sem uma forma automatizada de medição, mas nossa Agenda de Shows e Eventos no Google continua sendo atualizada, com muito sacrifício, com os principais acontecimentos por todo o Brasil. Reforço o agradecimento especial ao Kelsei, que está ajudando a manter a chama da esperança viva para este trabalho…

Nas redes sociais, continuamos com as mesmas contas, com o Twitter contando como nosso “carro-chefe” (suspeito que isso pode mudar, dado tudo que aconteceu no mercado envolvendo o Twitter este ano) ; seguimos com conteúdo especialmente de lembranças de shows em nosso canal no YouTube com novos conteúdos e também o Instagram potencializado com acesso a materiais próprios, fotos, vídeos, piadas, etc. E, agora, o ano de 2022 em termos de conteúdo… www.minutohm.com _____________________________________________Podcast_Minuto_HM_logo

Nossos podcasts:

Se por um lado temos muito a celebrar – 2022 foi o ano em que o podcast passou da impressionante marca dos 50 encontros trimestrais ininterruptos – por outro, lamento bastante que não tivemos tantas participações dos membros como em anos anteriores. O podcast não tem a mínima graça – e diria sentido – sem a galera! Meus votos de 2023 vão para que retomemos com força o esforço de estarmos juntos em 4 oportunidades apenas no ano, planejadas! Com o B-Side, estudei formas de migrar e sair do Skype, mas em resumo, ou a solução é complexa, ou cara, e normalmente ambas. Assim, pelo menos por enquanto, devemos manter o podcast no Skype que, pelo menos, funciona, é ilimitado, todos estão acostumados e, bem ou mal, recebeu e vem recebendo certa atenção da Microsoft recentemente…

Por fim, uma nova estatística de downloads de arquivos, agora que temos os teasers e podcasts publicados no WordPress:

  • 73 para o podcast de fevereiro
  • 71 para o podcast de agosto

Incrível, não? Quem são vocês, ouvintes? 🙂

_____________________________________________

Discografias em andamento – com direto a uma piada por pessoa, já sei:

  • Bruce Dickinson – *** NOVA *** – prometida pelo Kelsei em 2021 e iniciada, mas não no mesmo ritmo da Iron Maiden (preciso tentar ofuscar um pouco o próximo item aqui).
  • MetallicA (a promoção continua: pode me apedrejar por 10 vezes, pagando apenas por uma! Olha aí, freguesia, é o puro creme do milho verde…)
  • Rush
  • Iron Maiden (“finalizada”, faltando o Senjutsu, que sei que o Kelsei já está com a matéria-prima na fábrica…

_____________________________________________

Alguns dos posts por ordem cronológica: Janeiro

Fevereiro

Março

Maio

Junho

Julho

Setembro

Dezembro

_____________________________________________

Coberturas e Resenhas de shows / eventos pelo Brasil:

_____________________________________________

Especial – Coberturas / Posts Internacionais: Ah, que saudade de ver um show ou festival fora… quem sabe em 2023? É um desejo que espero que se realize também para a galera aqui!

—————————————————————

† Prestamos também uma homenagem aos grandes nomes que nos deixaram em 2022 – sem qualquer ordem e lista não exaustiva: Jim Stewart, Edino Krieger, Djalma Corrêa, J. J. Barnes, Kim Simmonds, Dino Danelli, Charlie, Gracie, Harvey Jett, Michael Lang, Jerry Lee Lewis, Burke Shelley, Meat Loaf, Jon Zazula, Don Wilson, Ian McDonald, Taylor Hawkins, Chris Bailey, Randy Rand, Howie Pyro, Trevor Strnad, Ricky Gardiner, Alan White, Ronnie Hawkins, Steve Broughton, Alec John Such, Jim Seals, Manny Charlton, Michael James Jackson, Paul Ryder, Nicky Moore, Steve Grimmett, Jerry Allison, David Andersoon, John Hartman, Dan McCafferty, Keith Levene, Wilko Johnson, Martin Duffy… E deixamos ainda nossa homenagem a todos que perderam amigos, familiares e entes queridos.

—————————————————————

Votos que já venho fazendo nas retrospectivas passadas, mas que repito: “que o próximo ano seja marcado por menos WhatsApp, Facebook e afins e por mais mais pelo blog e encontros pessoais, ou pelo menos virtualmente (áudio e vídeo, não mensagens). Muita saúde e que os aparelhos de sons sigam no volume 11”.

—————————————————————

Slideshow – Fotos de 2022:

Este slideshow necessita de JavaScript.

—————————————————————

Mais vídeos de 2022 – colocando alguns dos que fui Gene Simmons por uma noite, um grande momento do ano!

—————————————————————

Por fim, e nunca menos importante, quero dedicar este post a todos que participaram do blog neste ano, cada um com sua contribuição. Obrigado a todos, mas um parabéns especial ao Kelsei, B-Side e Rolf mais uma vez, que continuam curtindo e prestigiando tanto o espaço por aqui. E também (continuar) dedicando este post ao Daniel, que tanto faz falta por aqui e com certeza estaria contribuindo tanto com a música e o Minuto HM.

—————————————————————

Valeu, galera! Que tenhamos todos mais um “Heavy” 2023, com muita saúde, bons shows e lembranças, e que estejamos mais juntos também!

[ ] ‘ s,

Eduardo.



Categorias:Angra, Anthrax, Artistas, Backstage, Bandas Independentes, Black Label Society, Black Sabbath, Blaze Bayley, Cada show é um show..., Covers / Tributos, Curiosidades, Deep Purple, Def Leppard, DIO, Discografias, Dream Theater, Faith No More, Foo Fighters, Ghost, Godsmack, Green Day, Guns N' Roses, Helloween, Iron Maiden, Judas Priest, Kiss, Led Zeppelin, Living Colour, Marillion, Mötley Crüe, Megadeth, MetallicA, Minuto HM, Motörhead, Off-topic / Misc, Pantera, Queen, Queensrÿche, Rainbow, Resenhas, Rolling Stones, Rush, Saxon, Scorpions, Sepultura, Shaman, Slipknot, Stratovarius, Tá de Sacanagem!, Testament, The Beatles, The Winery Dogs, Trilhas Sonoras, Whitesnake, Yngwie Malmsteen

3 respostas

  1. Quem falou que eu perdi o medo de avião? Se tiver que pegar mais um voo para ver o Maiden, vou berrando desesperado igualzinho qualquer outro voo que tenha que pegar!

    O número de posts diminuiu, mas o número de resenhas aumentou hein?! Também pudera, com a avalanche de shows que vieram nesse ano a gente resolveu sair bem mais do que escrever. Aqui perto de casa inaugurou uma lombada e eu levei uma caixa de cerveja.

    E cadê o JP para me ajudar a defender o Power Metal que eu vivo trazendo pra cá?!

    Aquela bjoka no coração de todos aqui! “Vemnimim” 2023!

    Curtir

  2. [ ] ‘ s,

    Eduardo.

    Curtir

  3. Mais uma vez, uma peróla associada de informações, metal, matemática e estatística. Uma pena que estejamos ( quase todos nós, eu inclusive) cada vez mais distantes desse excelente espaço pra troca de informações. Eu preciso agradecer em muito ao Rolf, ao Kelsei e ao presidente por isso. Me sinto num quarto lugar , mas uma volta atrás dos líderes . É como se uma das Ferraris abandonasse ( alías, algo sempre muito comum em 2022) e estivessem lá na frente nas RBRs e na Ferrari restante nossos três grandes representantes ( não ouso dizer quem está em qual máquina) e eu lutando com as trepidações de uma Mercedes outrora tão vencedora, tomando ultrapassagens a torto e a direito.
    Ainda assim, tenho tentado investir um não merecido pouco tempo e quase fico nos teasers, e olhe lá….
    Voltando a 2022, os destaques absolutos por aqui são os posts dos shows , que voltaram com força total ao país. Parabéns a todos pelas ótimas resenhas.
    Por fim, vai um hats-off ao presidente Eduardo pela coragem de :

    – Encarnar um Gene Simmons pela primeira vez na história do blog
    -Trazer a maior piada do ano ( MetallicA – discografia em ” andamento ” ( aspas por minha conta) . Essa me fará sorrir até 2024, assim espero…

    Saudações

    Alexandre

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: